• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2016.tde-07012016-153153
Documento
Autor
Nome completo
Luan Flávia Barufi Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Bertolla, Márcia Helena da Silva Melo (Presidente)
Miyazaki, Maria Cristina de Oliveira Santos
Salvo, Caroline Guisantes De
Silvares, Edwiges Ferreira de Mattos
Soares, Maria Rita Zoéga
Título em português
Programa de prevenção seletiva de orientação a pais de crianças com crises de sibilância
Palavras-chave em português
Asma
Psicologia preventiva
Relacoes pais-crianca
Resumo em português
A asma e a doenca respiratoria cronica de maior ocorrencia no Brasil. Em criancas menores de cinco anos ainda nao e possivel diagnostica-la, mas alguns sintomas, tais como crises de sibilancia, sao indicativos de que estas criancas podem desenvolver asma. A presenca de problemas cronicos de saude na infancia pode representar um importante fator de mediacao da qualidade da interacao cuidador-crianca, pois a rotina da familia e marcada por permanentes cuidados. A Psicologia, neste contexto, pode contribuir por meio do desenvolvimento e implementacao de intervencoes preventivas que ajudem estas familias a enfrentar os eventos estressores influenciados por essa condicao. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos de um programa de orientacao parental, com enfoque preventivo para problemas de comportamento infantis, sobre as praticas educativas empregadas por cuidadores cujas criancas apresentavam crises de sibilancia. Foram participantes 19 pais, divididos em dois grupos: Grupo Tratamento (GT), composto de oito pais, e Grupo Comparacao (GC), constituido de onze pais. Os participantes foram recrutados em quatro locais de assistencia a saude infantil no municipio de Sao Paulo/SP e foram abordados para participar da pesquisa pessoalmente, por contato telefonico ou por cartas enviadas pelo correio. Os instrumentos de avaliacao utilizados foram: Adult Self-Report (ASR); Inventario de Comportamentos para Criancas entre 1 . a 5 anos (CBCL/1.-5) e Roteiro de Entrevista de Habilidades Sociais Educativas Parentais (RE-HSE-P). O GT participou do Programa de Orientacao Parental (POP); ambos os grupos foram avaliados em dois momentos: pre e pos-intervencao; os participantes do GC receberam orientacoes pontuais apos o termino da intervencao com o GT. O POP foi estruturado em 10 sessoes, semanais, de 90 minutos cada. Os resultados indicaram que os participantes apresentaram escores elevados para problemas de comportamento (ASR), especificamente do tipo internalizante, sendo que os pais do GT apresentaram mais escores considerados clinicos do que os do GC; os pais de ambos os grupos reportaram escores elevados de problemas de comportamento em seus filhos (CBCL), principalmente do tipo internalizante, observando-se uma reducao destes escores na avalicao pos-intervencao na comparacao dos grupos com eles mesmos e nao entre os grupos. Os cuidadores participantes do POP apresentaram melhora das habilidades educativas nos aspectos positivos da interacao, condicao que nao foi notada no GC, pois dentre estes participantes os escores permaneceram estaveis, sendo que tal melhora foi estatisticamente significativa nas habilidades sociais educativas (p = 0,043). Nos aspectos negativos da interacao, o GT apresentou diminuicao estatisticamente significativa no uso de praticas negativas, principalmente em termos de frequencia (p = 0,019); o GC tambem apresentou reducao da aplicacao de praticas negativas, porem esta reducao nao foi tao expressiva quanto a do GT. Os pais do GT foram avaliados novamente seis meses apos o termino da intervencao, participaram de uma sessao de fortalecimento e os resultados obtidos permaneceram estaveis. Os resultados do estudo indicam que o POP e uma intervencao que pode auxiliar as familias, cujos filhos apresentem problemas cronicos de saude na infancia, no manejo das dificuldades decorrentes desta condicao adversa
Título em inglês
Selective prevention program of guidance to parents of children with wheezing attacks
Palavras-chave em inglês
Asthma
Parent child relations
Preventive psychology
Resumo em inglês
Asthma is the most frequent chronic respiratory disease in Brazil. In children under five years of age, it cannot be diagnosed, but some symptoms, such as wheezing attacks, are indications that these children may develop asthma. The presence of chronic health problems during childhood may be an important mediating factor of the caregiver-child interaction quality, because it marks the family routine with permanent care. Psychology, in this context, can contribute by developing and implementing preventive interventions to help these families facing the stressful events influenced by this condition. The aim of this study was to evaluate the effects of a parental guidance program, using a preventive approach to child behavior problems, on educational practices employed by caregivers of children that presented wheezing attacks. The sample was composed by 19 parents, divided into two groups: Treatment Group (TG), with eight parents, and Comparison Group (CG), with eleven parents. Participants were recruited by telephone or mail in four childrens health care facilities located in Sao Paulo/SP. Assessment tools used were: Adult Self-Report (ASR); Child Behavior Checklist for Ages 1.-5 (CBCL/1.-5) and Parental Educative Social Skills Interview Script (RE-HSE-P). TG participated of the Parental Guidance Programme (PGP); both groups were assessed pre and post-intervention; CG received specific orientations after the post-intervention assessment. The PGP had 10 weekly sessions, lasting 90 minutes each. Results indicated that participants reached high scores for behavioral problems (ASR), specifically on the internalizing scale, and that TG parents had more scores in the clinical range than CG parents. Parents of both groups reported that their children presents high level of behavioral problems (CBCL), mainly of the internalizing type. Problems levels were reduced on the post-intervention assessment when comparing the group within itself, but not on the between groups comparison. On the interaction positive aspect (RE-HSE-P), TG caregivers showed improvement of educational skills, while CG caregivers presented stable educational skills scores. This difference was statistically significant (p = .043). Considering the interaction negative aspects, TG showed a statistically significant decrease in the use of negative practices, especially in terms of frequency (p = .019); CG also declined the use of negative practices, but this reduction was not significant. TG parents participated in a recapitulation session six months after the end of the intervention and were assessed again, presenting stable results. These findings indicate that PGP is an intervention that can help families whose children present chronic health problems on handling difficulties that arise from these adverse conditions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
fernandes_do.pdf (3.41 Mbytes)
Data de Publicação
2016-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.