• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2012.tde-07022013-101626
Documento
Autor
Nome completo
Laura Fernandes Merli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Isabel Cristina (Presidente)
Sei, Maíra Bonafé
Souza, Audrey Setton Lopes de
Título em português
Quando a parentalidade surge antes que a conjugalidade
Palavras-chave em português
Conjugalidade
Família
Parentalidade
Psicanálise
Transmissão psíquica
Resumo em português
Na contemporaneidade o modelo tradicional de família cede lugar a múltiplos arranjos familiares, que vêem sendo aceitos e legitimados pela sociedade. Observa-se uma família contemporânea, que sofre com alto número de divórcios e a permanência de uma necessidade das pessoas em continuarem se relacionando. A parentalidade e a conjugalidade encontram-se dissociadas e os papéis feminino e masculino permitem diferentes variações. Esta pesquisa teve como objetivo compreender o estabelecimento da conjugalidade a partir de uma gravidez, buscando refletir acerca da possibilidade de estruturação de um vínculo de casal na interface com o parental, bem como, das influências da transmissão psíquica familiar neste tipo de formação conjugal. Para tanto, a amostragem foi constituída por quatro casais na faixa etária dos 25 aos 35 anos, que estavam casados legalmente ou vivendo juntos por um período mínimo de três anos e máximo de oito anos, relações estas precedidas e determinadas pela concepção do primeiro filho. A metodologia aplicada foi da pesquisa clínico-qualitativa proposta por Turato. Os dados foram coletados através de um roteiro de entrevistas semi-dirigidas e gravadas. Os resultados apontaram a presença de dificuldades na construção e vivência de uma conjugalidade plena e independente da parentalidade, observando-se uma identidade conjugal enfraquecida, em detrimento do exercício da função parental. As famílias de origem exerceram grande influência na estruturação e manutenção da dinâmica conjugal e familiar, os filhos ocuparam o papel de mediadores e mantenedores da conjugalidade, impedindo a construção de um espaço de intimidade do casal, denotando para a impossibilidade dos mesmos em se depararem diretamente com o outro da relação e, por assim dizer, constituírem uma conjugalidade propriamente dita. Acredita-se que a constituição do vínculo conjugal tenha por função manter recalcado a impossibilidade de saírem da posição de filhos e tornarem-se sujeitos de si. Concluiu-se que os participantes da pesquisa, por encontrarem-se ainda muito determinados pelas famílias de origem, reproduzem o modelo tradicional de família sem a possibilidade de exercerem a criatividade permitida pelos novos arranjos contemporâneos
Título em inglês
When parentality comes before conjugality
Palavras-chave em inglês
Conjugality
Family
Parentality
Psychic transmission
Psychoanalysis
Resumo em inglês
In contemporary times the traditional family model yields to different family structures, which have been accepted and legitimized by society. A contemporary family can be observed, suffering from a high number of divorces and the permanence of peoples need to continue relating. The conjugality and parentality are dissociated and the female and male roles allow different variations. This research aimed to understand the establishment of conjugality based on a pregnancy, trying to reflect on the possibility of structuring a satisfactory couple bond at the interface with the parental as well as the influences of family psychic transmission in this type of marital formation. The sample was composed of four couples aged 25 to 35, who were legally married or living together for a minimum period of three years and a maximum of eight years; these relations were preceded and determined by the conception of the couples first child. The methodology used was the clinical-qualitative research proposed by Turato. The data was collected through a script of semi-structured interviews recorded. The results indicated the presence of difficulties in building and living a conjugality full and independent of parentality, observing a weakened marital identity rather than the exercise of parental function. The families of origin exercised great influence on the structuring and maintenance of marital and family dynamics; the children took on the role of conjugality mediators and supporters, preventing the construction of an intimate space for the couple, showing their impossibility to face directly each other in the relationship, in other words, constituting a conjugality itself. It is believed that the constitution of the marital bond had a function to repress the impossibility of leaving the position of children and becoming subjects themselves. It has been concluded that the research participants, because they still keep themselves very determined by the families of origin, reproduce the traditional family model excluding the possibility of exercising the creativity allowed by contemporary models
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
merli_corrigida_me.pdf (958.48 Kbytes)
Data de Publicação
2013-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.