• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2018.tde-16042018-130354
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Vianna, Claudia Pereira (Presidente)
Rossi, Célia Regina
Souza, Denise Trento Rebello de
Teixeira, Inês Assunção de Castro
Unbehaum, Sandra Gouretti
Título em português
Mulheres e professoras em formação: relatos oferecidos durante um dos cursos de Gênero e Diversidade na Escola (GDE)
Palavras-chave em português
Desenvolvimento profissional docente
GDE
Relações de gênero
Sexualidade
Resumo em português
O objetivo desta tese foi investigar as possíveis influências do curso semipresencial Gênero e Diversidade na Escola (GDE) na compreensão de seis professoras de Ensino Fundamental da rede municipal de São José do Rio Preto (SP) sobre os significados do que pode está associado às diferentes formas de ser mulher e ser professora, sob a ótica das relações de gênero. Com ênfase na formação docente e na promoção de uma política de educação para a diversidade, o referido curso foi ofertado em 2009 pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), campus de Rio Claro. De abordagem qualitativa, a pesquisa utilizou os seguintes instrumentos metodológicos: 1) análise do registro das atividades efetuadas pelas professoras durante o curso; 2) realização e análise de entrevistas semiestruturadas, aplicadas em junho de 2014, com as professoras. A partir do exame do material obtido e tendo em vista as teorizações de Michel Foucault e dos Estudos Feministas, foi possível notar um movimento de reprodução e, ao mesmo tempo, de resistência a regras e discursos engendrados pela sociedade patriarcal a respeito das diferentes formas de ser mulher e ser professora. De modo geral, para essas professoras, o GDE se apresentou como um curso inovador, pois as fez estranhar, questionar e confrontar a visão essencialista que possuíam sobre a sexualidade e as relações de gênero. Todavia, as participantes relatam vários obstáculos tanto em suas vidas pessoais quanto no âmbito escolar que dificultam a efetivação do que aprenderam durante o curso. Tais obstáculos demonstram a força dos processos de socialização, bem como alguns aspectos que ainda precisam ser pensados e revisados em relação aos cursos que visam auxiliar o(a) professor(a) ao longo de seu desenvolvimento profissional docente.
Título em inglês
Women and teachers undergoing formation: reports given during the course Gender and Diversity at School (GDE)
Palavras-chave em inglês
Course gender and diversity at school
Gender relations
Sexuality
Teacher professional development
Resumo em inglês
The purpose of this thesis was to investigate possible influences of the blended learning course Gender and Diversity at School on the understanding of six Elementary School teachers of São José do Rio Preto (SP) about what it means to be woman and to be teacher, under the perspective of gender relations. By focusing on teacher formation and the promotion of a policy of education for diversity, the above mentioned course was held on 2009 by Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Rio Claro campus. Based on qualitative approach, the research used the following methodological tools: 1) analysis of the activities undertaken by the teachers during the course; 2) conducting and analyzing semistructured interviews with the teachers. Based on the material collected, and according to Michel Foucaults theorizations as well as Feminist Studies, it was possible to notice a movement of reproduction and, at the same time, of resistance to rules and discourses engendered by patriarchal society about what is to be woman and to be teacher. Broadly speaking, for these teachers, the course presented itself as an innovative opportunity, stimulating them to deconstruct, question and confront their own essentialist views on sexuality and gender relations. Nonetheless, the course participants report several barriers both in their personal lives and in the school scope that make it difficult to put into practice what they learned during the course. Such barriers demonstrate the power of socialization processes, as well as some aspects that still need to be analyzed and reconsidered in relation to the courses which aim to assist teachers along their professional development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.