• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2015.tde-12112015-155031
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Tadeu Gabriel Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Tardivo, Leila Salomao de La Plata Cury (Presidente)
Gil, Claudia Aranha
Miura, Paula Orchiucci
Título em português
O ensino de psicopatologia: a concepção de doença mental e reflexões a partir da experiência prática
Palavras-chave em português
Distúrbios mentais
Ensino da psicologia
Procedimento de desenhos-estória com tema
Psicopatologia
Representação social
Resumo em português
Esse trabalho teve como objetivo explorar como se dá a experiência de estudantes de Psicologia em seu primeiro contato com pessoas com sofrimento mental, tendo para isso base teórica e prática de estágio, em disciplina introdutória da área de Psicopatologia; e, ao mesmo tempo, refletir sobre a influência dessa experiência na concepção dos alunos sobre o tema. Na Introdução teórica, são apresentadas uma trajetória da história frente à doença mental e a construção dos atuais dispositivos da Rede de Atenção Psicossocial brasileira. Discute-se a importância do contato com o outro para o reconhecimento de si mesmo e da realidade como determinantes para o enfrentamento de uma possibilidade de ruptura de si e da realidade. Aborda-se, assim, a concepção do aluno sobre a loucura e a descrição da proposta de estágio central a este trabalho, que busca trazer um modelo inovador de introdução dos alunos ao tema e à prática em saúde mental. Para dar conta dos objetivos, foi aplicado o procedimento Desenho-Estória com tema (DE-t) em 63 estudantes e refletiu-se acerca do acompanhamento semanal de um grupo de 6 (seis) estagiários em atendimentos a um usuário de um centro de atenção psicossocial. Foram realizadas entrevistas anteriores e posteriores o período da prática, recolhendo-se, também, relatos escritos sobre cada atendimento, realizando-se a análise do discurso desse material. Apresentam-se as análises e as discussões dos DE-t, das entrevistas iniciais, dos relatórios semanais produzidos e, por fim, das entrevistas realizadas após o fim da experiência. Os resultados mostram a sucessiva aproximação do aluno com a doença mental, tornando-a concreta. A concepção inicial indicava o doente mental como violento, triste, angustiado frente à existência e com pouco contato com a realidade. Com o tempo, a distância e o pouco conhecimento sobre o tema foram mudando, sendo que os alunos puderam tomar contato com a realidade do usuário e das instituições. Destacou-se, ainda a ambiguidade entre a disponibilidade do aluno e as angústias do contato desses alunos com a doença mental. Ao final desse percurso, pôde-se observar o êxito do objetivo proposto, ao relatar-se a trajetória desses estudantes diante da doença mental, as mudanças em sua forma de conceber e disponibilizar-se a essa relação, mostrando-se a importância do paralelo entre teoria e prática no ensino de Psicopatologia
Título em inglês
The teaching of psychopathology: the conception of mental disorder and reflections based on practical experience
Palavras-chave em inglês
Mental disorders
Psychology education
Psychopathology
Social representation
Thematic drawing and story procedure
Resumo em inglês
This work aims to explore how students of Psychology experience their first contact face to people with mental disorder, through the theoretical teaching and the participation in a traineeship part of an introductory class of Psychopathology, and how this experience influences their comprehension of this theme. On the introductory chapter, a historical trajectory of the theme of madness is followed to present the construction of the current provisions of the Brazilian Psychosocial Care Network and to discuss the place of madness for the subject and the importance of contact with others for recognition of the self and reality as determinants to face a possibility of rupture of self and reality. It is approached, then, the formulation of this student about the madness and the description of the traineeship proposal, central to this study that brings an innovative model for introducing students to this subject and practice in mental health. Aiming this objectives, the thematic drawing and story procedure (DE-T) was applied in 63 students and, face to the weekly monitoring of a group of six trainees in care offered to an user of a psychosocial care center, interviews were conducted before and after the period of practice. It was also gathered the written reports on each session, performing the discourse analysis of the material. Initially, it is analyzed and discussed the DE-t, followed by the analysis of the initial interviews, the weekly reports produced and, finally, the interviews after the end of the course. The results indicate that a successive approximation of the student with mental disorders making it concrete. This initial image indicated the mentally ill as violent, sad, anguished face to existence and with little contact with reality. Over time, this distance and the little knowledge about the theme changed, and those students were able to have contact with the reality of the patient, and of the institution. Stands out, as well, the ambiguity between the availability of the student and the anxieties of this contact with mental disorder. At the end of this journey was possible to observe the success of the proposed objective in reporting the course of these students approaching of the mental disorder, changes of their conception, and being available to this relationship, showing the importance of the parallel between theory and practice in psychopathology teaching
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
gabriel_corrigida.pdf (436.70 Kbytes)
Data de Liberação
2017-11-16
Data de Publicação
2015-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.