• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2018.tde-08052018-131727
Documento
Autor
Nome completo
Viviane Soares Anselmo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Prado, Patricia Dias (Presidente)
Finco, Daniela
Santos, Maria Walburga dos
Título em português
Educação infantil, dimensão brincalhona, gênero e profissão docente: o que as professoras e professores têm aprendido com meninas e meninos pequenas/os?
Palavras-chave em português
Dimensão brincalhona
Educação infantil
Gênero
Meninas e meninos pequenos
Profissão docente
Resumo em português
A presente pesquisa de Mestrado investigou as possibilidades de retomada da dimensão brincalhona de professoras/es da Educação Infantil, dimensão esta entendida como principal pré-requisito de tal profissão docente em construção. Para tanto, foi realizado um estudo de caso, de caráter qualitativo, em uma das Creches/Pré-Escolas da Universidade de São Paulo, com observação da jornada educativa de um grupo de meninas e meninos pequenas/os (5 anos de idade) e de sua professora, além de momentos coletivos com todas as demais crianças, as professoras e o professor da instituição. Também foram realizadas entrevistas semiestruturadas com a professora da turma observada e com o único professor da equipe, além da coleta e da análise de documentos, como o Projeto Político-Pedagógico da Creche/Pré-Escola. As análises dos dados foram realizadas em articulação com a produção brasileira e estrangeira de pesquisas recentes no campo da Pedagogia da Educação Infantil e das Ciências Sociais (como a Sociologia e a Antropologia), bem como na interface com as Artes na primeira infância, sobretudo com as corpóreas. As reflexões sobre os encontros entre meninas, meninos, professoras e professor da Creche/Pré-Escola, especialmente em momentos de brincadeira, também foram realizadas à luz das discussões que articulam Educação Infantil, gênero e profissão docente. Os dados coletados apontaram, entre outras questões, para a importância das relações centradas nas brincadeiras, nas linguagens do corpo, nas experiências artísticas e criativas, para que, no encontro com as crianças, professoras/es reconstruam suas dimensões brincalhonas de ser a partir de uma disponibilidade corporal e de um olhar atento para as criações de crianças pequenas. Além disso, o estudo discute o potencial transgressor da brincadeira na Pedagogia da Infância que buscamos: não escolarizada, não sexista, permeada por múltiplas formas de expressão, pela abertura à/ao outra/o e pela desconstrução das formas de dominação e poder.
Título em inglês
Early childhood education, playful dimension, gender and teaching profession: what teachers have learned from little girls and boys?
Palavras-chave em inglês
Early childhood education
Gender
Little girls and boys
Playful dimension
Teaching profession
Resumo em inglês
The present Master's research investigated the possibilities of retaking the playful dimension of Early Childhood Education teachers, dimension understood as the main prerequisite of this teaching profession under construction. Therefore, a qualitative case study was carried out in one of the Nursery/Preschools of São Paulo University, through the observation of the educational journey of a group of girls and boys (5 years old) and their teacher, in addition to collective moments with all the other children and teachers of the institution. Semi-structured interviews were also carried out with the researched teacher and with the only male teacher of the team, as well as the collection and analysis of documents, such as the PoliticalPedagogical Project of the Nursery/Preschool. Data analysis was performed in conjunction with Brazilian and foreign production of recent research in the field of Pedagogy of Early Childhood Education and Social Sciences (such as Sociology and Anthropology), in the interface with Arts in childhood, especially the corporeal ones. The analysis of the meetings among the girls, boys and teachers of the Nursery/Preschool, especially in moments of play, were also executed in the light of the discussions that articulate Early Childhood Education, gender and teaching profession. The collected data pointed out, among other issues, the importance of the relationships centered in games, in the body languages and in the artistic and creative experiences, so that, in the encounter with children, teachers reconstruct their playful dimensions of being, from a bodily availability and a close attention te the creations of girls and boys. In addition, the study discusses the transgressor potential of playing in the Pedagogy of Childhood that we seek: non-scholarized, non-sexist, permeated by multiple forms of expression, by opening to the other and by the deconstruction of domination and power forms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.