• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2015.tde-23092015-163213
Documento
Autor
Nome completo
Ornella Florio Demasi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Odone Filho, Vicente (Presidente)
Moraes, Marcelo Fava de
Troster, Eduardo Juan
Título em português
Anormalidades dentárias em crianças submetidas a tratamento antineoplásico para neoplasias do sistema nervoso central
Palavras-chave em português
Anormalidades dentárias
Neoplasias do sistema nervoso central
Pediatria
Quimioterapia
Radioterapia
Resumo em português
INTRODUÇÃO: As neoplasias do sistema nervoso central são frequentes nafaixa etária pediátrica e o tratamento antineoplásico pode resultar em efeitos adversos agudos ou tardios na cavidade oral. As anormalidades dentárias de forma, tamanho e número de dentes podem ocorrer se o tratamento por radioterapia de crânio e coluna, quimioterapia ou ambas forem coincidentes com a época de formação dentária em pacientes pediátricos. A gravidade das alterações depende do tipo de tratamento e da idade do paciente ao diagnóstico. OBJETIVOS: Avaliar a frequência de anormalidades dentárias em pacientes tratados para neoplasias do sistema nervoso central. MÉTODOS: Neste estudo transversal foram avaliados 31 pacientes com diagnóstico de neoplasia do sistema nervoso central que estavam fora de terapia há pelo menos um ano, comparativamente com um grupo controle composto por 31 pacientes saudáveis, pareados por idade com o grupo de estudo. As anormalidades dentárias foram avaliadas por meio de radiografias panorâmicas. RESULTADOS: A idade média ao diagnóstico dos pacientes do grupo de estudo foi de 7,3 ± 3,9 anos e as neoplasias mais frequentemente observadas foram meduloblastoma (58,1%), astrocitoma (25,8%) e ependimoma (3,2%). Não se observou diferença na frequência de anormalidades dentárias entre os grupos. As anormalidades mais frequentemente observadas nos pacientes do grupo de estudo foram microdontia (9,7%) e encurtamento radicular grau III (16,1%). Microdontia foi mais frequente em crianças que tiveram o diagnóstico antes dos 5 anos de idade, com diferença significante. Encurtamento radicular grau III foi observado em pacientes com mais de 10 anos de idade no momento do exame radiográfico, também com diferença significante. Pacientes tratados por radioterapia associada à quimioterapia apresentaram maior frequência de anormalidades dentárias, comparativamente com pacientes tratados somente por radioterapia ou quimioterapia isoladamente. Microdontia apresentou alta correlação com os dentes segundos premolares e segundos molares em pacientes tratados para neoplasias do sistema nervoso central. CONCLUSÕES: Pacientes tratados para neoplasias do sistema nervoso central apresentam alta frequência de anormalidades dentárias, porém neste estudo não houve diferença entre os grupos de estudo e controle. Microdontia foi a anormalidade dentária mais frequente em pacientes submetidos ao tratamento antineoplásico antes dos 5 anos de idade, com significância estatística. Encurtamento radicular grau III foi observado nos pacientes com mais de 10 anos de idade no momento do exame radiográfico, com diferença estatisticamente significante. Pacientes submetidos à radioterapia associada à quimioterapia apresentaram maior frequência de anormalidades dentárias
Título em inglês
Tooth abnormalities in pediatric patients submitted to antineoplastic treatment for central nervous system neoplasms
Palavras-chave em inglês
Central nervous system neoplasms
Drug therapy
Pediatrics
Radiotherapy
Tooth abnormalities
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Central nervous system neoplasms are frequent in pediatric patients and antineoplastic treatment may result in acute or late adverse effects in the oral cavity. Tooth abnormalities of shape, size and number of teeth can occur if craniospinal irradiation, drug therapy or both are coincident with the time of tooth development. Severity of these alterations depends on the type of treatment and the patient´s age at diagnosis. OBJECTIVES: To evaluate the frequency of tooth abnormalities in pediatric patients treated for central nervous system neoplasms. METHODS: This cross-sectional study assessed 31 patients with central nervous system neoplasms, who were off therapy for at least one year, comparatively with a control group of 31 healthy patients matched for age with the study group. Tooth abnormalities were evaluated by panoramic radiographs. RESULTS: Study group´s mean age at diagnosis was 7.3 ± 3.9 years and the most frequent neoplasms were medulloblastoma (58.1%), astrocytoma (25.8%) and ependyoma (3.2%). There was no difference in the frequency of tooth abnormalities between groups. The most frequently tooth abnormalities observed in the study group were microdontia (9.7%) and root shortening grade III (16.1%). Microdontia was the most common abnormality in children who were diagnosed before 5 years of age, with a significant difference. Root shortening grade III was observed in patients over 10 years of age at the time of radiographic examination, also with a significant difference. Patients treated with craniospinal irradiation combined with drug therapy presented more frequency of tooth abnormalities compared with patients treated only by craniospinal irradiation or drug therapy alone. Microdontia was highly correlated with the teeth second premolars and second molars. CONCLUSIONS: Patients treated for central nervous system neoplasms present high frequency of tooth abnormalities; however in this study there was no difference between study and control groups. Microdontia was the most frequent tooth abnormality in patients submitted to antineoplastic treatment before 5 years of age, with statistical significance. Root shortening grade III was observed in patients over 10 years of age at the time of radiographic examination, with statistically significant difference. Patients undergoing craniospinal irradiation combined with drug therapy showed high frequency of tooth abnormalities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.