• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2016.tde-08042016-084322
Documento
Autor
Nome completo
Flavia Ismael Pinto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Baltieri, Danilo Antonio (Presidente)
Andrade, Arthur Guerra de
Oliveira, Lúcio Garcia de
Périco, Cintia de Azevedo Marques
Título em português
Aspectos dimensionais de personalidade, fissura e adesão ao tratamento ambulatorial entre dependentes de cocaína e crack
Palavras-chave em português
Análise por conglomerados
Fissura
Personalidade
Terapia comportamental
Transtornos relacionados ao uso de cocaína
Resumo em português
Introdução: A dependência de cocaína é doença crônica e afeta uma população bastante heterogênea. Fatores psicológicos, biológicos e sociais estão envolvidos com o quadro e sua evolução. A fissura, sintoma importante, pode ser influenciada por aspectos biológicos e psicológicos e altera o curso do quadro. Além disso, faltam sistemas classificatórios desta doença tão complexa. Os objetivos deste estudo são: investigar como a fissura pode ser influenciada por traços de personalidade e tentar agrupar pacientes com diferentes características pessoais em relação à resposta ao tratamento cognitivo comportamental. Métodos: Foram avaliados 100 pacientes que iniciaram o tratamento manualizado proposto. Classes de participantes que apresentavam características psicológicas relacionadas ao uso da droga e impulsividade semelhantes foram identificados em análise de classes latentes. A associação destas variáveis na adesão ao tratamento foi investigada. Dentre o grupo que terminou as quatro avaliações ao longo do acompanhamento, analisou-se como os traços de personalidade influenciam a intensidade, frequência e duração da fissura, usando o modelo de Equações de Estimativas Generalizadas com estrutura de correlação autorregressiva. Resultados: Dois grupos foram delineados. Participantes do Cluster 1 (n=60) foram caracterizados com maior nível de impulsividade, uso de maior quantidade de cocaína, maior nível educacional, mais história de tratamentos prévios e mais história familiar positiva de TUC que o Cluster 2 (n=40). Indivíduos do Cluster 1 aderiram mais ao tratamento. Em relação à fissura, observou-se que varia ao longo do tratamento. Traços de personalidade como busca por novidades, dependência de gratificação e esquiva ao dano interagem com a intensidade da fissura e persistência interage com a duração. Existe interação entre intensidade da fissura, uso de droga e via de administração. Conclusões: informações sobre características pessoais associadas à não adesão e ao abandono de tratamento, assim como à variação da fissura e sua correlação com fatores de personalidade devem ser investigados e avaliados para que tratamentos mais atrativos e eficazes possam ser propostos
Título em inglês
Dimensional aspects of personality, craving and treatment adhesion between cocaine and crack users
Palavras-chave em inglês
Behavior therapy
Cluster analysis
Cocaine-related disorders
Craving
Personality
Resumo em inglês
Introduction: Cocaine dependence is a chronic condition affecting a very heterogeneous population. Biological, psychological and social factors are involved in addiction and how it evolves. Craving is an important symptom, it is influenced by both psychological and biological factors, and affects how the patient addiction evolves. Furthermore, there are no classifying systems for this very complex disease. The aims of this study are to investigate how craving is influenced by personality traits, and atempt to cluster patients with different personality traits in terms of their response to cognitive behavioral therapy. Methods: This study evaluate 100 patients who started the proposed manualized treatment. Latent class analysis was used to cluster subjects with similar psychological characteristics, cocaine use related aspects and impulsivity. This study looked at the association between these variables and adherence to treatment. We analyzed how personality traits influence craving intensity, frequency and duration in the group of subjects completing the four follow-up period evaluations, using the Generalized Estimating Equations model and an autoregression correlation structure. Results: Two clusters emerged: Cluster 1 (n=60) subjects were characterized as being more impulsive, using larger amounts of cocaine, having more years of schooling, a history of more prior treatments, and increased positive Family history of cocaine abuse than Cluster 2 (n=40) subjects. Individuals in Cluster 1 adhered more to treatment. Regarding craving, we found that it varied over the course of treatment. Personality traits such as novelty seeking, reward dependence and harm avoidance interact with intensity of craving, and persistence interacts with duration. There is an interaction between intensity of craving, drug use and route of administration. Conclusion: information about the personal characteristics associated with treatment non-adherence and abandonment, as well as the variation in craving and its correlation with personality traits must be investigated and analyzed so that more effective and attractive treatments may be developed
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FlaviaIsmaelPinto.pdf (9.05 Mbytes)
Data de Publicação
2016-04-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.