• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2018.tde-28062018-140656
Documento
Autor
Nome completo
Katia Arilha Fiorentino Nanci
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Belintane, Claudemir (Presidente)
Pereira, Anderson de Carvalho
Pietri, Emerson de
Prioste, Cláudia Dias
Rodrigues, Livia de Araújo Donnini
Título em português
O letramento na contemporaneidade: o papel das narrativas na aprendizagem da leitura e da escrita e sua relação com as mídias contemporâneas
Palavras-chave em português
Heterogeneidade
Letramento
Mídias
Narrativas
Oralidade
Subjetividade
Resumo em português
O presente trabalho propõe contribuir para a compreensão do letramento, por nós concebido como um processo resultante das relações dinâmicas entre oralidade e escrita, porém atualmente perpassadas pelo uso das mídias às quais os alunos têm acesso. Assumimos o pressuposto de que as narrativas exercem papeis importantes na aprendizagem da leitura e da escrita de qualidade e que, nos dias atuais, elas são cada vez mais veiculadas por outros meios o cinema, a TV, os games. Partindo da hipótese de que essa coocorrência de narrativas em vários suportes interfere positiva ou negativamente no processo de letramento, nosso objetivo consistiu em analisar o desempenho de alunos participantes do projeto Desafios na oralidade, leitura e escrita, implicando suas preferências quanto às mídias contemporâneas. A partir da análise de testes de leitura feitos com duas turmas do terceiro ano do Ensino Fundamental, constatamos diferentes posicionamentos subjetivos dos leitores. Dessas turmas, escolhemos oito alunos meninos e meninas com baixo e alto desempenho nos testes , cotejando suas performances de leitura com suas produções escritas. Posteriormente, a partir de entrevistas, analisamos como esses alunos retomam na oralidade histórias recordadas de memória. Indagamos também sobre as mídias mais acessadas por essas crianças e observamos como se dá a coocorrência ou concorrência dessas preferências em relação aos modos de ler de cada aluno. Tivemos, então, como referência, um panorama multimodal de memória e expressão, que envolve e implica os conteúdos escolares. A partir daí, exploramos um cenário mais amplo: notamos, por um lado, como os produtos da indústria cultural são pregnantes e geralmente oferecem imaginários simplistas; por outro, observamos que as mídias podem constituir ferramentas quando se articulam com conteúdos culturais de qualidade, pois contribuem para a formação de ricos imaginários que ampliam o processo de letramento. A partir da heterogeneidade dos desempenhos observados, apontamos que a articulação entre conteúdos midiáticos e letramento escolar requer mediações. Em alguns casos observados na pesquisa, a mediação bem estruturada garantiu o sucesso da consolidação da leitura e da escrita dos alunos. Em outros casos, sem o mesmo sucesso, notamos certo esvanecimento da presença familiar. Nossa conclusão é que a propalada autonomia das crianças em seus intensos contatos com as mídias contemporâneas precisa ser questionada, que a intermediação da família e da escola ainda são imprescindíveis, sobretudo no campo da aprendizagem da leitura e da escrita, e que uma boa amarração entre conteúdos culturais de qualidade em diversos suportes contribui para o letramento.
Título em inglês
Literacy in contemporaneity: the role of narratives in learning of reading and writing and its relation with contemporary media
Palavras-chave em inglês
Heterogeneity
Literacy
Media
Narratives
Orality
Subjectivity
Resumo em inglês
The present work aims to contribute to the comprehension of literacy, understood by us as a process resulting from the dynamic relations between orality and writing, but currently pervaded by the use of the media to which students have access. We assume that narratives play an important role in aquiring quality reading and writing skills, and that today they are increasingly being broadcast by other media cinema, TV, games. Based on the hypothesis that this cooccurrence of narratives in various media interferes positively or negatively in the literacy process, our objective was to analyze the performance of students participating in the project Desafio in orality, reading and writing, implying their preferences regarding contemporary media. From the analysis of reading tests applied to two classes of the third year of an Elementary school, we found different subjective positions from the readers. Of those classes, we chose eight students boys and girls with low and high performances in the tests , comparing their reading performances with their written productions. Subsequently, based on interviews, we analyzed how those students orally retell stories recalled from memory. We also inquired about the media most accessed by those children and observed how that cooccurrence or competition of these preferences occur in relation to each students reading modes. We then had as reference a multimodal panorama of memory and expression, which involves and implies the school contents. We then explored a broader picture: it was noted, on the one hand, how the products of the cultural industry are pregnant and generally offer simplistic imaginaries; on the other hand, it was observed that media can work as a tool when articulated with quality cultural contents, since they contribute to the formation of rich imaginary that enlarge the literacy process. From the heterogeneity of the observed performances, we point out that the articulation between media contents and school literacy requires mediations. In some cases observed during research, well-structured mediation guaranteed success in consolidating students reading and writing skills. In other cases, without the same success, we noticed a certain fading in the familys presence. Our conclusion is that childrens autonomy in their intense contact with contemporary media needs to be questioned, the intermediation between family and school is still essential, especially in the field of reading and writing, and that a strong bond between quality cultural content from various media contributes to literacy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.