• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2013.tde-22012014-145747
Documento
Autor
Nome completo
Ana Daniele de Godoy Dorsa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Amaral, Maria Nazare de Camargo Pacheco (Presidente)
Francisco, Maria de Fatima Simoes
Rocha, Eliezer Pedroso da
Título em português
Continuidade entre estética e investigação na teoria da arte deweyana: a educação entre arte e ciência, valor e método, ou entre o ideal e o real
Palavras-chave em português
1859-1952
Ciência
Estética (arte)
Filosofia da educação
John Dewey
Resumo em português
A presente pesquisa, de natureza teórico-filosófica, argumenta descritivamente a teoria estética do filósofo americano John Dewey, em função do seu chamado "princípio de continuidade", próprio do sistema filosófico deweyano como um todo. Nessa empreitada, privilegiou-se o recorte da continuidade entre o estético e o científico, ou entre valor e investigação enquanto característica essencial de tal teoria estética. Na observação dos pressupostos filosóficos gerais do filósofo, verificou-se que sua estética se estabelece, necessariamente, em continuidade ao método experimental das ciências naturais, consolidando proposições características essenciais de sua teoria da arte: Dewey crê na supremacia da contingência do processo que é a própria natureza, contínua, cumulativa, em sentido amplo, o que justifica que o ideal deva deixar de ser contemplativo para se converter num instrumental operativo, ou seja, um método experimental em virtude do meio; assim sendo, a estética deweyana deve ser compreendida, principalmente, em seu caráter investigativo, ou seja, em continuidade à ciência; Dewey rejeita os dualismos filosóficos, a metafísica e a epistemologia tradicionais; logo, sua estética desconsidera igualmente qualquer "transcendental" ou "transcendente" em termos clássicos; portanto, a arte ou estética, seja ela ato expressivo ou cultura, se daria entre diversos ritmos contínuos, nunca dualistas ou hierárquicos, no sentido da busca de um ideal Absoluto. Segundo a estética de Dewey, o valor reside precisamente no ritmo próprio do processo por exemplo: entre tensão e harmonia, comum e extraordinário, real e ideal etc. Dessa articulação ativa entre os vários aspectos em continuidade é que surgiria o ato expressivo, pela experiência singular imaginativa, e a cultura como um todo, mediante a comunicação.
Título em inglês
Continuity in research and aesthetics within Deweys art theory education between art and science, or value and method: the ideal and the real
Palavras-chave em inglês
1959-1952
Aesthetics (art)
John Dewey
Philosophy of education
Science
Resumo em inglês
The present theoretical-philosophical research argues descriptively about the aesthetic theory of the american philosopher John Dewey, in regards to the principle of continuity" within Dewey's philosophical system as a whole. Bearing that in mind, the continuity of the aesthetic and the scientific were focused, as well as value broadly conceived and knowledge viewed as a scientific approach, and as the essential feature of Dewey's aesthetic theory. Thus, through the observation of the philosophers general assumptions, it has been verified that his aesthetics is necessarily established in continuity with experimental methods of natural sciences, which consolidates a few of the essential features propositions of his art theory: Dewey's supreme belief in the contingent of the process, which is continuous, cumulative, and broadly conceived as nature itself, implies that the ideal must cease to be contemplative and thus become instrumental and operative, which means it should become an experimental method in virtue of the environment. Therefore: Dewey's aesthetics must be primarily understood within its investigative character, that is, in its continuity to science; Deweys rejection of traditional metaphysics, epistemology, and philosophical dualisms prevents any classical interpretation of "transcendental" or "transcendent". Therefore art or aesthetics, as acts of expression or culture, should be continuous to a diversity of rhythms, but never dualistic or hierarchical in the sense of any ideal in pursuit of the Absolute. According to Dewey's aesthetics, value resides precisely in the pace of the process itself, such as between tension and harmony, ordinary and extraordinary, real and ideal and so on. From this active articulation between all the aspects of continuity an expressive act would emerge, as the realm of a singular imaginative experience, and of culture as a whole, through communication.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.