• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Antonio Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Bottino, Cassio Machado de Campos (Presidente)
Blay, Sérgio Luiz
Jacob Filho, Wilson
Nitrini, Ricardo
Rodrigues, Rosalina Aparecida Partezani
Título em português
Estudo epidemiológico de prevalência de demência em Ribeirão Preto
Palavras-chave em português
Cognição
Demência
Envelhecimento
Epidemiologia
Idoso
Prevalência
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O acentuado envelhecimento da população brasileira nos últimos 40 anos torna imprescindível o melhor conhecimento dos quadros de demência no Brasil. Estudos mundiais de prevalência observaram algumas diferenças na distribuição de demência entre os idosos, no que diz respeito à idade, sexo, escolaridade e procedência (urbana ou rural). Outros levantamentos epidemiológicos mundiais apontaram determinados fatores que se associaram a essa doença, tais como atividade física, uso de anti-inflamatórios, uso de álcool e hipertensão arterial. A despeito dos vários estudos de prevalência de demência em todo o mundo, há poucos estudos deste tipo no Brasil e na América Latina. OBJETIVO: estimar a prevalência de demência e de comprometimento cognitivo e funcional (CCF), em amostra idosa comunitária, em Ribeirão Preto, avaliando sua distribuição com relação a diversos fatores sócio-demográficos e clínicos. CASUÍSTICA E MÉTODOS: A população selecionada foi uma amostra representativa, de três áreas distintas com relação ao nível sócio-econômico, do município de Ribeirão Preto, com idade maior ou igual a 60 anos. O processo de amostragem foi por conglomerado. A coleta dos dados foi realizada em duas fases. Os instrumentos utilizados na primeira fase (detecção dos casos de comprometimento cognitivo e funcional) foram: Mini Mental State Examination (MMSE), Fuld Object Memory Evaluation (FOME), Informant Questionnaire on Cognitive Decline in the Elderly (IQCODE) , e entrevista clínica. Os instrumentos empregados na segunda fase (detecção dos casos de demência) foram: Cambridge Examination (CAMDEX), Clinical Dementia Rating (CDR), e Bayer-Activities for Daily Living / Activities for Daily Living- International Scale (B-ADL / ADL-IS). Os dados foram submetidos a análise univariada e multivariada. Resultados: Foram avaliados 1.145 idosos. A amostra apresentou média de idade de 70,9 anos (60-100; DP: 7,7), e foi predominantemente feminina (63,4%), casada (57,6%) e com até 4 anos de escolaridade (52,8%). Comprometimento cognitivo e funcional foi diagnosticado em 217 sujeitos; a taxa de prevalência na população com idade maior ou igual a 60 anos foi 18,9% (IC 95%: 16,6-21,1). Na população com idade maior ou igual a 65 anos a taxa foi 21,9% (IC 95%: 19,5-24,2). Após a análise multivariada: idade elevada, escolaridade baixa, AVC, epilepsia e depressão se mostraram associadas a CCF. Sexo feminino, estado civil: viúvo, nível sócio-econômico baixo e TCE se apresentaram associadas apenas na análise univariada. Demência foi diagnosticada em 69 sujeitos; a taxa de prevalência de demência na população com idade maior ou igual a 60 anos foi 6,0% (IC 95%: 4,6-7,3) e na população com idade maior ou igual a 65 anos foi 7,2% (IC 95%: 5,7-8,6). Após a análise multivariada idade elevada, AVC, epilepsia e artrite (esta com relação inversa) se apresentaram associadas significativamente à demência. Escolaridade exibiu uma tendência de associação na categoria analfabetos. Escolaridade baixa (analfabetos), nível sócioeconômico baixo e estado civil viúvo apresentaram-se associadas apenas na análise univariada. DISCUSSÃO: A alta taxa de comprometimento cognitivo e funcional (CCF) foi bastante semelhante aos estudos conduzidos no Brasil, em Porto Rico e na Malásia. Com relação à demência, a variável idade apresentou um dado bastante consolidado, a variável sexo exibiu dados contraditórios, a variável escolaridade corroborou a observação de outros estudos como um fator associado à demência, e a variável nível sócio-econômico mostrou-se influenciada por outras variáveis. CONCLUSÕES: A taxa de prevalência de demência deste estudo se situou em uma faixa intermediária entre os estudos mundiais. Comprometimento cognitivo e funcional se apresentou como uma condição bastante heterogênea, associada a várias condições clínicas do idoso.
