• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2019.tde-14122018-101805
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Arantes e Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Esposito, Marilia Pontes (Presidente)
Almeida, Elmir de
Carrano, Paulo Cesar Rodrigues
Corrochano, Maria Carla
Tomizaki, Kimi Aparecida
Título em português
Coletivos juvenis e transição para vida adulta: desafios vividos por jovens da cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Coletivos juvenis
Desafios
Jovens
Juventude
Transição
Vida adulta
Resumo em português
Em que medida a participação dos jovens nos coletivos juvenis afeta, e como afeta, os modos de transição para a vida adulta na atualidade? Esta foi a pergunta norteadora desta pesquisa, que se apoiou em uma abordagem qualitativa, por meio da realização de entrevistas compreensivas com 30 indivíduos jovens, sendo 17 homens e 13 mulheres, na faixa etária de 19 a 31 anos, participantes e ex-participantes de diferentes formas associativas juvenis da cidade de São Paulo. A pesquisa constatou que os processos de transição para a vida adulta são marcados por idas e vindas (PAIS, 2001) e identificou que a experiência nos grupos trouxe novos desafios para os jovens no trânsito para a vida adulta, em especial no campo do trabalho e da independência pessoal. A presença nos coletivos afetou as individualidades jovens nas suas diferentes gramáticas: do suporte, da identidade e do respeito (MARTUCCELLI, 2007). Possibilitou, também, forjar uma nova forma de viver a adultez, pautada na criatividade e no engajamento. Participar dos coletivos juvenis não afetou somente a transição, mas possibilitou reconfigurar o início da vida adulta, que ganhou novos contornos. Por fim, a pesquisa inferiu que as fronteiras entre ser jovem e ser adulto não são fixas e nem delimitadas de modo rígido, mas elásticas e porosas, o que permite aos indivíduos circularem entre os dois mundos no mesmo tempo histórico: são jovens que vivem a adultez e adultos que carregam consigo as experiências e o modo de vida de jovens.
Título em inglês
Youth collectives and transition to adult life: challenges faced by young people in the city of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Adult life
Challenges
Transition
Young
youth
Youth collective
Resumo em inglês
In which way the participation of young people in youth collectives affect, and how does it, the modes of transition to adulthood today? This was the guiding question of this research, which was based on a qualitative approach, through the comprehensive interviews with 30 young individuals, 17 men and 13 women, in the age group of 19 to 31 years old, participants and former participants of different youth associations in the city of São Paulo. The survey has shown that the transition process to adult life are marked by comings and goings (PAIS, 2001) and identified that group experiences has brought new challenges for young people on the road to adulthood, especially in professional life and personal independence. The presence in the collective affected the young individuals in their different grammars: from support, identity and respect (MARTUCCELLI, 2007). Also provided to forge a new way of living adulthood, based on creativity and engagement. Participating in the youth groups did not only affect the transition, but allowed to reconfigure the beginning of adult life, which has gained new contours. Finally, the research inferred that the boundaries between being young and being an adult are not fixed or bounded in a rigid mode, but elastic and porous, allowing individuals to move between the two worlds at the same historical time: they are young people living adulthood and adults who carry the experiences and way of life of young people.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.