• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2014.tde-17032015-152454
Documento
Autor
Nome completo
Emerson Figueirêdo Simões Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Meyer, Sonia Beatriz (Presidente)
Banaco, Roberto Alves
Perez, William Ferreira
Título em português
Manejo de metáforas em psicoterapia analítico-comportamental
Palavras-chave em português
Ansiedade
Comportamento verbal
Delineamento experimental de caso único
Metáforas
Pesquisa de processo
Teoria das molduras relacionais
Terapia analítico-comportamental
Resumo em português
O entendimento do comportamento verbal (ou simbólico) e sua aplicação aos problemas comportamentais é importante para a análise clínica do comportamento pelo fato de o comportamento verbal humano ser pervasivo. Ou seja, humanos, ao serem verbalmente capazes, interagem com o ambiente, e processos verbais se tornam uma fonte de regulação comportamental. Considerando a psicoterapia como eminentemente verbal, entende-se como necessário a condução de pesquisas que abordem a complexidade do comportamento verbal no ambiente terapêutico. Embora metáforas, uma forma de intervenção verbal, tenham sido utilizadas por terapeutas analítico-comportamentais, nem sempre são claras as vantagens ou elucidados os efeitos que tal manejo traria. Esta pesquisa investigou, num delineamento experimental de caso único A-B-A-B na clínica, os efeitos do manejo de metáforas orientadas para valores na psicoterapia analítico-comportamental em um cliente com queixas ligadas à ansiedade. Os resultados foram comparados e correlacionados da categorização das sessões segundo o SiMCCIT - Sistema Multidimensional para a Categorização de Comportamentos na Interação Terapêutica e a qualidade das relações estabelecidas pelo cliente, com os resultados do EAS-40 e do BAI. Sugere-se que o manejo de metáforas evocou um estabelecimento de relações maior por parte da cliente no momento em que metáforas eram manejadas, embora os dados sejam pouco conclusivos. O uso de observações repetidas e contínuas, a avaliação da linha de base e o critério de estabilidade nesta e para as mudanças nas fases, assim como a replicação direta, permitiram demonstrar confiabilidade e contribuíram para a validade interna da pesquisa
Título em inglês
Not informed by the author
Palavras-chave em inglês
Anxiety
Behavior therapy
Metaphor
Psychotherapeutic processes
Relational frame theory
Single-case experimental design
Verbal behavior
Resumo em inglês
The understanding of verbal (or symbolic) behavior and its application to behavioral problems is important for the clinical behavior analysis due to verbal behavior pervasiveness. While being able to verbally interact with the environment, humans verbal and cognitive processes become a source of behavioral regulation. As psychotherapy is considered eminently verbal, it is understood as necessary conduct researches that address the complexity of verbal behavior in this context. Although metaphors, a form of verbal intervention, are being used by behavioral therapists, advantages or effects of the management of them would bring are not always clear. This research investigated, in a single case ABAB experimental design, the effects of the management of oriented values metaphors in a behavior therapy on a client with complaints related to anxiety. The results were compared and correlated with the categorization of sessions using the SiMCCIT, the quality of the relations established by the client on then, and the results of the EAS-40 and BAI. It is suggested that the management of metaphors evoked a greater establishment of relations by the client at the time that metaphors were handled, although the data are still inconclusive. The use of repeated and continuous observations, the evaluation of the baseline and the stability criteria on this and in the changes of the phases, as well as direct replication, have demonstrated reliability and contributed to internal validity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
simoes_corrigida.pdf (1.63 Mbytes)
Data de Publicação
2015-03-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.