• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2008.tde-24062008-163818
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Gomes de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Riolfi, Claudia Rosa (Presidente)
Neves, Maralice de Souza
Pietri, Emerson de
Título em português
Do rascunho ao texto final: o que motiva as transformações em textos de alunos da escola básica?
Palavras-chave em português
Alienação
Argumentação
Produção escrita
Responsabilização
Separação
Singularidade
Trabalho da escrita
Transformações lingüístico-discursivas
Resumo em português
A pesquisa toma a produção escrita de alunos concluintes do ensino médio como objeto de análise. Ela nasceu de minha experiência em sala de aula como professor de língua portuguesa e inglesa. A pergunta geradora recai sobre a natureza das transformações efetuadas pelo aluno no momento de "passar a limpo" sua redação. Mobilizando conceitos da psicanálise lacaniana, tais como alienação e separação (LACAN: 1964), conceitos da lingüística, tais como a teoria polifônica da enunciação (DUCROT: 1987) e conceitos da teoria da argumentação (PERELMAN: 2005), procurei verificar a existência de transformações lingüístico-discursivas entre o rascunho e a versão final, cuja característica principal seja a de agregar valor à argumentação que vinha sendo desenvolvida no rascunho; descrever a natureza destas transformações (caso elas existissem), que os concluintes da escola básica puderam fazer em textos produzidos em contexto formal, o de avaliação. Parti da hipótese de que escrever um texto que carregue traços de singularidade demanda um "trabalho da escrita" (expressão cunhada por RIOLFI: 2003). Para investigá-la, tomei como objeto de análise um corpus inicial de mil quinhentas e cinqüenta e oito redações produzidas por adolescentes no dia 10 de novembro de 2005, no SARESP - Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo. Ative-me apenas às redações produzidas por alunos do terceiro ano do ensino médio, um total de duzentas e doze redações. As redações que não possuíam rascunho foram descartadas (quarenta e uma redações). Assim sendo, efetuei uma análise preliminar de cento e setenta e uma redações, tendo podido verificar que aproximadamente metade dos alunos ateve-se a aspectos puramente formais (pontuação, ortografia, acréscimo aleatório de algumas palavras, troca de algumas palavras por seus sinônimos, correção da concordância nominal e verbal etc.). Convencido de que a presença de traços de singularidade tinha alguma relação com as transformações efetuadas pelo aluno no momento de "passar a limpo" sua redação, pus-me a analisar a natureza de tais transformações lingüístico-discursivas. Por este motivo, efetuei um novo recorte, a partir do qual, restaram-me noventa redações, as quais constituem o corpus final da presente pesquisa. Após concluído o intrincado processo para constituir o corpus final da dissertação, uma análise minuciosa dos textos foi realizada. Ela trouxe à tona uma constatação: de um modo geral, ao alterarem o texto, os alunos atenderam a uma demanda do outro. Sendo assim, tendo constatado esta evidência, decidi selecionar apenas cinco redações a título de exemplo, as quais estão nos anexos. Portanto, a conclusão a que cheguei é a de que: ao invés de aproveitarem a oportunidade de passar um texto a limpo para empreender as alterações necessárias para sustentar um discurso próprio, os alunos preferiram reescrever o texto conformando-o aos parâmetros do que pensam ser o discurso do outro.
Título em inglês
From the draft to the final version: what motivates the linguistic changes made in compositions written by pupils concluding high school?
Palavras-chave em inglês
Alienation
Argument
Linguistic-speech transformations
Responsibility
Separation
Singularity
Work of writing
Writing production
Resumo em inglês
The research takes the writing production of pupils concluding the third grade of high school as analysis object. It had born from my experience in classroom as Portuguese and English teacher. The generating question is about the nature of transformations made by the pupil at the moment of writing his composition out neatly. Mobilizing concepts from the Psychoanalysis, such as alienation and separation (LACAN: 1964), concepts from the Linguistic, such as the Articulation Polyphonic Theory (DUCROT: 1987) and concepts from the Argument Theory (PERELMAN: 2005), I started to investigate the existence of linguisticspeech transformations between the draft and the final version, whose main characteristic is to add value to the argument that was being developed in the draft; and to describe the nature of these transformations (in case that they existed), that pupils concluding high school had been able to make in texts produced in formal context of evaluation. I began with the hypothesis that to write a text with singularity traces demands a "work of writing" (expression created by RIOLFI: 2003). To investigate it, I took as analysis object an initial corpus of one thousand five hundred and fifty-eight compositions produced by adolescents on November 10, 2005, at SARESP (an evaluation system of school progress in São Paulo). But I decided to study only the compositions produced by pupils of the third grade of high school, an amount of two hundred and twelve compositions. I had to discard those compositions without a draft (fortyone compositions). Then, I effected a preliminary analysis of one hundred and seventy-one compositions, by analyzing these last mentioned, I verified that about half of the students paid attention to formal aspects (punctuation, orthography, addition of some words, changes of some words for its synonyms, correction of the nominal and verbal agreement etc.). I was convinced that the presence of singularity traces had some relation with the changes made by the pupil at the moment of writing his composition out neatly, then I started to analyze the nature of such linguistic-speech transformations. For this reason, I made a new clipping, from which, remained ninety compositions that are the final corpus of the present research. After concluded the intricate process to constitute the final corpus of this dissertation, a careful analysis of the texts was made. It brought to the surface an evidence: in a general way, when modifying the text, the pupils answered a demand of the other. After I arrived at this evidence, I decided to select only five compositions as examples, they are attached at the end of this work. Therefore, the conclusion that I arrived at is: instead of using the draft as an advantage opportunity to chance the text in order to support an own speech, the pupils preferred to rewrite the text according to the parameters that's supposed to be the speech of the other.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.