Título em inglês
Epidemiological survey of prevalence of dementia in Ribeirão Preto
Palavras-chave em inglês
Ageing
Cognition
Dementia
Elderly
Epidemiology
Prevalence
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The pronounced ageing in Brazilian population makes the knowledge about dementia in Brazil fundamental. Worldwide studies of prevalence noticed some differences in distribution of dementia among elderly people, in regard to age, sex, education and provenance (urban or rural). Other worldwide epidemiological surveys observed certain associated factors to this disease, such as physical activity, anti-inflammatory drug use, alcohol drinking and hypertension. In spite of several surveys estimating prevalence of dementia around the world, there are few studies investigating the prevalence of dementia in Brazil and Latin America. OBJECTIVE: To estimate prevalence of dementia and cognitive and functional impairment (CFI), in an elderly community sample, in Ribeirão Preto, evaluating its distribution on several social-demographic and clinical factors. METHODS: The population was drawn from three different social areas representing the dwelling subjects living at the city of Ribeirao Preto, aged 60 years or older. Cluster sampling was applied. Data were obtained in two phases. The instruments used in first phase (selection of cognitive and functional impairment cases) were: Mini Mental of State Exam (MMSE), Fuld Object Memory Evaluation (FOME), Informant Questionnaire on cognitive decline in the elderly (IQCODE), Bayer-Activities for Daily Living / Activities for Daily Living- International Scale (B-ADL / ADL-IS) and a clinical interview. The instruments used in second phase (selection of dementia) were Cambridge Examination (CAMDEX), Clinical Dementia Rating (CDR), and Bayer-Activities for Daily Living / Activities for Daily Living- International Scale (B-ADL / ADL-IS). The data obtained were submitted to univariate and logistic regression analysis. RESULTS: 1.145 elderly persons were evaluated. The sample showed a mean age of 70,9 years (60-100; SD: 7,7); 63,4% of the subjects were female, 57,6% were married and 52,8% had up to 4 years of schooling. 217 subjects presented CFI; prevalence rate in elderly aged 60 years or older was 18,9% (95% CI: 16,6-21,1). Prevalence rate in elderly aged 65 years or older was 21,9% (95% CI: 19,5-24,2). Following logistic regression analysis, higher age, low education, stroke, epilepsy and depression were associated with CFI. Female sex, widowed, low social class and head trauma were associated with CFI only on univariate analysis. 69 subjects presented dementia; prevalence rate in elderly aged 60 years or older was 6,0% (95% CI: 4,6-7,3). Prevalence rate in elderly aged 65 years or older was 7,2% (95% CI: 5,7-8,6). Following logistic regression analysis, higher age, stroke, epilepsy and arthritis (inverse relation) were associated with dementia. Education showed a tendency of association on category illiterate. Low education, low social class and widowed were associated only on univariate analysis. DISCUSSION: The high CFI rate was very similar to those found by studies in Brazil, Puerto Rico and Malasya. In respect of dementia, the variable age presented a well-known associated factor, the variable sex exhibited contradictory data, the variable education corroborated other studies as an associated factor and the variable social class was influenced by other variables. CONCLUSION: The prevalence of dementia rate of this study was in an intermediary level between worldwide studies. Cognitive and functional impairment is a rather heterogeneous condition which may be associated with various clinical conditions found in the elderly population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
marcoantoniolopes.pdf (4.55 Mbytes)
Data de Publicação
2007-04-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.