• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-06042018-131250
Documento
Autor
Nome completo
Fabio Gonçalves Coutinho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Diniz, Edna Maria de Albuquerque (Presidente)
Cianciarullo, Marco Antonio
Gallacci, Clery Bernardi
Odone Filho, Vicente
Título em português
Avaliação do dano oxidativo e atividade do sistema antioxidante enzimático no sangue do cordão umbilical e saliva de recém-nascidos pré-termo com fatores de risco para sepse neonatal precoce
Palavras-chave em português
Catalase
Estresse oxidativo
Glutationa peroxidase
Malondialdeído
Recém-nascido prematuro
Superóxido dismutase
Resumo em português
Objetivos:Determinar a concentração do Marcador de Peroxidação Lipídica: Malondialdeído (MDA) e dos Marcadores Antioxidantes: Superóxido Dismutase (SOD), Glutationa Peroxidase (GPX), Catalase (CAT); no sangue do cordão umbilical e na saliva não estimulada nas primeiras 24 e 48 horas de vida nos RNPT com e sem fatores de risco maternos para sepse neonatal precoce. Casuística/Metodologia: Foram estudados 21 RNPT nascidos na Maternidade e provenientes do Serviço de Neonatologia do Hospital Municipal de Barueri, São Paulo. Os RNPT foram classificados em dois grupos: Grupo 1- RNPT de mães com fatores de risco maternos para sepse neonatal e Grupo 2- RNPT de mães sem fatores de risco maternos para sepse. Foram coletadas amostras de sangue do cordão umbilical e da saliva não estimulada nas primeiras 24 e 48 horas de vida para dosage de MDA, SOD, CAL, GPX. Resultados: Na amostra houve prevalência do sexo feminino, de RNPT adequados para a idade gestacional. Quanto a necessidade de oxigênio (61,9%) utilizaram. Foi feito o diagnóstico de sepse presumida em 9,5%. Houve somente diferença estatística na variável GPX no grupo 1.).Conclusão: Os dados deste estudo apontam para um aumento da concentração da GPX no sangue da veia umbilical dos RNPT do grupo das mães com fatores de risco maternos para sepse neonatal precoce. Sem significância estatística na comparação da saliva e o sangue do cordão umbilical. Não houve diferença estatísticamente significante nas variáveis MDA, SOD, CAT entre os dois grupos tanto na saliva de 24 e 48 horas de vida quanto no sangue do cordão umbilical. A dosagem de GPX o sangue do cordão umbilical pode ser uma possível ferramenta diagnóstica para identificar de forma mais rápida a suspeição de sepse neonatal precoce do RNPT de mãe com fator de risco para sepse neonatal precoce sem produzir maior estresse ao paciente
Título em inglês
Evaluation of oxidative stress and antioxidant enzymatic system activity in umbilical cord blood and saliva of preterm newborns with risk factors for early neonatal sepsi
Palavras-chave em inglês
Catalase
Glutathione peroxidase
Infant premature
Malondialdehyde
Oxidative stress
Superoxide dismutase
Resumo em inglês
Objectives: To determine the concentration of the Lipid Peroxidation Marker: Malondialdehyde (MDA) and Antioxidant Markers: Superoxide Dismutase (SOD), Glutathione Peroxidase (GPX), Catalase (CAT); in umbilical cord blood and non-stimulated saliva in the first 24 and 48 hours of life in Pre-Term Newborns (PTN) with and without maternal risk factors for early neonatal sepsis. Casuistic / Methodology: Twenty - one PTN born at the Maternity Hospital and from the Neonatal Service of the Municipal Hospital of Barueri, São Paulo, Brazil, were studied. Preterm infants were classified into two groups: Group 1 - Preterm infants of mothers with maternal risk factors for neonatal sepsis and Group 2 - Preterm infants of mothers without maternal risk factors for sepsis. Blood samples from umbilical cord and non-stimulated saliva were collected in the first 24 and 48 hours of life for dosage of MDA, SOD, CAT, GPX. Results: In the sample, there was a prevalence of female, preterm infants suitable for gestational age. Regarding the need for oxygen (61.9%) they used. The diagnosis of presumed sepsis was made in 9.5%. There was only statistical difference in the GPX variable in group 1. Conclusion: The data from this study point to an increase in GPX concentration in the umbilical vein blood of the PTNB group of mothers with maternal risk factors for early neonatal sepsis. No statistical significance in the comparison of saliva and umbilical cord blood. There was no statistically significant difference in the MDA, SOD, and CAT variables between the two groups in both saliva of 24 and 48 hours of life and in umbilical cord blood. The measurement of GPX umbilical cord blood may be a possible diagnostic tool to more quickly identify the suspicion of early neonatal sepsis of the PTN from a mother with maternal risk factor for early neonatal sepsis without producing greater stress to the patient
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.