• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2014.tde-05032015-155659
Documento
Autor
Nome completo
Nayara de Paula Faleiros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Lehman, Yvette Piha (Presidente)
Ribeiro, Marcelo Afonso
Silva, Fabiano Fonseca da
Souza, Marilene Proenca Rebello de
Valore, Luciana Albanese
Título em português
Educação para a carreira no cotidiano da escola pública: Proposta de modelo interventivo para a grade curricular
Palavras-chave em português
Currículo
Educação básica
Educação para a carreira
Ensino técnico
Etnografia
Orientação profissional
Resumo em português
A Educação para a Carreira foi um movimento surgido nos Estados Unidos na década de 1970, que propunha uma reforma na educação americana, desde o ensino elementar, fundamentada na ideia de que a educação escolar deveria ser socialmente útil, desenvolvendo no indivíduo habilidades que pudessem ser aproveitadas futuramente, quando ingressasse no mundo do trabalho. Embora essa concepção estivesse presente no pensamento educacional americano desde os primórdios da formação do Estado, sua retomada pelo movimento da Educação para Carreira num momento de declínio econômico, em que as indústrias buscavam novas estratégias de enfrentamento, abrindo espaço para a emergência do toyotismo, favoreceu a obtenção do apoio ostensivo de um grande número de associações civis e profissionais, além dos próprios educadores. A Educação para a Carreira se expandiu para outros países que viviam uma situação semelhante, sendo que, no Brasil, permanece sendo uma prática pouco conhecida, uma vez que há, no campo da orientação profissional, uma preponderância no uso da abordagem clínica nos atendimentos, mesmo aqueles desenvolvidos no contexto escolar. Há muitos estudos realizados em escolas que indicam o quão a orientação profissional favorece os jovens que se encontram em momento de escolha. Entretanto, paradoxalmente, a orientação profissional permanece ocupando um lugar marginal dentro deste contexto. O objetivo desta pesquisa foi buscar conhecer a realidade concreta de uma escola pública técnica do Estado de São Paulo, procurando compreender as possibilidades e a viabilidade de uma proposta de Educação para a Carreira, em formato de disciplina integrada à grade curricular dos alunos, tornar-se uma prática sistematizada no cotidiano da mesma, no intuito de superar essa posição marginal. Para tanto, a pesquisa desenvolveu-se em duas etapas. Na primeira, a partir da abordagem etnográfica, foi realizado um mapeamento do contexto escolar e suas sobredeterminações, no sentido de melhor compreendê-lo. Na segunda parte, tratou-se da construção, da implementação e da avaliação da prática interventiva em educação para a carreira no formato de uma disciplina integrante da grade curricular da escola. Frente aos resultados obtidos, é possível afirmar que esta pesquisa teve relevância não só porque proporcionou aos alunos um espaço de reflexão sobre seus estudos e projetos profissionais futuros, mas, principalmente, porque demonstrou que este espaço pode ser instituído na escola, fazendo parte do projeto políticopedagógico da mesma, ainda que não haja políticas públicas específicas na área que tragam essa obrigatoriedade. Foi possível constatar que o arcabouço legal proporcionado pela LDBEN de 1996, que permite à escola diversificar parte de seu currículo, somado a uma postura mais ativa do orientador profissional junto à mesma, pode promover, ali, a existência de um espaço de reflexão sistematizado para o jovem se preparar adequadamente para a transição escola-trabalho
Título em inglês
Career Education in the daily one of the public school: an intervention proposal to regular curriculum
Palavras-chave em inglês
Basic education
Career education
Career guidance
Curriculum
Ethnography
Technical education
Resumo em inglês
The Career Education was a movement that emerged in United States in the 1970s which proposed a reform in American education, from elementary school, based on the idea that schooling should be socially useful, developing the individual skills that could be used in the future, when they would enter in the labor market. Although this idea had presented in American educational thoughts since the beginning of states formation, its resurgence by Career Education at a time of economic decline when industries were seeking to new strategies to continue in the market, opening a space to the emergence of Toyotism, brought a great support of a large number of civil and professional associations and educators themselves. The Career Education expanded to other countries that lived a similar situation. In Brazil, the Career Education remains a practice poorly known because there is a preponderance of clinical approach in the career guidance practice, even those developed in the schools. There are many researches in schools that indicate how career guidance helps young people who are in the moment of choice. However, paradoxically, the career guidance remains occupying a marginal place in this context. The aim of this study was try to know the reality of a technical public school in São Paulo, trying to understand the possibilities and feasibility of a career education proposal, as curriculum subject, to turn it into a systematic practice in the daily one of the school with the objective to overcome this marginal position. Therefore, this research was conducted in two stages. At first, from the ethnographic approach, we were mapped the school context and over determinations in order to understand it. In the second part, we built, implemented and evaluated the intervention practice as a curriculum subject. As results we can say that this research had relevance because it gave to students a space for reflection about their studies and future professional projects and because it demonstrated that this space can be set up in the school as part of their political-pedagogical project, although there is no specific public policies in the area that bring this obligation. It also was possible to see that the legal framework provided by LDBEN of 1996, which allows the school to diversify part of their curriculum, coupled with a more active attitude of the counselor, can promote a systematic reflection space for the young people be properly prepared for a school-work transition
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.