• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2006.tde-31102006-150108
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Sellitto Porto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Nitrini, Ricardo (Presidente)
Brucki, Sônia Maria Dozzi
Dias, Maria Joaquina Marques
Mansur, Leticia Lessa
Vale, Francisco de Assis Carvalho do
Título em português
A escala de avaliação de demência (DRS) no diagnóstico de comprometimento cognitivo leve e doença de Alzheimer
Palavras-chave em português
Delirium demências transtorno amnéstico e outros transtornos
Doença de Alzheimer
Escalas
Sensibilidade e especificidade
Testes neuropsicológicos
Resumo em português
A Escala de Avaliação de Demência (Dementia Rating Scale -DRS), proposta por Steven Mattis (1988), tem sido bastante utilizada na avaliação de pacientes com demência tanto na atividade clínica como na pesquisa. Consiste de 5 subescalas: Atenção, Iniciativa/Perseveração, Construção, Conceituação e Memória. Neste estudo, a Escala de Avaliação de Demência foi aplicada em 56 pacientes com doença de Alzheimer com demência de intensidade leve; 55 pacientes com diagnóstico de comprometimento cognitivo leve; e, 60 indivíduos controles. Na diferenciação entre pacientes com doença de Alzheimer e controles a nota de corte de < 128 demonstrou 90,0% de sensibilidade e 89,3 % de especificidade; e, entre pacientes com doença de Alzheimer e comprometimento cognitivo leve, a nota de corte foi < 123 com sensibilidade de 78,2% e 76,8% de especificidade. Na diferenciação entre pacientes com comprometimento cognitivo leve e controles, a nota de corte foi de < 134 com 73,3% de sensibilidade e 72,7% de especificidade. A DRS demonstrou ser um instrumento com boa acurácia diagnóstica na discriminação entre pacientes com doença de Alzheimer de intensidade leve e indivíduos controles. A DRS também foi capaz de diferenciar entre pacientes com comprometimento cognitivo leve de controles, e pacientes com comprometiemnto cognitivo leve de pacientes com doença de Alzheimer de intensidade leve. As subescalas Memória e Iniciativa/Perseveração demonstraram maior acurácia diagnóstica em todas as situações analisadas quando comparadas às demais subescalas.
Título em inglês
The dementia rating scale (DRS) in the diagnosis of mild cognitive impairment and Alzheimer´s disease
Palavras-chave em inglês
Alzheimer´s disease
Delirium dementia amnestic cognitive disorders
Neuropsychologic tests
Scales
Sensitivity and specificity
Resumo em inglês
The Dementia Rating Scale (DRS), proposed by Steven Mattis (1988), it has been very used to assess patients with dementia both in clinical practice and research. Consists of 5 subscales: Attention, Initiation/Perseveration, Construction, Conceptualization and Memory. The Dementia Rating Scale was applied to 56 patients with Alzheimer´s disease, witha dementia of mild intensity; 55 patients with diagnosis of mild cognitive impairment; and, 60 controls. Between patients with Alzheimer´s disease and controls the cutoff score of <128 showed a 90.0% of sensitivity and 89.3% of specificity; and, between patients with Alzheimer´s disease and mild cognitive impairment, the cutoff score was <123 with sensitivity of 78.2% e 76.8% of specificity. In the analysis between patients with mild cognitive impairment and controls, the cutoff score was <134 with 73.3% of sensitivity and 72.7% of specificity. The Dementia Rating Scale showed to be a instrument with good diagnostic accuracy in the discrimination between patients with mild Alzheimer´s disease and controls. The Dementia Rating Scale also was able to discriminated between patients mild cognitive impairment and controls, and between patients with mild cognitive impairment and mild Alzheimer´s disease. The Memory and Initiation/Perseveration subscales showed good diagnostic accuracy in all analysed situations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
claudiasellittoporto.pdf (430.57 Kbytes)
Data de Publicação
2006-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.