• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2018.tde-18042018-095218
Documento
Autor
Nome completo
Clarice Pimentel Paulon
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Dunker, Christian Ingo Lenz (Presidente)
Bairrao, Jose Francisco Miguel Henriques
Baldini, Lauro José Siqueira
Beividas, Waldir
Milán-Ramos, José Guillermo
Título em português
Introduzindo o conceito de narrativa em psicanálise: sobre um operador comparativo para o estudo de casos clínicos
Palavras-chave em português
Caso Clínico
Discurso
Método
Narrativa
Transferência
Resumo em português
O intuito desta tese é introduzir a narrativa como operador comparativo para o estudo de casos clínicos. Partimos do princípio de que a psicanálise, ao longo da história, construiu e reformulou seus conceitos através da articulação entre o método clínico e as práticas psicoterapêuticas, produzindo uma experiência narrativa: uma modalidade da linguagem que articula discurso e história. Entendemos que a construção dessa experiência só foi possível devido às mudanças paradigmáticas pelas quais a psicanálise passou, reformulando constantemente seus métodos de observação, intervenção e racionalidade. A narrativa, como um procedimento das teorias práticas que não exclui a história de sua formalização, seria o operador principal para indicarmos essas transformações paradigmáticas que, na tese, são apresentadas a partir da análise da construção de três casos clínicos freudianos (Dora, Homem dos Ratos e Schreber) e das Entrevistas com Pacientes de Lacan, realizadas no Sainte-Anne. Essa análise, realizada de forma interdisciplinar, apresenta, nos casos freudianos, a relação entre literatura, teoria e história para a construção do caso e seus movimentos transformativos. Nas entrevistas de paciente temos a articulação de distintos materiais para a realização das mesmas (prontuários, entrevistas anteriores realizadas por médicos, anamneses e passagens por outras instituições), os quais são utilizados por Lacan para narrativizar o discurso trazido pelo paciente, articulando as relações entre o público e o privado (ou intimidade), dando, assim, coerência e transmissão da experiência a esses discursos. Neste sentido, enquanto em Freud temos o caso clínico como função de transmissão e construção teórica, nas Entrevistas de Pacientes de Lacan temos a narratividade como elemento de intervenção terapêutica com a apresentação da linguagem como método e objeto em psicanálise. Tanto em Freud quanto em Lacan, essas operações só se tornaram possíveis devido à articulação entre linguagem e transferência, o que torna o caso clínico uma escrita de prova das relações entre o necessário, o possível, o impossível e o contingente na psicanálise
Título em inglês
Introducing the concept of narrative in psychoanalysis: a methodological operator for the studies of clinical cases
Palavras-chave em inglês
Clinical Case
Discourse
Method
Narrative
Transference
Resumo em inglês
he purpose of this thesis is to introduce narrative as a comparative operator for the study of clinical cases. We assume that psychoanalysis, throughout history, has constructed and reformulated its concepts through the articulation between the clinical method and the psychotherapeutic practices, producing a narrative experience: a modality of language that articulates discourse and history. We understand that the construction of this experience was only possible due to the paradigmatic changes that psychoanalysis has undergone, constantly reformulating its methods of observation, intervention and rationality. The narrative, as a procedure of practical theories that does not exclude the history of its formalization, would be the main operator to indicate these paradigmatic transformations that, in the thesis, are presented from the analysis of the construction of three Freudian clinical cases: Dora, Rat Man and Schreber and of the Interviews with Patients of Lacan, that took place in the Sainte-Anne hospital. This analysis, carried out in an interdisciplinary way, presents, in Freudian cases, the relation between literature, theory and history for the construction of the case and its transformative movements. In the patients interviews we have the articulation of different materials for the interviews: records, previous interviews by doctors, anamneses and passages by other institutions that are used by Lacan to narrate the discourse brought by the patient, articulating the relations between the public and the private (or intimacy), thus providing coherence and transmission of experience to these discourses. In this sense, while in Freud we have the clinical case as a function of transmission and theoretical construction, in the Interviews of Patients of Lacan we have the narrativity as an element of therapeutic intervention with the presentation of language as method and object in psychoanalysis. In both Freud and Lacan, these operations were only made possible by the articulation between language and transference, which makes the clinical case a proof of the relations between the necessary, the possible, the impossible and the contingent in psychoanalysis
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
paulon_corrigida.pdf (1.66 Mbytes)
Data de Publicação
2018-04-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.