• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2008.tde-06062008-111610
Documento
Autor
Nome completo
Allan Saffiotti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Goncalves Filho, Jose Moura (Presidente)
Safra, Gilberto
Souza, Denise Trento Rebello de
Título em português
Crise e transformação : um estudo sobre a experiência de alunos de baixa renda num cursinho popular
Palavras-chave em português
autobiografia
cursos-pré-vestibular
humilhação
mudança social
Resumo em português
Esta pesquisa tem como objetivo a identificação e discussão de crises e transformações psicossociais por que passaram estudantes de um cursinho popular de São Paulo. São jovens advindos de famílias de baixa renda, e história destes conheceu reiterado sofrimento político: humilhação social e exclusão de circuitos ou bens públicos. Os cursinhos populares são organizações alternativas cuja intenção principal assim resumíriamos: favorecer o acesso de jovens das classes pobres à universidade pública. A passagem de um jovem por cursinho popular assume figura de uma experiência muito pessoal, rica em traços psicossociais, e a sondagem dessa experiência e as transformações que promoveu foi o que informou esta pesquisa: como lembram e significam essa experiência? Como esta experiência afetou a percepção que estes depoentes tinham sobre si mesmos, sobre seu lugar social e sobre seu relacionamento com a tarefa do conhecimento? Os estudos disponíveis, geralmente dedicados ao exame de processos pedagógicos e ao julgamento da eficácia dos cursinhos populares, suscitaram-nos um exame que privilegiasse o recurso à memória dos estudantes. A pesquisa, como instrumentos metodológicos, adotou a reconstrução autobiográfica do pesquisador e entrevistas em profundidade com três ex-alunos deste Cursinho. A reconstrução autobiográfica pretendeu uma primeira atenção possível para os fenômenos a serem investigados. Vale, nesse sentido, a aposta de que o trabalho narrativo possa gerar e aproveitar alguma distância crítica entre o pesquisador e ele mesmo, entre o pesquisador e sua memória do Cursinho Popular. As entrevistas foram apoiadas por um roteiro de questões que pretendiam a todo tempo estimular o discurso livre referente a episódios no contexto das práticas de um cursinho popular. A análise das entrevistas norteou-se pelos trechos dos depoimentos que diziam respeito à vivência do cursinho e outros momentos de suas histórias que ajudaram a informar os significados das experiências privilegiadas neste trabalho. Nas memórias o Cursinho vai sendo desvelado como um lugar vivo, repleto de experiências significativas para além da sua proposta formal, muitas vezes associado à vivência de igualdade. A postura dos professores e demais agentes do cursinho foi apontado como decisivo na promoção de mudanças na relação que estes alunos tinham com os estudos, com a cultura escrita, com o mundo e com os outros. Um campo intersubjetivo e favorável, uma comunidade de destino, move o desejo e o trabalho estudantil, sustenta e apóia êxitos. Este campo e comunidade, quando abrigados por instituições (o cursinho popular, uma escola pública de qualidade), parecem especialmente apreciados por estudantes das classes pobres, marcados por formas de solidão social. A experiência de comunidade apresentou-se como fundante para uma relação com o conhecimento que não se dá a partir da humilhação ou da necessidade instrumental, mas como possibilidade e caminho para a fruição do mundo e para superação dessas experiências de humilhação.
Título em inglês
Crisis and transformation : the experience of working class students in a popular preparatory course for university entrance.
Palavras-chave em inglês
autobiography
humiliation
popular preparatory courses for university entrance
social change
Resumo em inglês
The objective of the present study is to identify and discuss psychosocial crisis and transformations that students undergo in a popular preparatory course for university entrance (PPC) in São Paulo, Brazil. These juveniles come from working class families whose histories are remarkable for constant political suffering, experienced as social humiliation and exclusion from public places. These PPC are non-governmental organizations, whose mission is to help working class juveniles enter public universities. A juvenile's trajectory over a PPC presents a very rich psychosocial experience and the approach of this experience and the transformations derived from constituted the core question in the present study: how do these subjects recall and signify such experience? How has this experienced impacted on these interviewees' perceptions over themselves, their social place, and their relationship with knowledge? The available researches in Brazil usually focus on the pedagogical and efficacy of such preparatory courses. Therefore, we were willing to investigate these students' memories. The methodological approaches of the present study comprised the researcher's autobiography reconstruction and in-depth interviews with three former students from a PPC. The purpose of autobiography reconstruction was to explore potential phenomena for investigation. It must be highlighted that the narrative work may produce and benefit from some critical distance between the researcher and himself/the subject, the researcher and his memories from the PPC. The interviews were supported by previous guidelines and sought to stimulate as much as possible the interviewees' free discourse regarding episodes of practices in the PPC. The analysis was guided by reports on the subjects' experiences at the PPC and other moments of their histories that helped understand the meaning of the experiences selected for the present study. The memories have revealed the preparatory course as a living place, full of meaningful experiences far beyond its formal proposal, and very often associated with the experience of equality. The attitude of teachers and course staff was reported as crucial to promote transformations in the relationship these students had with formal study, written culture, the world and other people. An intersubjective and favorable field, a community of destiny, moves desire and student work, as well as it supports success. When sheltered by institutions (such as the PPC or a high quality public school), these field and community seem especially valued by working class students, distinguished by forms of social loneliness. The experience of community was the basis for a relationship with knowledge that is not oriented by humiliation or instrumental necessity, but rather as a possibility to fulfill the world and overcome these experiences of humiliation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Saffiotti_A_me.pdf (1.52 Mbytes)
Data de Publicação
2008-08-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.