• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2005.tde-30052007-152653
Documento
Autor
Nome completo
Leda Shizuka Yogi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Zoppi Filho, Americo (Presidente)
Carrera, Eduardo da Frota
Hossne, Guilherme Safady Saad
Título em português
Estudo comparativo entre métodos de avaliação funcional do ombro nas cirurgias de descompressão subacromial e capsuloplastia: avaliação de 60 pacientes com os métodos ASES, CONSTANT, ROWE, SF-36, SST e UCLA shoulder rating
Palavras-chave em português
Descompressão cirúrgica/estatística & dados numéricos
Descompressão cirúrgica/reabilitação
Dor de ombro/cirurgia
Dor de ombro/reabilitação
Instabilidade articular/cirurgia
Instabilidade articular/reabilitação
Luxação de ombro/cirurgia
Luxação de ombro/reabilitação
Questionários
Resultados de tratamento
Resumo em português
Realizamos estudo prospectivo randomizado para comparar cinco métodos específicos de avaliação funcional do ombro e uma avaliação genérica da saúde em pacientes operados de capsuloplastia e descompressão subacromial associado à reparação do manguito rotador. Foram estudados 30 pacientes de cada grupo, avaliados no período entre cinco a seis meses após o tratamento cirúrgico com os questionários dos Cirurgiões Americanos de Ombro e Cotovelo(ASES), Sistema de Pontuação do Ombro de Constant & Murley (CONSTANT), Folha de Classificação da Reparação de Bankart (ROWE), Teste Simples de Ombro (SST), Escala de Avaliação do Ombro da Universidade de Califórnia - Los Angeles (UCLA) e o Questionário Genérico de Avaliação de Qualidade de Vida (SF-36). A idade no grupo de "Descompressão" variou de 44 a 77 anos (média 59,2) e no grupo de "Capsuloplastia" foi de 17 a 65 anos (média de 31,4). Em relação ao sexo, o grupo da "Descompressão" foi predominantemente feminino e no grupo da "Capsuloplastia" foi predominante o sexo masculino. As médias da pontuação no grupo de "Capsuloplastia" são maiores que no "Descompressão" (93,6 e 71,7 respectivamente). A variabilidade dos escores observado no grupo "Capsuloplastia" (89,1 a 100) é inferior ao do grupo "Descompressão" (65,1 a 95,9). Não existe uma forte concordância entre os resultados obtidos pelos diferentes questionários (variação de zero a 0,51). A média nos oito domínios do SF-36 no grupo "Descompressão" foi de 70,8 variando de 60,4 (Vitalidade) a 89,2 (Aspectos Sociais). Para o grupo "Capsuloplastia" a média foi de 91,2 variando de 83,4 (Saúde Mental) a 96,6 (Aspectos Emocionais). Nos coeficientes de correlação linear de Pearson, não foi detectada associação linear entre a escala de CONSTANT e SF-36 no grupo "Descompressão" e entre ROWE e SF-36 no grupo "Capsuloplastia". Em ambos os grupos a maior correlação encontrada foi entre os questionários UCLA e ASES (0,900 na "Descompressão" e 0,893 na "Capsuloplastia"). Concluiu-se que nas cirurgias de descompressão subacromial o questionário UCLA foi o mais completo mostrando maior confiabilidade e reprodutibilidade e para as capsuloplastias o método ROWE apresentou maior confiabilidade, reprodutibilidade e praticidade.
Título em inglês
Comparative study of functional assessment methods in decompression surgery and capsuloplasty: an evaluation of sixty patients with the ASES, CONSTANT, ROWE, SF-36, SST and UCLA shoulder rating
Palavras-chave em inglês
Decompression surgical/rehabilitation
Decompression surgical/statistics & numerical data
Joint instability/rehabilitation
Joint instability/surgery
Questionnaires
Shoulder dislocation/rehabilitation
Shoulder dislocation/surgery
Shoulder pain/surgery
Treatment outcome
Resumo em inglês
A prospective randomized study was realized to compare methods of both disease specific and generic health status of shoulder's functional assessment in patients after operative treatment of subacromial decompression associated a repair of a tear of the rotator cuff and capsuloplasty. The thirty patients in each group were studied and at follow-up five to six months later, with the following questionnaires: American Shoulder and Elbow Surgeons Shoulder Evaluation Form (ASES), Constant-Murley Shoulder Scoring System (CONSTANT), Rating Sheet for Bankart Repair (ROWE), Simple Shoulder Test (SST), University of California at Los Angeles Shoulder Rating Scale (UCLA) and the Short Form-36 (SF-36). The age in Decompression group was greater than Capsuloplasty group and the gender of first group was predominantly consisted of women and in the second group was men. The scores averages of Capsuloplasty group were higher than Decompression group (93,6 and 71,7 respectively). The variability of the scores observed in the Capsuloplasty group, 89,1 to 100,0 was less than in the Decompression group, 65,1 to 95,9. A strong interrater reliability between the questionnaires does not exist - variation 0 to 0,51. The average in the eight domains of SF-36 in Decompression group was 70,8 [range 60,4 (Vitality) to 89,2 (Social Aspect)]. In Capsuloplasty group the average was 91,2 [range 83,4 (Mental Health) to 96,6 (Emotional Aspect) ]. Pearson's coefficient analysis, shows that the correlation between CONSTANT and SF-36 was not detect, and in Capsuloplasty was not detect in ROWE and SF-36. In both groups Capsuloplasty (0,893) and Decompression (0,900), a strong correlation between UCLA and ASES were observed. It follows that to subacromial decompression surgery, UCLA shows more reliability and in Capsuloplasty, the Rowe method shows more applicability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LedaShizukaYogi.pdf (716.53 Kbytes)
Data de Publicação
2007-07-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.