• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2008.tde-15012009-163218
Documento
Autor
Nome completo
Erica Tardelli das Neves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Piemonte, Maria Elisa Pimentel (Presidente)
Bueno, Orlando Francisco Amodeo
Santos, Suely dos
Título em português
Aprendizagem de movimentos seqüenciais de dedos em idosos saudáveis: efeitos da escolaridade
Palavras-chave em português
Aprendizagem motora
Envelhecimento
Escolaridade
Habilidades motoras
Idosos
Resumo em português
Aprendizado motor é o processo pelo qual o sistema nervoso modifica suas respostas motoras. Sendo um processo implícito, tem como principais características o desenvolvimento lento, baseado em um grande número de repetições, cujos resultados só podem ser verificados por meio da modificação do desempenho. Muitos aspectos do processo de aprendizado motor têm sido estudados, dentre eles o efeito do envelhecimento neste processo. Com o crescimento mundial da população idosa o interesse sobre as características do envelhecer tem aumentado consideravelmente. No Brasil, grande parte da população idosa é composta por pessoas com baixa escolaridade, entretanto existem poucos estudos que descrevam como o cérebro desses idosos se comporta durante a vida, e principalmente como esses indivíduos se comportam quando são submetidos à aprendizagem de novos comportamentos. Esse trabalho tem como objetivo investigar a influência da escolaridade no desempenho motor de indivíduos idosos normais em uma tarefa de movimentos de oposição de dedos. Para isso foram avaliados 42 sujeitos acima dos 60 anos, divididos em dois grupos: um de baixa escolaridade 1-7 anos de ensino formal, com idade média de (66,5 e DP 5,4) e outro de alta escolaridade com 8 anos ou mais de ensino formal com idade média de (68,3 e DP 6,1). Os resultados analisados, por meio da Análise Multivariada para medidas repetidas, demonstraram que ambos os grupos beneficiaram-se do treinamento, com melhora do desempenho para seqüência treinada evidenciando o aprendizado da tarefa. No entanto, apesar dos idosos do GBE serem capazes de realizar movimentos de oposição de dedos na mesma velocidade do que os idosos do GAE, eles apresentam prejuízo ao realizá-los numa ordem específica, o que poderia ser explicado por diferenças na formação de modelos internos de movimento mais do que na capacidade de execução da tarefa. Esta hipótese pôde ser confirmada pelas diferenças encontradas na capacidade de generalização do aprendizado, onde os idosos do GBE apresentaram prejuízo em relação aos idosos do GAE. Indicando assim, que a escolaridade pode influenciar no desempenho motor de uma tarefa específica de oposição de dedos, onde os indivíduos com menor nível de escolaridade apresentam pior desempenho em relação aos idosos com maior nível de escolaridade. Apesar disso, parecem ser capazes de aprender como os idosos com maior nível de escolaridade.
Título em inglês
Learning sequential movements of fingers in normal elderly: effects of education
Palavras-chave em inglês
Aged
Aging
Educational status
Motor learning
Motor skills
Resumo em inglês
Learning motor is the process by which the nervous system modify their sponses motor. As an implicit, has as main features the slowly developing, based on a large number of replications, whose results can only be verified through modification of the performance. Many aspects of the process of learning engine have been studied, including the effect of aging in the process. With global growth of the elderly population the interest on the characteristics of aging has increased considerably. In Brazil, much of the elderly population is composed of people with low education, though there are few studies that describe how the brain is behaving the elderly throughout life, and especially how these people behave when they are submitted to the learning of new behaviors. This work aims to investigate the influence of education on performance engine elderly individuals in a normal task of the opposition movements of fingers. For that were assessed 42 subjects over 60 years, divided into two groups: one with low education 1-7 years of formal education, with mean age (66.5 and SD 5.4) and another from high school in 8 years or more of formal education with average age (68.3 and SD 6.1). The results analyzed by means of Multivariate Analysis for repeated measures showed that both groups benefited from the training, with improvement in performance for trained sequence showing the learning of the task. However, despite the elderly GBE be able to perform movements of opposition from fingers at the same speed than the elderly of the GAE, they show prejudice to implement them in a specific order, which could be explained by differences in the formation of internal models of movement more than the capacity to execute the task. This hypothesis could be confirmed by differences in the ability of generalization of learning, where the elderly of GBE showed prejudice in relation to the elderly of the GAE. Give so that the school can influence the performance engine of a specific task of opposition from fingers, where individuals with the lowest level of education have worse performance in relation to the elderly with higher level of education. Nevertheless, seem to be able to learn how the elderly with higher level of education.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
neves_me.pdf (530.88 Kbytes)
Data de Publicação
2009-02-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.