• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2018.tde-24092018-095935
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Rall Daró
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Isabel Cristina (Presidente)
Brito, Cristina Maria de Souza
Safra, Gilberto
Sei, Maíra Bonafé
Título em português
A influência da tecnologia da informação e da comunicação sobre o vínculo avós e netos, na contemporaneidade: uma contribuição da psicanálise vincular
Palavras-chave em português
Avós
Contemporaneidade
Netos
Psicanálise vincular
TICs
Vínculo
Resumo em português
A contemporaneidade tem como uma de suas principais marcas o excesso de individualismo ou narcisismo. Além disso, traz consigo uma série de transformações nos níveis subjetivo, intersubjetivo, familiar e social, dentre os quais destacamos aqueles sentidos na esfera familiar. O atual avanço tecnocientífico é apontado como um fator de peso nessas transformações, desde o surgimento da televisão até o das mais recentes tecnologias da informação e da comunicação (TICs). Apesar de haver divergências na literatura, frequentemente a população idosa é apontada como prejudicada por esse avanço tecnológico e considerada excluída digital. Ao mesmo tempo, vivenciamos um aumento dessa população e da expectativa de vida, o que levou também a mudanças na função dos avós na família, numa diversidade de possibilidades. Diferentemente da psicanálise tradicional, que teve como foco as dinâmicas envolvidas entre pais e filhos, a psicanálise vincular, referencial aqui elegido, enfatiza aquelas implicadas na dimensão do entre, o que significa uma compreensão sobre a família mais ampla. Investigar se e como a TIC poderia estar influindo sobre o vínculo avós-netos na atualidade, partindo do pressuposto da transmissão psíquica geracional, foi o objetivo desta pesquisa. Para tanto, foi adotado o método clínico-qualitativo e realizadas entrevistas semidirigidas com quatro duplas de avós idosos e netos adolescentes que apresentassem algum contato virtual entre si, totalizando oito participantes; a forma de análise dos dados seguiu o método de estudo de caso. Os resultados encontrados mostraram que cada dupla fazia um determinado uso da TIC entre si, ainda que tenha havido aspectos em comum entre todas ou algumas delas. A inversão geracional e certa desconfiança na comunicação virtual foram duas constantes; bem como a constatação de que o uso que era feito da tecnologia se relacionava com determinadas características da dinâmica de funcionamento psíquico dos sujeitos, do vínculo entre eles ou mesmo da família. Em três duplas observou-se a geração de um efeito paradoxal causado pela interferência da tecnologia, qual seja, o fato de ela propiciar a aproximação entre as partes quando estavam distantes, mas seu afastamento quando estavam juntas, devido ao uso excessivo dela feito pelos netos, que então passavam a dispensar menos atenção aos respectivos avós. Nas duplas entrevistadas, a presença da tecnologia não pareceu comprometer o papel dos avós, uma vez que eles tinham uma posição bastante importante para os seus netos. Para alguns destes últimos, o papel dos avós ainda era visto relativamente a um lugar de saber e de superioridade. Em suma, pôde-se perceber que, em algumas situações, a TIC facilitava o vínculo das duplas e em outras o subtraía, e em outras ainda ela não passava de um mero complemento. Mesmo assim, observou-se que sua influência não tinha mais poder do que o vínculo em si mesmo, este, sim, fator suficiente e determinante para ditar a qualidade da relação da dupla, pelo menos no que se referiu a avós e netos
Título em inglês
The influence of information and communication technology on the bond grandparents and grandchildren, in the contemporary: a contribution of links psychoanalysis
Palavras-chave em inglês
Bonds
Contemporaneity
Grandchildren
Grandparents
ICTs
Links psychoanalysis
Resumo em inglês
Contemporaneity has as one of its main brands the excess of individualism or narcissism. In addition, it brought several transformations on the subjective, intersubjective, family and social levels, among which we highlight those taking place in the family sphere. The current techno-scientific progress is key in these transformations, from the beginning of television to the recent information and communication technologies (ICTs). Although literature may differ, often the elderly population is seen as precluded by this technological advance and considered digitally excluded. On the same token, we experienced an increase in this population and a rise in life expectancy, leading to changes in the role of grandparents in the family, in a diversity of possibilities. Unlike traditional psychoanalysis, which focused on the dynamics between parents and children, the links psychoanalysis, referential chosen for this work, emphasizes the dynamics involved in the "between" dimension, implying a broader understanding about the family. The objective of this research was to investigate whether and how ICT could be influencing the link between grandparents and grandchildren in the current generation, based on the theory of the generational psychic transmission. For this purpose, the clinical-qualitative method was applied and semi-structured interviews were done with eight participants, consisting of four pairs of elderly grandparents and their adolescent grandchildren, both having virtual contact between them; the form of data analysis followed the case study method. The results showed that each pair made a particular use of ICT among themselves, although there have been aspects in common among all or some of them. The inversion of generations and a lack of trust in virtual communication were two constants, as well as the finding that the use of technology was related to certain characteristics of the subjects' psychic dynamics, the relation between themselves or even the family. In three of the pairs a "paradoxical effect" was observed, being caused by the interference of technology, as it would bring the parties closer when they were distant, but set them apart when they were together, due to the excessive use of it by the grandchildren, who then paid less attention to their grandparents. For the interviewed pairs, the presence of technology did not seem to jeopardize the role of grandparents, since they held a very important position for their grandchildren. For some of the latter, the role of the grandparents was still seen as one of knowledge and superiority. In short, it was possible to perceive that in some situations ICT facilitated the bonding process between the pairs, while for others it would prejudice it, and even for some it was only a mere complement. Even so, it was noted that their influence had no more power than the bond in itself, factor sufficient and determinant to dictate the quality of the relationship between the pairs, at least when it comes to grandparents and grandchildren
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
daro_corrigida.pdf (2.14 Mbytes)
Data de Publicação
2018-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.