• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-05112008-112737
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Kneese Flaks
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Forlenza, Orestes Vicente (Presidente)
Bottino, Cassio Machado de Campos
Canineu, Paulo Renato
Lotufo Neto, Francisco
Rocca, Cristiana Castanho de Almeida
Título em português
Teste Breve de Perfomance Cognitiva (SKT): estudo de validação e propriedades diagnósticas em uma amostra clínica brasileira
Palavras-chave em português
Doença de Alzheimer/diagnóstico
Estudos de validação
Reprodutibilidade dos testes
Testes neuropsicológicos
Transtornos cognitivos
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O Teste Breve de Performance Cognitiva (Syndrom Kurztest, SKT) (Erzigkeit, 2001) é um instrumento de rastreio cognitivo capaz de detectar déficits que caracterizam os estágios iniciais de demência ao avaliar as funções mnésticas e atencionais, com base na velocidade de processamento das informações. Pode ser usado em pacientes acamados. O escore total fornece dados quanto à severidade da doença. Resultados também podem ser avaliados quanto aos domínios de memória e atenção, permitindo que se dimensione a homogeneidade ou discrepância destes. OBJETIVOS: Este estudo tem como objetivos validar a versão brasileira do SKT e analisar suas propriedades diagnósticas em uma amostra clínica brasileira de sujeitos idosos com comprometimento cognitivo. MÉTODOS: Duzentos e sete sujeitos foram avaliados. O diagnóstico de consenso foi estabelecido por equipe multidisciplinar especializada, com base em dados clínicos, neuropsicológicos e de neuroimagem. A amostra foi composta por 45 pacientes com doença de Alzheimer (DA); 82 com Comprometimento Cognitivo Leve (CCL), e 80 controles normais (CN). Os dados foram avaliados considerando-se dois níveis educacionais ( 8 anos ou > 8 anos de estudo). RESULTADOS: As versões A e B do teste apresentaram alta consistência interna (Alfa de Cronbach =0,83 e 0,86, respectivamente), fidedignidade interavaliadores (p<0,001) e concordância entre suas duas versões (p<0,001). Os escores do SKT apontam para forte correlação com o Mini Exame do Estado Mental (MEEM) (r=-0,66; p<0,001) e com o Teste do Desenho do Relógio (TDR) (r=-0,57; p<0,001). Análise das curvas ROC indicou que o SKT é capaz de discrimina, para ambos os níveis educacionais, DA de CCL e CN, porém perde sua acurácia para discriminar CCL de CN. O SKT sofre leve influência da escolaridade. CONCLUSÕES: O SKT mantém as propriedades psicométricas originais e aponta para correlação significativa entre o MEEM, TDR e diagnóstico de consenso. Os achados sugerem que o teste é um adequado instrumento de rastreio para diferenciar a conversão de CCL para DA. É levemente influenciado pela escolaridade e pode não discriminar adequadamente sujeitos CCL de CN
Título em inglês
Short Performance Cognitive Test (SKT): validation study and diagnostic properties in a clinical subjects o folder Brazilian adults
Palavras-chave em inglês
Alzheimers disease/diagnosis
Cognition disorders
Neuropsychological tests
Reproducibility of results
Validation studies
Resumo em inglês
BACKGROUND: The Short Cognitive Performance Test (Syndrom Kurztest, SKT) (Erzigkeit, 2001) is a bedside cognitive screening test capable of detecting deficits that characterize the early stages of dementia, as it evaluates memory and attention skills, taking into account the speed of information processing. The total score provides information about the severity of the disease. Results can also be interpreted in terms of attention and memory sub-scores to evaluate the homogeneity or discrepancy of deficits in these two domains. OBJECTIVES: The aim of this study is to validate the Brazilian version of the SKT, and to examine its diagnostic properties in a clinical sample of elderly individuals with cognitive impairment. METHODS: Two hundred and seven subjects were assessed. Consensus diagnoses were established by an expert multidisciplinary team, considering clinical, neuropsychological and neuroimaging data. The sample was characterized in 45 patients with Alzheimers disease (AD); 82 with mild cognitive impairment (MCI), and 80 normal controls (NC). These data were provided for two educational levels (low: 8 years; or high: > 8 years). RESULTS: Versions A and B of the test display high internal consistency (Cronbachs =.83 and .86, respectively), good inter-rater reliability (p<.001), and concordance between the two versions (p<.001). SKT scores correlate with the Mini-mental State Examination (MMSE) (r=-.66; p<.001) and the Clock Drawing Test (CDT) (r=-.57; p<.001). In both education strata, ROC analyses suggested that the SKT adequately discriminates AD from MCI and CN, but is less accurate to discriminate MCI from CN. The SKT suffers mild education bias. CONCLUSIONS: The SKT maintains its original psychometric properties and display significant correlation with the MMSE, CDT, and the consensus diagnosis. These findings suggest that the SKT is a good screening instrument to differentiate the transitional progress of MCI to AD. It is subject to mild educational bias, and may not adequately separate CN from patients with MCI
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
marianakflaks.pdf (1.06 Mbytes)
Data de Publicação
2008-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.