• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Isadora Rebello Joaquim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Belintane, Claudemir (Presidente)
Martin, Vima Lia de Rossi
Pietri, Emerson de
Título em português
A criança entre a voz do verso e a letra do sentido: a poesia no processo de alfabetização
Palavras-chave em português
Alfabetização
Experiência estética
Infância
Literatura
Poesia
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é investigar a presença da poesia e de outros textos poéticos no processo de alfabetização e letramento infantil, a fim de refletir acerca das experiências de um grupo de crianças (de seis a nove anos) com a linguagem poética na trajetória do ensinoaprendizagem da leitura e escrita nos anos iniciais da escolarização (do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental de nove anos). Compreendemos a necessidade de se trabalhar a língua sem isolá-la de seu universo literário, e para isso, em nosso projeto de alfabetização O desafio de ensinar a leitura e escrita no contexto do Ensino Fundamental de nove anos (Edital Nº 038/2010/CAPES/INEP), partimos de hipóteses sobre a capacidade da oralidade e dos textos poéticos em potencializar subjetividades mais afeitas à aprendizagem da leitura e da escrita. Contrapondo-se às concepções pedagógicas dominantes nas diretrizes governamentais, que tanto valorizam os gêneros discursivos do cotidiano (bulas, receitas, logomarcas e outros gêneros do mercado), percebemos que o trabalho com os textos poéticos (poesias, cantigas, parlendas, adivinhas, travas-língua, etc.) vinculado à função poética (ao ludismo poético da língua) forma uma rede de memória oral que já enraíza potencialidades para o gosto literário da criança. De acordo com Pound (2006) os recursos estéticos que estão presentes na poesia podem ser compreendidos de três formas: com o uso da melopeia, da fanopeia e da logopeia. A partir do trabalho com uma coletânea de poesias para crianças formulada por nós, professores-pesquisadores, e que abrange essa tríade, junto ao estudo dos seus recursos elementares, das suas figuras de linguagem e de sua estética mnemônica (rimas, métrica, aliterações, assonâncias, etc.), vimos que a poesia é fundamental para o ensino e a aprendizagem de nossas crianças. Contribuir para que uma matriz de textos poéticos se estabeleça na memória da criança é poder ampliar sua capacidade leitora e subjetiva ao lidar com os diferentes gêneros textuais. Com essa premissa, esboçamos em uma pesquisa teórica e prática o alcance que os textos poéticos têm no trabalho diário de alfabetização e como a recepção desses textos pelas crianças aponta para a necessidade de um planejamento didático-metodológico que aborde a diversidade dos recursos estéticos e formais da poesia para enriquecer o ensino da leitura fluente e da escrita criativa.
Título em inglês
The child between the voice of the verse and the letter of sense: poetry in the literacy process
Palavras-chave em inglês
Aesthetic experience
Childhood
Literacy
Literature
Poetry
Resumo em inglês
This work aims to investigate the presence of poetic texts in literacy and reading learning processes in order to reflect on the experiences with poetic language of a group of children (six to nine years), in the trajectory of the reading and writing, in the early years of schooling (1st to 3rd year of the nine years elementary school cycle). In our literacy project "The challenge of teaching reading and writing in the context of elementary school nine years" (Notice No. 038/2010 / CAPES / INEP), we understand the need to work with the language without isolating it from its literary universe, and, to that end, we start from hypothesis about the capacity of oral and poetic texts to potentiate subjectivities more akin to the learning process of reading and writing. Opposing the project to the dominant pedagogical concepts in government guidelines, which give great value to genres of everyday life (leaflets, recipes, logos and marketing genres), we realized that working with the poetic texts (poetry, songs, rhymes, riddles, tongue twister, etc.) linked to the poetic function (the poetic language playfullness) we could form a network of oral memory that already rooted potentialities for the children's literary taste. According to Pound (2006), the aesthetic features that are present in poetry are comprised of three modes: the use of the melopoeia, the fanopeia and logopeia. From the work with a collection of poems for children that would take in account this triad and the study of the basic features of its figures of speech and its mnemonic aesthetic (rhyme, meter, alliteration, assonance, etc.), we saw that poetry is fundamental to the teaching and learning of our children. To contribute so that an array of poetic texts could be established in the child's memory is to make it possible to expand its reader and subjective capacity to deal with different genres. With this premise, we outlined in a theoretical and practical research the extent that poetic texts have in the daily work with literacy and how the reception of these texts by the children indicates the need for a didactic-methodological planning that addresses the diversity of poetrys aesthetic and formal features to enrich the teaching of fluent reading and creative writing.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.