• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.48.2005.tde-02042007-104424
Documento
Autor
Nome completo
Ana Maria Pereira dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Bizzo, Nelio Marco Vincenzo (Presidente)
Kawasaki, Clarice Sumi
Santos, Roseli La Corte dos
Título em português
Inovações no ensino de ciências e na educação em saúde: um estudo a partir do Projeto Finlay
Palavras-chave em português
Ciências (estudo e ensino)
Dengue
Educação em saúde
Resumo em português
O presente estudo trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada a partir da análise de um projeto de ensino de ciências desenvolvido pelo Laboratório de Ensino de Ciências e Tecnologia (LECT) da Escola do Futuro da USP, denominado projeto Finlay, que tem como objetivo divulgar informações e engajar ativamente alunos de educação básica na problemática da dengue. Neste estudo realizou-se uma análise do projeto Finlay e da atuação de 15 escolas publicas e particulares junto a ele, durante os anos de 1999 a 2002. Para isso, foi necessário realizar uma análise documental do projeto, bem como entrevistas presenciais e virtuais com os professores, coordenadores e diretores das escolas participantes. Os resultados obtidos revelaram que os alunos participantes do projeto Finlay, durante o período de estudo, coletaram 705 larvas de insetos em 21 municípios e 109 bairros diferentes. Estes dados mostram que o ensino de ciências que se apresenta hoje nas escolas, centrado quase que exclusivamente no livro didático, pode sofrer melhorias quando se propõe atividades onde os alunos investigam os problemas reais que a comunidade enfrenta. Neste sentido, o estudo sugere inovações no ensino de ciências voltadas ao modelo de aprendizagem participativa, através de investigações científicas autênticas e no uso de novas tecnologias de informação e comunicação. No que se refere às inovações na educação em saúde, este estudo considera que os projetos devem, além de informar, engajar ativamente os cidadãos na problemática enfrentada e que quando os projetos são sediados nas escolas há maior possibilidade de êxito e expansão.
Título em inglês
Innovation in science and health education: study from Finlay Project
Palavras-chave em inglês
Dengue
Health education
Science (study and learning)
Resumo em inglês
This document is about a qualitative research done through the analysis of a science education project designed by the Laboratório de Ensino de Ciências e Tecnologia (LECT) da Escola do Futuro da USP , denominated Finlay Project. The goal is to spread and engage students of fundamental education in the dengue fever problem. This document is an analysis of the Finlay Project and the performance of 15 public and private schools involved in the project between years 1999 and 2002. For such purpose, it was necessary to perform a documentary analysis of the project, as well as physical and virtual interviews with teachers, coordinators and directors of the acting schools. The results achieved, show that the students participating in the project during the study period collected 705 insects' larvae in 21 cities and 109 different neighborhoods. This data gives evidence that contemporary science education, focused almost exclusively on schoolbooks can be improved with the use of activities where students investigate community real world problems. Therefore, this document suggests innovation in science education based on participative learning, through authentic scientific investigation and the use of new information and communication technologies. Concerning innovation in health education, this issue concludes that science projects, more than an information instrument, must engage citizens in the social problems and there are better chances of success and growth when the projects are school based.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-04-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.