• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2008.tde-17062008-134737
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Aparecida Jacomini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Camargo, Rubens Barbosa de (Presidente)
Barretto, Elba Siqueira de Sa
Freitas, Luiz Carlos de
Mainardes, Jefferson
Paro, Vitor Henrique
Título em português
Reprovação escolar na opinião de pais e alunos: um estudo sobre os ciclos e a progressão continuada na rede municipal de ensino de São Paulo.
Palavras-chave em português
Alunos
Ciclos
Pais
Políticas educacionais
Progressão continuada
Reprovação
Resumo em português
Esta tese apresenta os dados, análises e interpretações de uma pesquisa sobre a concepção de pais e alunos do ensino fundamental sobre a organização do ensino em ciclos e a progressão continuada. O problema de pesquisa foi construído a partir do conhecimento da oposição às políticas de não-reprovação anual pela maioria dos pais e alunos e da percepção de que a realização do direito à educação requer o fim dos processos de classificação e exclusão escolares. A pesquisa de campo, de caráter qualitativo, foi realizada em duas escolas municipais de São Paulo durante um ano letivo. A coleta de dados consistiu em observações do cotidiano escolar e entrevistas com 28 alunos e 28 pais, num total de 56 sujeitos. Durante as entrevistas, a pesquisadora introduziu questionamentos que permitiram dialogar sobre questões contraditórias dos depoimentos. O conteúdo das entrevistas foi organizado em categorias temáticas de acordo com a conceituação de Bardin (2004). Os dados mostraram que pais e alunos das escolas municipais de São Paulo compreendem a organização do ensino municipal como um ensino seriado com promoção automática no decorrer dos anos que compõem cada ciclo, e a maioria posicionou-se contra a progressão continuada. Os pais e os alunos justificaram a defesa da reprovação anual pela crença de que ela é necessária para pressionar os alunos a estudarem e de que os alunos têm melhor aprendizagem com a existência da reprovação. Ambas as justificativas apresentadas pelos entrevistados não se confirmaram nas experiências por eles narradas. As contradições entre as opiniões e as vivências e a apresentação de informações complementares às falas dos entrevistados favoreceram, a uma parte dos entrevistados, reflexões acerca da defesa da reprovação escolar. Os elementos utilizados pelos pais e alunos para explicar suas opiniões foram classificados em três temas. O primeiro refere-se à influência das características da escola graduada no Brasil e das experiências escolares, especialmente dos pais, na formação de uma concepção de educação que vincula dedicação e aprendizagem a medidas punitivas; o segundo diz respeito à influência das condições de funcionamento e da forma de organização do ensino municipal na formação da oposição à progressão continuada; e o terceiro trata das influências de idéias sobre direito, mérito, esforço individual predominantes na sociedade na formação de um pensamento que defende ou aceita a reprovação escolar, por considerá-la conseqüência de ações individuais. Os dados e análises sugerem que o convencimento de pais e alunos acerca da necessidade do fim da reprovação escolar para a realização do direito à educação demanda a vivência de experiências escolares de progressão continuada que possibilitem o questionamento da crença na necessidade da reprovação e a introdução de conhecimentos que favoreçam a construção de outras concepções do processo educativo.
Título em inglês
School repetition in parents' and students' opinion: a study on the cycles and the continuous progression in São Paulo City Public School.
Palavras-chave em inglês
Continuous progression
Cycles
Education policies
Parents
Repetition
Students
Resumo em inglês
This thesis presents the data, analyses and interpretations of a research about on parents' and students' conception about the organization of teaching in cycles and continuous progression. The research problem was built starting from the knowledge of the opposition of most parents and students to non-annual repetition politics, and the perception that the accomplishment of right to education requires both the end of scholars classification and the end of scholar exclusion processes. The field research of qualitative character was took place at two schools of São Paulo City Public System during one regular school year. The collection of data was accomplished through observations of daily school and of interviews with 28 students and 28 parents, in a total of 56 subjects. During the interviews, questions were introduced that helped to dialog about contradictory points. The content of interviews was organized in thematic categories in agreement with the concept of Bardin (2004). The collected data indicate that parents and students of São Paulo City Public School] understand the organization of teaching as a serial teaching with automatic promotion to the subsequent that compose each cycle, and most positioned against to the continuous progression. The parents and the students justified annual repetition's defense in the belief that it is necessary to press the students to study, and that the students have a better learning with the existence of the repetition. Both justifications presented by the interviewed people were not confirmed in the experiences narrated by them. The contradictions between the opinions and the live existence and the presentation of complementary information favored a part of the interviews to think about the defense of school repetition. The elements used by parents and students to explain their opinions were classified in three types. The first refers to the influence of the characteristics of the graduate school in Brazil and to the school experiences, especially for the parents, in the building of an education conception that links dedication and learning to punitive measures; the second is related to the operational conditions and to the organization of teaching and its influence over the formation of the opposition to the continuous progression; and the third type tell us about the influences of ideas on right, merit, and individual effort that prevail in society in the formation of a thought that defends or accepts the school repetition for considering that a consequence of individual actions. The data and analyses suggest that to convince parents and students of the need of school repetition's end for the accomplishment of the right to the education demands the existence of school experiences of continuous progression in order to make possible to question their belief in the need of repetition and the introduction of a knowledge that favor the construction of other conceptions of the educational process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-07-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.