• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Cibelle Dias Magalhães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Bocchi, Edimar Alcides (Presidente)
Drager, Luciano Ferreira
Caixeta, Adriano Mendes
Favarato, Desiderio
Mansur, Antonio de Padua
Título em português
Estudo comparativo entre os custos dos tratamentos clínico, cirúrgico e percutãneo em portadores de doença multiarterial coronária estável: 10 anos de seguimento
Palavras-chave em português
Angioplastia coronária com balão
Avaliação de custo-efetividade
Doença da artéria coronariana
Ensaio clínico controlado aleatório
Revascularização miocárdica
Stents
Resumo em português
Introdução: Análise da custo-efetividade no tratamento da doença multiarterial coronária têm ganhado importância nos ensaios clínicos, uma vez que as principais opções terapêuticas: cirurgia de revascularização miocárdica (CRM), intervenção coronária percutânea (ICP) e tratamento medicamentoso (TM) apresentam eficácia similar em determinados subgrupos de pacientes. Atualmente os interesses direcionados à análise econômica têm crescido, uma vez que os gastos na saúde aumentaram com o desenvolvimento de novas tecnologias, porém os recursos disponíveis são finitos e merecem ser administrados. Objetivo: Analisar, prospectivamente, o custo comparativo das três formas terapêuticas da doença multiarterial coronária estável, durante dez anos de seguimento. Métodos: Foi computado o custo terapêutico global de 611 pacientes do ensaio clínico The Second Medicine, Angioplasty, or Surgery Study (MASS II), baseado na remuneração fornecida pelo sistema de saúde suplementar do Instituto do Coração do HC/FMUSP, utilizando valores em dólares. Posteriormente, a análise de custoefetividade foi realizada corrigindo o custo cumulativo obtido em cada grupo para o "tempo livre de eventos clínicos" e também para a combinação de "tempo livre de eventos" acrescido de "tempo livre de angina". Resultados: O TM apresentou um custo cumulativo ao final de dez anos de US$6.183; o ICP apresentou um custo de US$14.292; e o grupo CRM apresentou um custo de US$12.316. Os custos corrigidos para sobrevida livre de eventos foram, US$11.136 para TM; US$26.912 para ICP e US$17.883 para CRM. Houve diferença estatisticamente significativa entre os 3 grupos (p < 0,0001) e a análise pareada, mostrou um menor custo para o grupo tratamento clínico tanto comparado com CRM (p < 0,0001) quanto comparado com ICP (p < 0,0001). O tratamento CRM contra ICP, também mostrou menor custo (p < 0,0001). Os custos corrigidos para sobrevida livre de eventos e angina foram, US$25.690 para TM; US$45.989 para ICP e US$27.920 para CRM; com expressiva diferença entre os 3 grupos (p < 0,0001). Na comparação dos grupos, observou-se um menor custo no grupo tratamento clínico comparado com ICP (p < 0,0001), o grupo angioplastia também teve um maior custo quando comparado com o grupo cirúrgico (p < 0,001). Contudo entre o grupo tratamento medicamentoso e tratamento cirúrgico não houve diferença significativa (p=0,5613). Conclusão: A análise econômica comparativa de longa data, revelou que ICP foi o tratamento menos custo-efetivo. O tratamento medicamentoso foi o mais custo-efetivo na prevenção de eventos, porém na prevenção de eventos e angina, teve custo-efetividade semelhante ao tratamento cirúrgico
Título em inglês
Comparative study between the costs of clinical, surgical and percutaneous treatments in patients with stable coronary multiple arterial disease: 10 years' follow-up
Palavras-chave em inglês
Angioplasty ballon coronary
Coronary artery disease
Cost-effectiveness evaluation
Myocardial revascularization
Randomized controlled trial
Stents
Resumo em inglês
Introduction: The cost-effectiveness analysis in multivessel coronary artery disease treatment have gained importance in clinical trials, since the main treatment options: coronary artery bypass grafting (CABG), percutaneous coronary intervention (PCI) and medical treatment (MT) have similar efficacy in certain subgroups of patient. Currently, the concernment in economic analysis have grown, since Medical Treatment costs have increased with the constant development of new technologies, but the available budget are finite and should be administered. Objective: prospectively analyze the comparative cost of the three medical treatments for stable multivessel coronary artery disease, during ten years follow-up. Methods: It was calculated the overall therapeutic cost of 611 patients in the clinical trial "The Second Medicine, Angioplasty, or Surgery Study (MASS II) ", considering the remuneration provided by the health insurance system of the Heart Institute of HC/FMUSP converted to dollar currency. Afterward, the costeffectiveness analysis was conducted by adjusting the cumulative cost obtained at each group for the "time free of clinical events" and also for the combination of "time free of events" and "time free of angina". Results: The MT had a cumulative cost, at the end of ten years, of US$ 6,183.00; PCI had a cost of US$ 14,292.00; and the CABG group had a cumulative cost of US$ 12,316.00. The costs adjusted for "events-free survival" were US$ 11,136.00 for MT; US$ 26,912.00 for PCI and US$ 17,883.00 for CABG. There was a statistically significant difference between the 3 groups (p < 0.0001) and paired analysis showed lower cost for the medical treatment group compared with CABG (p < 0.0001) and PCI (p < 0.0001). The CABG compared with PCI also showed lower cost (p < 0.0001). The adjusted costs for "survival free of clinical events and angina" were US$25,690.00 for MT; US$45,989.00 for PCI and US$27,920.00 for CABG; with a significant difference between the 3 groups (p < 0.0001). Comparing the groups, it can be seen a lower cost in the medical treatment group, compared with CABG (p < 0.0001), and also in comparison with PCI (p < 0.0001). However, the comparison between the medical treatment group and surgical treatment group showed no significant difference (p=0.5613). Conclusion: The long-term comparative economic analysis revealed that PCI showed up to be the least cost-effective treatment. The medical treatment was the most cost-effective in "events prevention", but considering "events and angina prevention", it had a cost-effectiveness similar to surgical treatment
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.