• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.48.2016.tde-06102016-151949
Documento
Autor
Nome completo
Francisco das Chagas Rodrigues da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Silva, Vivian Batista da (Presidente)
Bontempi Junior, Bruno
Castellar, Sonia Maria Vanzella
Lugli, Rosario Silvana Genta
Vieira, Cleber Santos
Título em português
Organização do currículo e construção do conhecimento: uma análise da licenciatura em geografia da UFPI
Palavras-chave em português
Campo social
Construção do conhecimento
Currículo
Formação docente
Licenciatura em geografia
UFPI
Resumo em português
Neste estudo, propõe-se compreender como a organização do currículo concorre para a construção do conhecimento no âmbito da formação inicial de professores de Geografia, tendo como referência empírica a Licenciatura em Geografia da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Diante disso, entre as várias possibilidades de análise desse objeto de estudo, opta-se por focar três aspectos inerentes à organização do currículo da Licenciatura em Geografia da UFPI: o campo de produção, a história e a lógica de estrutura e funcionamento do referido currículo. Assim, objetiva-se: 1) caracterizar o campo de produção do currículo da Licenciatura em Geografia da UFPI, identificando os conhecimentos que são selecionados como referência para sua organização, bem como as relações, tensões e convergências que se estabelecem nesse movimento; 2) examinar a história do currículo da Licenciatura em Geografia da UFPI, descrevendo suas trajetórias, contextos e processos de (re) formulação; e 3) investigar a lógica de estrutura e funcionamento do currículo da Licenciatura em Geografia da UFPI, evidenciando os modos de pensar e fazer dos professores formadores acerca da organização do currículo. Para tanto, são analisadas fontes documentais (leis, decretos, pareceres, resoluções...), produzidas no esfera do Ministério da Educação (MEC) e do Conselho Nacional de Educação (CNE), como as diretrizes nacionais para formação inicial de professores da educação básica (Parecer CNE nº 9/2001 e Resolução CNE nº 1/2002) e as diretrizes para os cursos de graduação em Geografia (Parecer CNE nº 492/2001 e Resolução CNE nº 14/2002), e na esfera da Licenciatura em Geografia/UFPI, como propostas de reformulação do currículo, projetos pedagógicos de curso e programas de disciplinas; além de fontes orais, geradas por meio de entrevistas com professores do curso em questão, à propósito de seus modos de pensar e fazer relativos à organização do currículo. Parte-se da hipótese de que há um campo de produção da formação docente, no qual ocorre a organização do currículo da Licenciatura em Geografia da UFPI, regido por regras (ou leis) próprias, mas que, por homologia, pode ser explicado mediante as propriedades ou leis invariantes dos campos, conforme proposição de Pierre Bourdieu dentro de sua teoria geral dos campos. Os resultados evidenciam que o campo da formação docente em Geografia se constitui na confluência de, pelo menos, três outros espaços ou microcosmos sociais específicos (o educacional, o científico da ciência geográfica e o universitário), de modo que a organização do currículo da Licenciatura em Geografia tem como referências uma variedade de conhecimentos e/ou geografias, entre as quais se incluem a Geografia Acadêmica/ Universitária e suas especialidades (Geografia Física, Geografia Humana, Ensino de Geografia), Geografia Escolar, conhecimentos das ciências da educação e saberes docentes (como os saberes da prática e da experiência). Em face das condições de produção desse campo, há, no mínimo, indícios de que a estrutura e funcionamento do currículo da Licenciatura em Geografia da UFPI se fundamenta na dualidade/setorização da Geografia Acadêmica/Universitária, o que repercute nas experiências de formação e, consequentemente, na construção do conhecimento dos futuros professores de Geografia.
Título em inglês
Organization of the curriculum and knowledge building: An analysis degree in geography UFPI
Palavras-chave em inglês
Geography teacher
Knowledge construction
Social field
Teacher degree curriculum
Teacher training
UFPI
Resumo em inglês
This research aims to understand how the curriculum organization contributes to the construction of knowledge in the qualification of Geography teachers, using as empirical reference the teacher training Degree in Geography from Federal University of Piauí (UFPI). Specifically, the objective of this study is to: 1) characterize the background of teacher preparation programs in Brazil, seeking references from the Bachelor's curriculum organization in Geography; 2) examine the organization of the degree curriculum in Geography at UFPI, describing its trajectories, contexts and processes; and 3) analyze the logical curriculum structure of the Bachelor Degree in Geography at UFPI, highlighting the established relationships, tensions and convergences in this specific field and how it contributes to the construction of knowledge for future teachers of Geography. To achieve it, documentary sources are analyzed (laws, decrees, opinions, resolutions ...), produced under the Ministry of Education (MEC) and the National Education Council (CNE), as the national guidelines for initial teacher training on basic education (Resolutions CNE No. 9/2001 and No. 1/2002 CNE) and the guidelines for undergraduate courses in Geography (Resolutions CNE No. 492/2001 and No. 14/2002 CNE), and other elements within the Bachelor Degree in Geography at UFPI, as some curriculum reorganization demands, educational course projects and course programs; besides oral sources, generated by interviews with teachers of the course in bold, about the purpose of their conceptions and practices relating to the curriculum organization. It starts with the hypothesis that there is a production field focused on teacher training, where the organization's Degree curriculum in Geography UFPI happens, governed by its own rules (or laws), but can be explained by "homology" as the system of invariant field laws, as Pierre Bourdieu proposition according to his "general theory of fields". The results show that the field of teacher qualification in geography is constituted in the confluence of at least three other spaces or specific social microcosms (the educational, the scientific - of geographical science - and the academic), so that the curriculum organization in Geography brings about references a variety of skills and geographies, among which is included the Academic Geography and its specialtizations (Physical Geography, Human Geography, Geography for Education), School Geography, knowledges of the sciences of education and teachers' understadings (the knowledge of the experience, for example). Given the production conditions of this field, there is at least reasonable evidence that the structure and working of the curriculum in Geography at UFPI is based on the duality/sectorization of Academic/University Geography, which resonates strongly in the educational training experiences and, consequently, in the construction of knowledge by future teachers of Geography.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.