• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2017.tde-18122017-102426
Documento
Autor
Nome completo
Ana Carolina Pinto Bezerra Soter
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Voegels, Richard Louis (Presidente)
Abdo, Tatiana Regina Teles
Francesco, Renata Cantisani di
Cedin, Antonio Carlos
Fornazieri, Marco Aurélio
Título em português
Avaliação prospectiva aberta do uso prolongado de baixas doses de doxyciclina na rinossinusite crônica com polipose nasal de difícil tratamento
Palavras-chave em português
Antibióticos
Doxiciclina
Estudos prospectivos
Pólipos nasais
Qualidade de vida
Sinusite
Tratamento farmacológico
Resumo em português
Introdução: A rinossinusite crônica com polipose nasal constitui um subgrupo particular da rinossinusite crônica, caracterizado por uma inflamação da mucosa que leva a um espessamento da mesma e à formação de pólipos, podendo ser especialmente difícil de tratar. A Doxiciclina é um antibiótico bacteriostático, de largo espectro, que também tem uma ação antiinflamatória, e tem se mostrado útil no controle dos sintomas das recidivas desta doença, promovendo inclusive uma diminuição do pólipo. Objetivo: avaliar se o uso de baixas doses de Doxiciclina, por períodos prolongados, pode melhorar o controle clínico da rinossinusite crônica com polipose nasal, de difícil tratamento. Métodos: este é um estudo prospectivo, aberto, realizado em 60 pacientes com rinossinusite crônica de difícil tratamento que se submeteram a cirurgia endoscópica nasal. Os pacientes foram divididos em 2 grupos: 28 pacientes receberam corticóide nasal, lavagem nasal com soro fisiológico, e Doxiciclina (200mg no primeiro dia, seguido por 100mg uma vez ao dia) por 12 semanas, enquanto 30 pacientes receberam apenas corticóide nasal e lavagem nasal com soro fisiológico. O principal resultado avaliado foi a existência de uma melhora, dose efeito, clinicamente significativa do SNOT-20 após o tratamento com a Doxiciclina. Outros resultados avaliados foram os valores do SNOT-20, NOSE e do Lund-Kennedy. Os seguintes parâmetros também foram analisados: asma, rinite, doença respiratória exacerbada pela Aspirina (DREA), níveis séricos de IgG, IgA, IgE, IgM, ANCA e contagem de eosinófilos. Resultados: oy tratamento com a Doxiciclina promoveu uma melhora, dose efeito, clinicamente significativa do SNOT-20. Pacientes que receberam a Doxiciclina também tiveram resultados significativamente melhores do SNOT-20, NOSE e Lund-Kennedy. Houve uma associação negativa entre a melhora clinicamente significativa do SNOT-20 e a presença de asma, DREA e níveis séricos elevados de IgE pré-tratamento. Conclusão: os achados sugerem que a doxiciclina pode ter uma ação benéfica nos pacientes com rinossinusite crônica com polipose nasal, especialmente naqueles pacientes sem asma, DREA ou níveis séricos elevados de IgE prétratamento
Título em inglês
Prospective open-label evaluation of long-term low-dose doxycicline for difficult-to-treat chronic rhinosinusitis with nasal polyps
Palavras-chave em inglês
Antibiotic
Doxycycline
Drug therapy
Nasal polyps
Perspective studies
Quality of life
Sinusitis
Resumo em inglês
Introduction: Chronic rhinosinusitis with nasal polyps is a particular subset of chronic rhinosinusitis characterized by a mucosal inflammation that leads to mucosal thickening and polyp formation, and can be especially difficult to treat. Doxycycline is an oral, available, broad-spectrum bacteriostatic antibiotic which also has anti-inflammatory action, that has been used to treat this disease and has shown a successful control of symptoms even reducing the volume of polyps. Objective: Evaluate if long-term low-dose doxycycline is effective in controlling clinical symptoms of difficult-to-treat chronic rhinosinusitis with nasal polyps. Methods: This was a prospective, open-label study of 60 patients with difficultto- treat chronic rhinosinusitis with nasal polyps who had undergone endoscopic sinus surgery. Patients were divided into two groups: 28 received nasal steroids, saline irrigation, and doxycycline (200 mg on the first day, followed by 100 mg daily) for 12 weeks, while 30 received only nasal steroids and saline irrigation. The main outcome measure was an adequate effect size of doxycycline treatment on clinically meaningful significant improvement of SNOT-20. Other outcome measures were the SNOT-20, NOSE, and Lund-Kennedy scores. The following parameters were also analyzed: asthma, rhinitis, non-steroidal-exacerbated respiratory disease (NERD), and baseline serum IgG, IgA, IgE, IgM, ANCA, and eosinophil count. Results: There was an adequate effect size of doxycycline treatment on clinically meaningful significant improvement of SNOT-20. Patients who received doxycycline also had significantly better outcomes regarding SNOT-20, NOSE, and Lund-Kennedy scores. There was a negative association among a clinically significant improvement of SNOT-20 and presence of asthma, NERD, and elevated serum IgE levels before treatment. Conclusion: These findings suggest that doxycycline may have a beneficial role for chronic rhinosinusitis with nasal polyps patients, especially for those without asthma, NERD or high levels of serum IgE before treatment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.