• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2015.tde-19062015-142202
Documento
Autor
Nome completo
Luís Eduardo Passarelli Tirico
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Croci, Alberto Tesconi (Presidente)
Barretto, João Mauricio
Cohen, Moises
Demange, Marco Kawamura
Ferretti Filho, Mario
Título em português
Protocolo de captação, processamento e transplante de enxertos osteocondrais homólogos a fresco na articulação do joelho
Palavras-chave em português
Cartilagem articular
Ortopedia
Transplante homólogo
Traumatismo do joelho
Resumo em português
O tratamento das lesões condrais e osteocondrais do joelho em pacientes jovens ainda permanece um desafio para os médicos ortopedistas. As técnicas de reparo destas lesões atualmente disponíveis no Brasil, como desbridamento, microfraturas e transplante osteocondral autólogo são insuficientes nos tratamentos das lesões condrais e osteocondrais maiores do que 4 cm2. O transplante osteocondral homólogo a fresco (TOF) na articulação do joelho vem sendo usado em outros países com excelentes resultados. Até o presente momento não existem relatos da utilização desta técnica no Brasil, fato que dificulta o tratamento de pacientes jovens ativos que necessitam de reparo biológico. Foram incluídos neste estudo oito pacientes de 15 a 45 anos portadores de lesões osteocondrais maiores que 4 cm2. Os enxertos a fresco foram obtidos de doadores de órgãos, sendo a articulação do joelho captada sem violação da cápsula articular e transportada ao Banco de Tecidos para processamento. O pareamento doador e receptor foi realizado conforme o tamanho, a localização e a prioridade em lista de espera de acordo com os tecidos captados, sendo os mesmos armazenados no meio de preservação Ham F-12 - GIBCO com glutamax (Invitrogen, Life Technologies, Estados Unidos) e com antibióticos. O procedimento cirúrgico foi realizado pelas técnicas de cilindro osteocondral e de superfície, sendo fixados quando necessário. Os pacientes foram avaliados através dos questionários de IKDC objetivo, IKDC subjetivo, KOOS e índice de Merle D'Aubigne e Postel modificado. Foram realizados oito TOFs de março a outubro de 2012. A média de idade dos pacientes transplantados foi de 30,1 anos (17- 44 anos) e a média da área transplantada foi de 10,6 cm2 (4,6 - 22,4 cm2). O intervalo médio em dias entre captação e transplante foi de 15,3 (14 - 16 dias) e o número médio de cirurgias prévias ao TOF foi de 2 cirurgias (0-4 cirurgias). A pontuação na escala de IKDC objetiva no pré-operatório foi B em 12%, C em 25% e D em 63% dos pacientes; e 12% A e 88% B aos 18 meses de pós-operatório. A média da pontuação da escala IKDC subjetiva pré-operatória foi de 31,99 ± 13,4 e de 81,84 ± 9,25 em 18 meses de pós-operatório, e da escala KOOS pré-operatória foi de 46,8 ± 20,9 e de 89,58 ± 7,06 em 18 meses de pós-operatório, com melhora significativa ao longo do tempo (p < 0,01) pela análise da variância. A média da pontuação pelo índice de Merle D'Aubigne e Postel modificado foi de 8,75 ± 2,25 no pré-operatório e de 16,75 ± 2,19 em 18 meses de pós-operatório. O resultado do teste de Friedman para amostras não-paramétricas demonstrou melhora significativa ao longo do tempo (p < 0,01). A padronização da captação, processamento e transplante de enxertos osteocondrais a fresco na articulação do joelho depende de um banco de tecidos altamente especializado e leva a excelentes resultados no tratamento de lesões osteocondrais grandes, sendo atualmente uma boa alternativa de tratamento biológico para pacientes jovens no Brasil
Título em inglês
Protocol of procurement, processing and transplantation of fresh osteochondral allografts in the knee joint
Palavras-chave em inglês
Cartilage articular
Knee injury
Orthopedics
Transplantation homologous
Resumo em inglês
Treatment of chondral and osteochondral lesions of the knee in young patients is still a challenge for Orthopedic Surgeons. The techniques available nowadays in Brazil, as debridement, microfracture and autologous osteochondral transplantation are insufficient for the treatment of chondral and osteochondral lesions larger than 4 cm2. Fresh osteochondral allografts on the knee joint have been used in other countries with great success. Until the present days there are no reports of the utilization of this technique in Brazil, a fact that creates boundaries for the treatment of young active patients that need cartilage repair treatment. Eight patients with age ranging from 15 to 45 years old and osteochondral lesions larger than 4 cm2 were included in this study. Fresh grafts were obtained from organ donors and the knee joint was harvest without violation of synovium capsule and then was transported to the tissue bank for processing. Donor and receptor tissue matching occurred according to size, localization and priority on waiting list and tissue was preserved in Ham F-12 - GIBCO media with glutamax (Invitrogen, Life Technologies, United States) and antibiotics. Surgical procedure was achieved with osteochondral plugs or shell techniques, with additional fixation when needed. Patients were evaluated with IKDC objective, IKDC subjective, KOOS and modified Merle D'Aubigne-Postel outcome scores. Eight fresh osteochondral allografts were performed from march to october, 2012. The average age was 30.1 years old (17-44) and mean graft surface area was 10.6 cm2 (4.6 - 22.4 cm2). Average time from harvest to transplantation was 15.3 days (14-16 days) and mean number of previous surgical procedures was 2 (0 - 4 procedures). Pre-operative objective IKDC score was B in 12%, C in 25% and D in 63% and was A in 12% and B in 88% in 18 months follow-up. Pre-operative IKDC subjective and KOOS score were 31.99 ± 13.4 and 46.8 ± 20.9; and in 18 months follow-up were 81.84 ± 9.25 and 89.58 ± 7.06, respectively, with a significant increase along time on variance analysis (p < 0.01). Pre-operative mean modified Merle D'Aubigne-Postel scores were 8.75 ± 2.25 and 16.75 ± 2.19 in 18 months follow-up. Non-parametric Friedman test analysis showed a significant progression in follow-up (p < 0.01). Standards of procurement, processing and utilization of fresh osteochondral allografts in the knee joint relay on a high specialized tissue bank and promote excellent results on the treatment of large osteochondral lesions, being a good alternative of a biologic repair for young patients in Brazil
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.