• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2012.tde-10102012-102725
Documento
Autor
Nome completo
Thatiana Evilen da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Domenice, Sorahia (Presidente)
Costa, Elaine Maria Frade
Guerra Júnior, Gil
Título em português
Pesquisa de mutações no gene DMRT1 em pacientes portadores de distúrbios do desenvolvimento sexual (DDS) 46,XY por anormalidades gonadais
Palavras-chave em português
Desenvolvimento sexual
Disgenesia gonadal 46.XY
Dosagem de genes
Gene DMRT1
Resumo em português
Introdução: O gene DMRT1 é um fator muito importante, o qual induz a determinação sexual masculina. Estudos mais recentes têm demonstrado que o Dmrt1 possui um papel significante no desenvolvimento ovariano. Deleções restritas ao gene DMRT1 têm sido raramente identificadas em pacientes com disgenesia gonadal (DG) sem outras características sindrômicas. Objetivo: Pesquisar a presença de haploinsuficiência do gene DMRT1 (deleções e/ou mutações inativadoras) em um grupo grande de pacientes não sindrômicos com distúrbios do desenvolvimento sexual (DDS) por anormalidades gonadais. Polimorfismos do DMRT1, como fatores potenciais pelas anormalidades gonadais, foram também identificados. Pacientes e Métodos: Foram avaliados cerca de 39 pacientes portadores de DDS por anormalidades do desenvolvimento gonadal 46,XY: 24 com disgenesia gonadal parcial e 15 pacientes com disgenesia gonadal completa. As regiões codificadoras do DMRT1 e o domínio DM (exon 1) foram amplificados e sequenciados. A análise de Multiplex ligation probe amplification (MLPA) do DMRT1 foi realizada usando um kit comercial. Resultados: Deleção parcial ou total do DMRT1 não foi identificada pela técnica de MLPA. Oito variantes alélicas do DMRT1 foram identificados. Uma nova variante c.968-15insTTCTCTCT foi identificada em 6,4% e em 14,3% dos alelos dos pacientes 46,XY e indivíduos controles, respectivamente. Conclusão: Este estudo sugere que deleções parciais ou completas no DMRT1 e mutações inativadoras não são frequentemente encontradas em pacientes com anormalidades do desenvolvimento gonadal. Além disso, nenhuma das variantes alélicas identificadas neste grupo de pacientes poderia ser considerada como um marcador potencial polimórfico para disgenesia gonadal
Título em inglês
Search of mutation on DMRT1 gene in patients with 46,XY disorders of sex development (DSD) by gonads abnormalities
Palavras-chave em inglês
46.XY gonadal dysgenesis
Doublesex and-mab-3-related transcription factor 1
Gene dosage
Sex development
Resumo em inglês
Introduction Dmrt1 gene is a very important factor in inducing male sex determination, and more recently it has been demonstrated that Dmrt1 plays a significant role in ovary development. DMRT1 deletions have rarely been identified in patients with 46,XY gonadal dysgenesis (GD) without syndromic features. Objective- To screen for the presence of DMRT1 haploinsufficiency (deletions and/or inactivating mutations) in a large cohort of non-syndromic patients with disorder of sex development (DSD) due to abnormalities of gonadal development. DMRT1 polymorphisms, as potential susceptibility factors for gonadal abnormalities, were also investigated. Subjects and Methods- We evaluated 39 patients with 46,XY GD: 24 patients with the partial, and 15 with the complete form. The entire coding region (éxons 2-5) of DMRT1 and the DM domain (exon 1) were PCR-amplified and direct sequenced. Multiplex ligation probe amplification (MLPA) analysis of DMRT1 was carried out using a commercial kit. Results- Partial or total deletion of DMRT1 was not identified by MLPA technique. Eight allelic variants of DMRT1 were identified. The novel variant c.968-15insTTCTCTCT was identified in 6.4% and in 14.3% of the alleles of 46,XY patients and control subjects, respectively Conclusion- This study suggest that complete or partial DMRT1 deletions and inactivating mutations are not frequently found in patients with abnormalities of gonadal development. Additionally, none of the allelic variants identified in this cohort of patients could be considered a potential polymorphic susceptibility marker for gonadal dysgenesis
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-15
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SILVA, T. E., et al. A novel WT1 heterozygous nonsense mutation (p.K248X) causing a mild and slightly progressive nephropathy in a 46,XY patient with Denys-Drash syndrome [doi:10.1007/s00467-011-1847-4]. Pediatric Nephrology (Berlin, West) [online], 2011, vol. 26, p. 1311-1315.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.