• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Faria Abrahão Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Camargo, Olavo Pires de (Presidente)
Capelozzi, Vera Luiza
Scapulatempo Neto, Cristovam
Filippi, Renée Zon
Título em português
Pesquisa de biomarcadores como fator prognóstico nos tumores da família do sarcoma de Ewing
Palavras-chave em português
Biomarcadores
Imuno-histoquímica
Prognósticos
Sarcoma de Ewing
Tumores
Tumores neuroectodérmicos primitivos
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Os tumores da família do sarcoma de Ewing (TFSE) compreendem um espectro de neoplasias de células neuroectodérmicas dos ossos e partes moles de comportamento biológico agressivo e prognóstico reservado, caracterizadas por translocações envolvendo um dos genes da família TET/FET e um dos genes da família ETS, mais comumente EWSR1 e FLI1. Com o avanço da medicina personalizada, cresce a demanda por biomarcadores em TFSE que tenham valor como fatores prognósticos e potencial para futuras terapias-alvo específicas. Este estudo propôs biomarcadores, incluindo proteínas relacionadas à supressão tumoral, proliferação celular, metabolismo energético, atividade imune, vias de reparo do DNA e células tronco. MÉTODOS: A expressão imuno-histoquímica dos biomarcadores MTAP, p16, STAG2, p53, USP22, PTEN, RKIP, Ciclina D1, MCTs (1, 2 e 4), CD147, CA IX, GLUT1, BRACHYURY, PD-L1, OCT4 e SALL4 foi analisada em uma série bem caracterizada de 113 TFSE através de amostras em tissue microarrays (TMA). Os perfis de expressão foram então associados aos parâmetros clínico-patológicos dos pacientes e à sobrevida global para uma análise do impacto no prognóstico. RESULTADOS: A hiperexpressão de p53 mostrou associação estatisticamente significativa com menor sobrevida global (p < 0,001), doença metastática no diagnóstico (p = 0,017) e idade acima de 20 anos (p = 0,04). A perda de expressão de MTAP (p = 0,039) e de Brachyury (p = 0,008) também se associaram significativamente com menor sobrevida global. Em relação às características clínicas dos pacientes, doença metastática no diagnóstico e etnia não-branca foram associados a um pior prognóstico. CONCLUSÕES: Os biomarcadores p53, MTAP e Brachyury foram identificados como fatores independentes relacionados ao prognóstico. A utilização destes biomarcadores como fator prognóstico nos TFSE pode auxiliar na estratificação de risco dos pacientes e até mesmo estimular o desenvolvimento de drogas-alvo específicas
Título em inglês
Research on biomarkers as a prognostic factor in Ewing sarcoma family of tumors
Palavras-chave em inglês
Biomarkers
Ewing sarcoma
Immunohistochemistry
Primitive neuroectodermal tumors
Prognosis
Tumors
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The Ewing sarcoma family of tumors (ESFT) comprises a spectrum of neoplasms of neuroectodermal cells of the bones and soft tissues with an aggressive biological behavior and poor outcome, characterized by translocations involving one of the genes of the TET/FET family and one of the genes of the ETS family, most commonly EWSR1 and FLI1. With the progress of personalized medicine, there is a great demand for biomarkers in ESFT that could have prognostic values and the potential for future targeted therapies. This study proposed the evaluation of protein expression of different classes of biomarkers, including proteins related to tumor suppression, cell proliferation, energy metabolism, immune activity, DNA repair pathways and stem cells. METHODS: Immunohistochemical expression of the biomarkers MTAP, p16, STAG2, p53, USP22, PTEN, RKIP, Cyclin D1, MCTs (1, 2 and 4), CD147, CA IX, GLUT1, BRACHYURY, PD-L1, OCT4 and SALL4 was analyzed in a well-characterized series of 113 ESFT in a tissue microarray (TMA) platform. Expression profiles were then associated with patients' clinical-pathological parameters and overall survival for analysis of the prognostic impact. RESULTS: p53 hyperexpression showed a statistically significant association with lower overall survival (p <0.001), metastatic disease at diagnosis (p = 0.017) and age over 20 years (p = 0.04). Loss of MTAP (p = 0.039) and Brachyury (p = 0.008) were also significantly associated with lower overall survival. Regarding the clinical characteristics of the patients, metastatic disease at diagnosis and non-white ethnicity were associated with a worse prognosis. CONCLUSIONS: The biomarkers p53, MTAP and Brachyury were identified as independent factors related to the prognosis. The use of these biomarkers as a prognostic factor in ESFT may aid in the risk stratification of patients and even stimulate the development of specific targeted drugs
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.