• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2015.tde-08052015-153617
Documento
Autor
Nome completo
Victor Mangabeira Cardoso dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Meyer, Sonia Beatriz (Presidente)
Clemente, Claudia Kami Bastos Oshiro
Conte, Fatima Cristina Souza
Kanter, Jonathan William
Silva, Alessandra Turini Bolsoni
Título em português
Efeitos da sinalização de intervenções na psicoterapia analítica funcional
Palavras-chave em português
Análise comportamental aplicada
Delineamento experimental de caso único
Psicoterapia analítica funcional
Relação terapêutica
Resumo em português
A Psicoterapia Analítica Funcional (FAP) baseia-se no behaviorismo radical e propõe como mecanismo de mudança a modelagem de comportamentos clinicamente relevantes (CCR) na interação terapêutica. Diversas pesquisas tem comprovado a eficácia desse mecanismo de mudança, porém um estudo detalhado das variáveis envolvidas nessa modelagem se faz necessário. Nesse sentido, o presente estudo teve como objetivos verificar os efeitos sobre os CCRs produzidos por dois tipos de intervenções: FAP não sinalizada (FAPNS) e FAP sinalizada (FAPS), e comparar essas intervenções com intervenções analítico comportamentais com foco em análise de contingências externas à terapia (ACE). As intervenções FAPNS consistiram na modelagem de CCRs na interação terapêutica. Já as intervenções FAPS, além da modelagem continham as seguintes variáveis: 1. sinalização e descrição pelo terapeuta da ocorrência de CCRs na interação com o cliente; 2. descrição do terapeuta ao cliente do impacto que os CCRs produzem nele (com relação a sentimentos, pensamentos, etc.); e 3. paralelos realizados pelo terapeuta dos comportamentos do cliente em sessão e fora dela.. Foi utilizado um delineamento intra-sujeito de reversão, de tratamentos múltiplos (A1 B1 A2 C1 A3 B2 A4 C2 A5) para estudar os efeitos dessas intervenções em dois clientes com problemas em relacionamentos interpessoais. A ordem de apresentação das fases foi alternada para cada participante. As sessões foram filmadas e analisadas utilizando o instrumento Functional Analytic Psychotherapy Rating Scale FAPRS. Foram analisadas 27 sessões de cada participante. Os resultados corroboram que a modelagem dos CCRs é o mecanismo de mudança na FAP, visto que os CCRs2 aumentaram de frequência e os CCRs1 diminuíram nas fases em que a FAPS ou FAPNS foram introduzidas. Com o delineamento utilizado conseguimos observar as reversões nas frequências de CRBs nas mudanças entre as fases FAP e ACE. Não foram encontradas diferenças evidentes entre as duas formas de intervenção, FAPS e FAPNS, indicando que a modelagem ocorre quando o terapeuta apresenta a consequência adequada aos CCRs, independente da descrição dos comportamentos
Título em inglês
Effects of signalizing interventions in functional analytic psychotherapy
Palavras-chave em inglês
Applied behavioral analysis
Functional analytic psychotherapy
Single case experimental design
Therapeutic relationship
Resumo em inglês
Functional Analytic Psychotherapy (FAP) is based on radical behaviorism and proposes that the shaping of clinically relevant behavior (CRB) is the instrument of behavioral change. Many researches demonstrated this mechanism, but a detailed analysis of the variables is necessary. The objective of this research was to study the effects of two different FAP interventions on CRBs: Non-signalized FAP Interventions (FAPNS) and signalized FAP interventions (FAPS), and compare those interventions with sessions of behavioral psychotherapy, with focus on analysis of contingencies external to therapy (ACE). FAPNS interventions consist of shaping the client´s behavior throughout the course of therapeutic interaction. FAPS interventions, in addition to shaping CRBs during therapeutic interaction, contain the following variables: 1) signaling and description by the therapist of the occurrence of CRBs during the interaction with the client, 2) description of the CRBs impact on the therapist (e.g., the therapists feelings, thoughts, etc., produced by the clients CRBs), and 3) description of parallels between CRBs and the clients behavior outside therapeutic setting. We used a within-subject withdrawal design with multiple treatments (A1 - B1 - A2 - C1 - A3 - B2 - A4 - C2 - A5) to study those variables in two clients with interpersonal relationship problems. We controlled the order of presentation of each phase for the participants. The sessions were filmed and then coded using the Functional Analytic Psychotherapy Rating Scale-FAPRS. 27 sessions of each participant were analyzed. The results show that the shaping process of CRBs is the main mechanism of change in FAP since the CRBs 2 increased while the CRBs 1 decreased during FAPS and FAPNS phases. We observed the reversion of CRBs frequencies between FAP and non FAP phases (ACE), but we did not find differences between FAPS and FAPNS interventions. This indicates that the shaping process of CRBs occur when the therapist presents the precise consequences for each CRBs, even if the consequences do not include the description of the behaviors that take place between therapist and client
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2017-06-10
Data de Publicação
2015-06-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.