• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2018.tde-06122017-140238
Documento
Autor
Nome completo
Hanna Estevam
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Santos, Sandoval Nonato Gomes (Presidente)
Rezende, Renato Cabral
Silva, Anna Christina Bentes da
Título em português
Referenciação e argumentação: a construção dos objetos de discurso em textos argumentativos de alunos do Ensino Fundamental II
Palavras-chave em português
Redação; Ensino Fundamental II; Referenciação; Argumentação
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é refletir sobre os modos como alunos do Ensino Fundamental II constroem seus objetos de discurso em textos escritos argumentativos. A referenciação, um dos principais temas de estudo da Linguística Textual (cf. MONDADA e DUBOIS, 2014[1995]; CAVALCANTE, 2003; CAVALCANTE e LIMA, 2015; KOCH, 2011b), debruça-se sobre os processos de construção dos referentes, entendendo que a língua é uma proposta de categorização do mundo, de tal modo que os sujeitos, em seus enunciados, de maneira estratégica e interativa, refletem e criam objetos e categorizações, razão pela qual estes objetos são chamados objetos de discurso. Em nosso trabalho, analisamos um conjunto de 103 redações de alunos de todos os anos do Ensino Fundamental II, estudantes de uma escola da rede municipal de ensino da cidade de São Paulo, observando de que modos eles introduzem e retomam seus objetos de discurso e como esses processos de construção e progressão referencial constituem as estratégias argumentativas que utilizam, dentre as quais se destacam: descrição dos fatos, argumentum ad consequentiam, argumentum ad misericordiam e reciprocidade (cf. FIORIN, 2015; PERELMAN e TYTECA 2014[1996]). Foi possível, também, pontuar as estratégias referenciais mais conhecidas por este público, bem como as menos dominadas, o que nos permitiu traçar um diagnóstico sobre a referenciação nos textos analisados. Preocupados com uma análise que observasse não somente as estratégias formais utilizadas pelos alunos, mas que também buscasse compreender os efeitos de sentido que elas produziam e que identificasse indícios de possíveis fatores que as motivassem, consideramos também alguns elementos contextuais sobre a produção de textos na escola. Diante disso, acreditamos que nosso trabalho possa contribuir para um maior conhecimento sobre a escrita de alunos em contexto escolar, evidenciando algumas especificidades do Ensino Fundamental II.
Título em inglês
Referenciation and argumentation: the construction of discourse objects in argumentative texts of Junior High School (Ensino Fundamental II) students
Palavras-chave em inglês
Essays; Junior High School; Referenciation; Argumentation
Resumo em inglês
The objective of this research is to reflect on the ways in which Junior High School (Ensino Fundamental II) students construct their discourse objects in written argumentative texts. The referenciation, one of the main subjects of study of Textual Linguistics (cf. MONDADA e DUBOIS, 2014[1995]; CAVALCANTE, 2003; CAVALCANTE e LIMA, 2015; KOCH, 2011b), focuses on the processes of construction of referents, understanding that language is a proposal of categorization of the world, in such a way that the subjects, in their utterances, strategically and interactively, reflect and create objects and categorizations, reason by which these objects are called "objects of discourse". In this research, we analyzed a set of 103 essays of students of all the years of Junior High School, students of a school of the municipal education system of Sao Paulo City, observing in what ways they introduce and retake their discourse objects and how these processes of construction and referential progression constitute the argumentative strategies they use, among which the following stand out: description of the facts, argumentum ad consequentiam, argumentum ad misericordiam, and reciprocity (cf. FIORIN, 2015; PERELMAN e TYTECA 2014[1996]). It was also possible to punctuate the referential strategies better known by this public, as well as the less dominated ones, which allowed us to draw a diagnosis about the reference in the texts analyzed. Concerned with an analysis that not only observed the formal strategies used by the students, but also sought to understand the effects of meaning that they produced and identified indications of possible factors that motivate them, we also consider some contextual elements about the production of texts in the school. In view of this, we believe that our research can contribute to a greater knowledge about the writing of students in a school context, bringing the specificities of Junior High School.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
HANNA_ESTEVAM_rev.pdf (2.41 Mbytes)
Data de Publicação
2018-01-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.