• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2007.tde-17022009-104405
Documento
Autor
Nome completo
Heide Baida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Alberto Jose da Silva (Presidente)
Duarte, Maria Irma Seixas
Giannini, Maria José Soares Mendes
Título em português
Importância das células dentríticas na resposta imune celular de pacientes com paracoccidioidomicose
Palavras-chave em português
Células dendríticas
Citocinas
Fungos
Micoses
Paracoccidioidomicose
Trabalhadores rurais
Resumo em português
A Paracoccidioidomicose (PCM), causada pelo fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis, é uma importante micose endêmica na América Latina. Afeta principalmente trabalhadores rurais em idade produtiva. A doença é associada com vários graus de disfunções da imunidade celular de acordo com a severidade da apresentação clínica. Neste trabalho analisamos a atividade fagocítica, apresentação antigênica e a capacidade linfoproliferativa de células dendríticas derivadas de monócitos (moDC) in vitro, frente a glicoproteína de 43 kDa (gp43) do P. brasiliensis, um exoantígeno secretado pela parede do fungo que possui atividade proteolítica e o antígeno somático de Candida albicans (CSA) usado como controle. A suspensão de células enriquecida de monócitos foi obtida através do gradiente de densidade Ficoll-Hypaque/Percoll, utilizando-se amostras de indivíduos saudáveis e pacientes com PCM. Os monócitos foram então cultivados na presença do fator de crescimento para granulócitos e monócitos (GM-CSF) e interleucina-4 (IL-4). Após a diferenciação em células dendríticas (DC), foram realizados ensaios de fagocitose, estimulação antigênica, linfoproliferação e análise da expressão das moléculas de superfície CD14, CD11c, CD86, HLA-DR e CD1a por citometria de fluxo. Sobrenadantes foram coletados para análise da produção de citocinas. Os resultados obtidos sugerem que a gp43 inibe a ativação das DCs dos pacientes por um mecanismo que envolve diminuição da expressão de moléculas de superfície, causando disfunção na resposta imune associada com altos níveis de secreção de IL-10. As DCs de indivíduos saudáveis fagocitam a gp43 e apresentam o antígeno de forma eficiente, enquanto que as DCs dos pacientes apresentaram diminuição da função fagocítica. Por outro lado, foram encontrados altos níveis de fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa) produzidos pelas DCs dos pacientes, havendo uma contribuição para a resposta inflamatória e imunidade inata de pacientes com PCM
Título em inglês
The role of dendritic cells in cellular immune response of patients with paracoccidioidomycosis
Palavras-chave em inglês
Cytokines
Dendritic cells
Fungi
Mycoses
Paracoccidioidomycosis
Rural workers
Resumo em inglês
Paracoccidioidomycosis (PCM), caused by the dimorfic fungus Paracoccidioides brasiliensis, is the most important endemic mycosis in Latin America. It affects rural workers at their productive period of live. PCM is associated with varying degrees of cellular immune dysfunction according to the severity of the clinical presentation. Here, we analyzed the phagocytic activity, antigen presentation and lymphoproliferation capacity of human monocyte-derived dendritic cells (moDC) in vitro challenged with the exoantigen 43 kDa of P. brasiliensis (gp43) and Candida albicans somatic antigen as control (CSA). The monocytes enriched suspension was obtained through gradient of Ficoll-Hypaque/Percoll density from health individuals and patients with PCM. The cells were cultivated in the presence of granulocytemonocyte colony stimulating factor (GM-CSF) and interleukin-4 (IL-4). After differentiation, DCs were stimulated with gp43 and CSA and analysed phagocytosis capacity. The following surfaces molecules such as CD14, CD11c, CD86, HLA-DR and CD1a were analyzed by flow cytometry. The supernatants were collected for cytokine analysis. In addition, we also verify the cellular morphology by microscopy examination. Taken together, these results suggest that P. brasiliensis inhibits activation of immature DC of patients by a mechanism that involves decreased expression of the surfaces molecules and this can result in dysfunction of the hostimmune response, associated with and high levels of interleukin-10 (IL-10) secretion. The results suggest that health individuals DC internalized gp43 and produced antigen presentation very efficient, while the patients DC inhibits activation by a mechanism involving lesser expression of the surfaces molecules. On the other hand, the high levels of interleukin-12 (IL-12) and tumor necrosis factoralpha (TNF-a) in patients DC could contribute to inflammatory response and innate immunity in human PCM
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
baidah2007.pdf (452.15 Kbytes)
Data de Publicação
2009-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.