• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2019.tde-11122018-093511
Documento
Autor
Nome completo
Angélica Niero Mendes dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sofiato, Cassia Geciauskas (Presidente)
Rocha, Solange Maria da
Tassoni, Elvira Cristina Martins
Título em português
A língua brasileira de sinais na educação de surdos: língua de instrução e disciplina curricular
Palavras-chave em português
Currículo
Educação bilíngue
Educação dos surdos
Escola bilíngue
Libras
Resumo em português
A educação bilíngue-bicultural dos surdos tem conquistado cada vez mais espaço nas discussões acadêmicas e é sob esta perspectiva que construímos as bases da presente pesquisa. Considerando a língua brasileira de sinais (Libras) como primeira língua do surdo (L1) e a língua portuguesa como segunda língua (L2), na modalidade escrita, este estudo buscou entender o funcionamento da Libras como língua de instrução nas escolas bilíngues para surdos em São Paulo e, também, a efetivação do ensino de tal língua como disciplina curricular nestas instituições. Refletindo sobre estas questões, configurou-se o seguinte problema de pesquisa: o direito do surdo de acesso ao conhecimento por meio da língua brasileira de sinais e de aprendizado desta própria língua tem sido garantido nas escolas bilíngues para surdos da cidade de São Paulo? Para tal, desenvolveu-se uma pesquisa de natureza qualitativa cujo objetivo central foi discutir como a língua brasileira de sinais tem sido utilizada e ensinada nas escolas bilíngues para surdos no município em questão. Após a construção dos capítulos teóricos que fundamentam nossas concepções de sujeito, língua, educação bilíngue e currículo, apresentamos a pesquisa empírica realizada em duas escolas públicas de educação bilíngue para surdos. Como instrumentos de coleta de dados utilizamos a análise de documentos que orientam as práticas educativas desenvolvidas nas escolas, a observação das aulas e as entrevistas semiestruturadas com os professores de Libras. Para o tratamento e a análise dos dados, o referencial escolhido foi a Análise de Conteúdo com base nas contribuições de Bardin (1977). Como resultados encontramos uma extensa documentação da cidade que discute a educação bilíngue, documentação esta que abrange decretos, portarias, orientações curriculares e um material didático com o intuito de atender às necessidades de ensino de Libras aos alunos surdos. Verificamos que, nas escolas pesquisadas, a Libras é verdadeiramente língua de instrução e que há garantia do ensino de tal disciplina. Por ser um projeto relativamente novo de educação, alguns desafios ainda estão presentes, como por exemplo, os processos de definição dos conteúdos de ensino a serem trabalhados nesta disciplina curricular. Destacamos que a proposta de educação bilíngue para surdos vem sendo construída no município estudado, portanto, apesar de uma trajetória consolidada, existem ainda questões a serem discutidas.
Título em inglês
The Brazilian sign language in the education of the deaf: language of instruction and curricular subject
Palavras-chave em inglês
Bilingual education
Bilingual school
Curriculum
Education of the deaf
Libras
Resumo em inglês
The bilingual-bicultural education of deaf students has gained more and more space in the academic debate and it is under this perspective that I have built the basis for this research. Whereas the Brazilian sign language (Libras) is the first language of a deaf person (L1) and Portuguese is the second language (L2), in the written mode, this study has sought to understand how Libras works as a language of instruction on the bilingual schools for deaf students in São Paulo and, also, how the teaching of such language is implemented as curricular subject in those institutions. Thinking over these issues, the following research problem has been configured: the right of a deaf student to access knowledge by means of the Brazilian sign language and the learning of this language has been guaranteed in the bilingual schools for the deaf in the city of São Paulo? For that a qualitative study was devised whose main objective was to discuss how the Brazilian sign language has been utilized and taught in the bilingual schools for the deaf in the mentioned city. After designing the theoretical chapters which provide the grounds of my conception of subject, language, bilingual education and curriculum, I present the empirical research conducted in two public schools of bilingual education for the deaf. The tools utilized for data collection were the analysis of the documents that guide the educative practices done in the schools, the observation of classes, and semi-structured interviews with teachers of Libras. In order to treat and analyze the data collected, the framework was the Analysis of Contents based on the contributions by Bardin (1977). The results I have found were the city´s comprehensive documentation on bilingual education, which includes decrees, directives, curricular guidelines and pedagogical material with the purpose of meeting the needs of the teaching of Libras to deaf students. I observed that in the schools studied Libras is truly the language of instruction and there is guarantee that this subject is taught. Due to the fact that it is a relatively new educational project, some challenges are still there, as for example, the processes to define the contents that are to be taught in this curricular subject. It must be highlighted that the proposal of bilingual education for the deaf has been constructed in the city being studied; therefore and in spite of a consolidated itinerary, there are still issues to be addressed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.