• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2008.tde-08072008-112115
Documento
Autor
Nome completo
Andrea Tenorio Correia da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Menezes, Paulo Rossi (Presidente)
Marsiglia, Regina Maria Giffoni
Oliveira, Ana Flavia Pires Lucas D
Título em português
Estudo sobre esgotamento profissional e transtornos mentais comuns em agentes comunitários de saúde no município de São Paulo
Palavras-chave em português
Estafa profissional
Pessoal da saúde
Programa saúde da família
Saúde do trabalhador
Transtornos mentais
Resumo em português
Introdução - O Programa de Saúde da Família (PSF) é atualmente responsável pelo cuidado da saúde de 86,7 milhões de pessoas, empregando um grande contingente de profissionais, dentre eles os agentes comunitários de saúde (ACS). O trabalho dos ACS envolve particularidades que podem estar associadas a grandes pressões e dificuldades na realização de suas atribuições. Objetivo - Investigar a ocorrência da síndrome do esgotamento profissional e de transtornos mentais comuns em agentes comunitários de saúde do PSF do município de São Paulo e estudar possíveis fatores associados. Método - estudo transversal com 141 agentes comunitários em 6 unidades básicas de saúde da região centro-oeste. Três questionários foram aplicados: características sociodemográficas e do trabalho, o Self Reporting Questionnaire e o Maslach Burnout Inventory. Foi utilizada a regressão logística multivariada para verificar associações independentes. Resultados - Níveis moderados ou altos de exaustão emocional foram observados em 70,9% dos participantes, de despersonalização em 34% e decepção em 47,5%. A prevalência de TMC foi 43,3% (IC95% 35,0 a 51,5). A análise multivariada evidenciou os fatores de risco para os desfechos: a) exaustão emocional: níveis de decepção moderado ou alto b) despersonalização: ter exaustão moderada ou alta e possuir 20% da população cadastrada na microárea com destino do lixo queimado ou a céu aberto; c) decepção: exaustão emocional moderada ou alta; d) transtorno mental comum: exaustão moderada ou alta e decepção moderada ou alta. Conclusões - A elevada ocorrência de transtornos mentais comuns e de níveis intensos de esgotamento profissional nos agentes comunitários de saúde suscitam a necessidade de estratégias de intervenção individuais e organizacionais e de novas investigações sobre determinantes de esgotamento profissional e TMC nessa categoria de trabalhadores.
Título em inglês
Burnout syndrome and common mental disorders among community health workers in Sao Paulo
Palavras-chave em inglês
Burnout professional
Family health program
Health personnel
Mental disorders
Occupational health
Resumo em inglês
Aim: To investigate the occurrence of burnout syndrome and common mental disorders among community health workers from the Family Health Program in the city of Sao Paulo and to study associated factors. Method: A cross-sectional survey with 141 community health workers who had been on that activity for at least 6 months in 6 primary care units was carried out. We used 3 questionnaires: socio-demographic and work-related characteristics, the Self Reportinging Questionnaire, and Maslach Burnout Inventory, which allows the assessment of 3 dimensions of burnout: emotional exhaustion, depersonalization and reduced personal accomplishment. Logistic regression analysis was used to examine independence of associations. Results: Moderate or high levels of emotional exhaustion, depersonalization and reduced personal accomplishment were observed among 70.9%, 34.0% and 47.5% of the participants, respectively. The prevalence of common mental disorders was 43.3%. We observed positive correlations among 3 dimensions of burnout. Presence of common mental disorder was independently associated with high levels of emotional exhaustion and reduced personal accomplishment. Conclusions: The high frequency of intense levels of burnout and the high prevalence of common mental disorders among community health agents point to the need of strategies for improving their working conditions and further studies to understand better the present picture and the determinants of burnout in this group of health workers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AndreaTCSilva.pdf (558.15 Kbytes)
Data de Publicação
2008-07-29
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Silva, Andréa Tenório Correia da, and Menezes, Paulo Rossi. Esgotamento profissional e transtornos mentais comuns em agentes comunitários de saúde [doi:10.1590/S0034-89102008000500019]. Revista de Saúde Pública / Journal of Public Health [online], 2008, vol. 42, p. 921.
  • MENEZES, P. R., et al. P2-527 Prevalence of depression in the Brazilian family healthcare strategy: a cross-sectional study in SAo Paulo and Manaus [doi:10.1136/jech.2011.142976m.54]. In XIX IEA World Congress of Epidemiology, Edinburgh, 2011. Journal of Epidemiology and Community Health., 2011. Abstract.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.