• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2006.tde-11092006-110201
Documento
Autor
Nome completo
Natália Barreto Frederigue
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Sameshima, Koichi (Presidente)
Bevilacqua, Maria Cecilia
Ranvaud, Ronald Dennis Paul Kenneth Clive
Schochat, Eliane
Valle, Luiz Eduardo Ribeiro do
Título em português
Reconhecimento de padrões auditivos de freqüência e de duração em crianças usuárias de implante coclear multicanal
Palavras-chave em português
deficiência auditiva
implante coclear
percepção auditiva
Resumo em português
A resolução temporal tem sido estudada em usuários de implante coclear (IC) de acordo com os novos algoritmos implementados nas estratégias de codificação da fala. O objetivo deste estudo foi determinar o perfil de desempenho de crianças usuárias de IC multicanal nas tarefas de detecção de seqüência temporal em dois testes comportamentais, Teste de Padrões de Freqüência (TPF) e Teste de Padrões de Duração (TPD). Avaliou-se 43 crianças usuárias de IC com idade entre 7 e 11 anos e 5 meses, regularmente matriculadas e acompanhadas no Centro de Pesquisas Audiológicas do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo. Destas 26 eram usuárias do IC Combi®40+ com a estratégia de codificação da fala Continuous Interleaved Sampler, cinco do IC Nucleus®24K e 12 do Nucleus®24M com a estratégia Advanced Combination Encoder, sendo 28 do gênero feminino e 15 do masculino. O tempo médio de surdez foi de 3 anos e o tempo médio de uso do IC de 4 anos e 9 meses. Ambos os testes foram aplicados em campo livre a 60 dBNA. As crianças foram solicitadas a responder por meio de respostas não verbal (NV) e verbal (V). O TPF constou da apresentação de uma seqüência de 3 tons com duração de 500 ms que diferiam na freqüência, 1430 Hz (alto) ou 880 Hz (baixo), perfazendo um total de 6 padrões distintos. O TPD constou da apresentação de uma seqüência de 3 tons de 1000 Hz que diferiam na duração, 500 ms (longo) ou 250 ms (curto), constituído também de 6 padrões de seqüências distintos. Foram apresentadas 10 repetições dos 6 padrões no total de 60 estímulos para TPD e TPF, em cada criança. Aplicou-se o mesmo protocolo de testes em 43 crianças, balanceadas em gênero e faixa etária, sem alterações de linguagem, fala, audição e/ou aprendizagem (grupo controle). Realizou-se análise estatística multivariada com o teste da razão de verossimilhança no modelo logístico ajustado e com testes de correlação. As análises evidenciaram que o desempenho no TPF com resposta NV foi significativamente superior à resposta V para todos os sujeitos, por outro lado observou-se diferença de desempenho entre as respostas NV e V apenas nas crianças entre 7 e 9 anos do grupo experimental. Constatou-se melhora significativa do desempenho com a idade para o TPDNV e TPDV (grupo experimental) e para o TPFV, TPDNV e TPDV (grupo controle). Todos os usuários do IC Combi®40+ apresentaram desempenho superior aos usuários do IC Nucleus®24K e Nucleus®24M em todas as condições avaliadas. Não houve correlações entre o desempenho e o tempo de uso do IC, tempo de surdez e teste de percepção da fala. Os sujeitos do gênero masculino apresentaram desempenhos superiores ao feminino para a maioria dos testes. O desempenho no TPF foi superior ao TPD. Neste estudo, as diferenças existentes em relação ao processamento do sinal nos IC devem ter interferido no desempenho das habilidades de ordenação temporal. Novas pesquisas são necessárias para complementação destes achados.
Título em inglês
Recognition of frequency and duration auditory patterns in children using multi-channel cochlear implant
Palavras-chave em inglês
auditory perception
cochlear implants
hearing loss
Resumo em inglês
Temporal resolution has been studied in cochlear implant (CI) users, according to new algorithms implemented for speech coding strategies. The present study was aimed at determining the performance profile of multi-channel CI users in temporal-sequence detection tasks using pair of behavioral tests: frequency patterns test (FPT) and duration patterns test (DPT). Forty-three cochlear implanted children, age ranging from 7 to 11 yrs and 5 months, regularly enrolled and followed at the Audiological Research Center, the Craniofacial Anomalies Rehabilitation Hospital of the University of São Paulo, were evaluated. Twenty-six children were users of CI Combi®40+ with the Continuous Interleaved Sampler speech coding strategy; five of CI Nucleus®24K and twelve were users of Nucleus®24M with the Advanced Combination Encoder strategy; 28 were females, and 15 males. The mean auditory deprivation time was 3 years, and the mean CI use duration was 4 years and 9 months. Both tests were applied at 60 dBNA on free-field. Children were instructed to deliver answers through nonverbal (NV) and verbal (V) responses. FPT comprises the presentation of a three-tone sequence with a 500 ms duration which differed in the frequency: 1430 Hz (high) or 880 Hz (low), consisting of six distinct patterns. While DPT comprised the presentation of a three-tone sequence of 1000 Hz, which differed in the duration, either with 500 ms (long) or 250 ms (short), giving six distinct sequence patterns. Ten repetitions of six patterns totaling 60 stimuli for DPT and FPT were presented to each child. The same test protocol was applied to 43 children, balanced according to gender and age range, with no language, speech, hearing and/or learning alterations (control). Multivariate statistical analysis was used, with the likelihood ratio test to the adjusted logistic model, and correlation analysis. The analyses showed that the performance on FPT with a NV response was significantly superior to that of V response for all subjects. On the other hand, performance difference in between NV and V responses was observed only in the 7-9 year-old experimental group. Significant performance improvements with age were observed in NVDPT and VDPT for experimental group, as well as in VFPT, NVDPT and VDPT for control group. All users of CI Combi®40+ showed better performance compared to Nucleus®24K or Nucleus®24M users, for all assessed conditions. No correlations were found between performance and the use duration of CI, sensory deprivation time, and speech perception test result. Male subjects had a superior performance than females, for most of the tests. The performance on FPT was superior to that on DPT. In this study, the observed differences related to CI signal processing strategies must have interfered in the performance of temporal ordering abilities. Further research, to complement these findings, is necessary.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseFrederigueNB.pdf (2.74 Mbytes)
Data de Publicação
2006-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.