• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Besen de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Silva, Luis Guilherme Galeão da (Presidente)
Ansara, Soraia
Barros, Carlos César
Título em português
A sua memória agora é minha memória: a construção da memória política e o re-estabelecimento do reconhecimento recíproco
Palavras-chave em português
Elaboração psicossocial
Juventude
Memória política
Reconhecimento recíproco
Violência de Estado
Resumo em português
A presente pesquisa tem como objetivo analisar o processo de construção da memória política (ANSARA, 2008) enquanto mecanismo de elaboração psicossocial e seu potencial para o reestabelecimento de relações de reconhecimento recíproco (HONNETH, 2009). A pesquisaparticipante (MONTERO, 2007) no projeto Memórias e Resistências: a ditadura da quebrada, realizado no bairro de Heliópolis - periferia urbana de São Paulo - envolveu um processo de formação de oito jovens do território no campo dos direitos humanos, tendo como matriz central o resgate, compartilhamento e construção da memória política dos moradores, movimentos sociais e anistiados políticos da ditadura civil-militar brasileira. A partir dos resultados e relatos da pesquisa-participante, é realizado um diagnóstico social, analisando os mecanismos de dominação e as artimanhas do poder do/no Estado que produzem rupturas no tecido social. Também são identificadas práticas eficientes de narração e construção de memória política no interior de organizações sociais comunitárias (GAGNEBIN, 1986), que podem ser estimuladas e aprofundadas como mecanismos de elaboração psicossocial. Tais práticas apontam para caminhos criativos de resistência ao discurso autoritário e à violência de Estado em ascensão no Brasil
Título em inglês
Your memory now is my memory: the building of political memory and the re-establishment of a reciprocal recognition
Palavras-chave em inglês
Political memory
Psychosocial working-through
Reciprocal recognition
State Vvolence
Youth
Resumo em inglês
This research has as aim to analyse the process of building the political memory (Ansara, 2008) as a mechanism of psychosocial working-through and its potential for the re-establishment of relations of reciprocal recognition (Honneth, 2009). Participatory research (Montero, 2007) within the project Memories and resistances: the dictatorship in the slum developed in the neighborhood of Heliopolis- an urban periphery of São Paulo- that involved a process of capacity building of eight teenagers in the field of human rights, having as its central matrix the revival, sharing and building of a political memory of the dwellers, social movements and political amnestied of the civil-military Brazilian dictatorship. As an outcome of the telling through participatory research, a social diagnosis was developed analysing the mechanisms of domination and the artifices of power of/in the State that produce ruptures in the social tissue. It was also analyzed efficient practices of narration and the building of a political memory within the socio-communitarian organizations (Gagnebin, 1986), that may be stimulated and deepened as mechanisms of psychosocial working-through. These practices point to creative paths of resistance to an authoritarian discourse and to the growth of State violence in Brazil
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.