• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2015.tde-11092015-150922
Documento
Autor
Nome completo
Raquel Leão Orfali
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Aoki, Valeria (Presidente)
Maruta, Celina Wakisaka
Kokron, Cristina Maria
Lima, Josenilson Feitosa de
Sanches Junior, Jose Antonio
Título em português
Avaliação do efeito das enterotoxinas estafilocócicas tipos A e B em células Th17, Th22 e CD38+ na dermatite atópica do adulto                  
Palavras-chave em português
Adulto
Dermatite atópica/fisiopatologia
Dermatite atópica/imunologia
Enterotoxinas
Interleucinas
Staphylococcus aureus
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A dermatite atópica (DA) é uma doença cutânea inflamatória, acompanhada por prurido intenso e xerose cutânea. A etiopatogenia da DA é multifatorial, envolvendo fatores genéticos, ambientais e imunológicos, dentre outros. OBJETIVOS: Avaliar a influência das enterotoxinas A e B do Staphylococcus aureus (SEA e SEB) na resposta mediada por células Th17 e Th22 nos indivíduos adultos com DA. MÉTODOS: Foram selecionados 38 pacientes adultos com DA e um grupo controle com 40 indivíduos adultos, pareados por idade e gênero Os métodos utilizados foram: 1) ELISA: dosagem dos níveis séricos de IL-6, IL-17, IL-22 e IL-12p40/IL-23 e em sobrenadantes de culturas de células mononucleares do sangue periférico (PBMC) estimuladas com SEA e SEB; 2) Imuno-histoquímica: análise da expressão de IL-17 em fragmentos de pele; 3) Citometria de fluxo: a) análise das citocinas circulantes em amostras de soro: IL-2, IL-4, IL-5, IL-6, IL-10, TNF, IL-17A e IFN-y b)avaliação das células T CD4+ mono e polifuncionais secretoras de IL-17, IL-22, TNF, IFN-y, MIP-1beta, e expressão do marcador de ativação celular CD38; c) células Th22 e Tc22 estimuladas com SEA e SEB. RESULTADOS: 1) Através do ELISA, a secreção de IL-22 sérica e em PBMC induzidas por SEA e SEB foi significativamente mais elevada, quando comparada ao grupo controle; 2) houve aumento na expressão de IL-17 em amostras de pele de doentes de DA através da imuno-histoquímica; 3) Através da citometria de fluxo, foram detectados: a) níveis séricos de IL-2, 5, 6, 10, 17A e IFN-y elevados no grupo com DA em relação aos controles; houve diferença significativa nos níveis circulantes de IL-17A nos pacientes com DA moderada e grave; b) na avaliação monofuncional das células T CD4+ sob estímulo de SEA/SEB, houve redução da expressão das citocinas IFN-y, IL-17A, IL-22 ou TNF na DA, quando comparadas ao grupo controle; na análise polifuncional das células T CD4+/CD8+, ocorreu redução da resposta na DA em relação aos controles; nos pacientes atópicos encontramos aumento da resposta em situação basal na dependência de CD38, e redução na resposta frente a SEA/SEB na ausência de CD38; c) encontramos resposta reduzida das células Th22, e elevada de células Tc22 frente aos estímulos SEA e SEB, nos pacientes com DA. CONCLUSÕES: O estudo corrobora o papel patogênico das enterotoxinas estafilocócicas na DA. A ativação crônica com superantígenos estafilocócicos pode contribuir com a alta frequência de células T CD4+ CD38+ polifuncionais, e com a resposta polifuncional anérgica, mediadas por células T CD38-
Título em inglês
Evaluation of the effect of staphylococcal enterotoxins A and B in Th17, Th22 and CD38+ cells in adult atopic dermatitis
Palavras-chave em inglês
Adult
Dermatitis atopic/immunology
Dermatitis atopic/physiopathology
Enterotoxins
Interleukins
Staphylococcus aureus
Resumo em inglês
BACKGROUND: Atopic dermatitis (AD) is an inflammatory skin disease with intense itching and xerosis. AD pathogenesis is multifactorial, involving genetic, environmental, and immunological factors, among others. OBJECTIVES: To evaluate the influence of enterotoxins A and B from Staphylococcus aureus (SEA and SEB) in Th17 and Th22 cell response in adults with AD. METHODS: We evaluated 38 adult patients with AD, and a control group of 40 adults, age and gender matched. Assays: 1) ELISA: evaluation of IL-6, IL-17, IL-12p40/IL-23 and IL-22 serum levels and in supernatants of mononuclear cell cultures from peripheral blood (PBMC), stimulated with SEA/SEB; 2) Immunohistochemistry: analysis of IL-17 expression in skin specimens; 3) Flow cytometry: a) analysis of circulating cytokines in serum samples: IL-2, IL-4, IL-5, IL-6, IL-10, TNF, IL-17A and IFN-y b) evaluation of mono and polyfunctional TCD4+ cells that secrete IL-17, IL-22, TNF, IFN-y, MIP-1beta, and expression of the activation marker CD38; c) analysis of Tc22 and Th22 cells stimulated with SEA and SEB. RESULTS: 1) Secretion of IL-22 in the serum and from supernatants of cell cultures from PBMC, stimulated with SEA and SEB were higher in AD patients, when compared to the control group by ELISA; 2) there was an increase of IL-17 expression in skin samples by immunohistochemistry; 3) Flow cytometry showed: a) elevated serum levels of IL-2, 5, 6, 10, 17A and IFN-y in AD, when compared to controls; there was a significant difference in circulating levels of IL-17A in patients with moderate and severe disease; b) monofunctional evaluation of T CD4+ cells under SEA/SEB stimuli showed reduced expression of IFN-y, IL-17A, IL-22 or TNF cytokines in AD, compared to controls; the same was observed for polyfunctional CD4+/CD8+ T cells analysis, exhibiting a diminished response in AD. In atopic patients under basal conditions, there was an augmented CD38- dependent response and reduced pattern to SEA/SEB in the absence of CD38; c) finally, we observed a reduced response of Th22 cells and enhanced Tc22 cells under SEA/SEB stimuli in patients with AD. CONCLUSIONS: This study corroborates the pathogenic role of staphylococcal enterotoxins in AD. Chronic activation with staphylococcal superantigens may contribute to the high frequency of polyfunctional CD4 +CD38+ T cells and with the anergic polyfunctional response mediated by T CD38- T cells
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RaquelLeaoOrfali.pdf (2.76 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.