• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Déa Bertran Munhoz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Isabel Cristina (Presidente)
Bertuol, Carla
Heilborn, Maria Luiza de Amorim
Oliveira, Danielly Passos de
Paiva, Maria Lucia de Souza Campos
Título em português
A constituição do vínculo e o legado familiar heteronormativo em casais homossexuais longevos, femininos e masculinos
Palavras-chave em português
Casamento gay
Heteronormatividade
Psicanálise vincular
Teste de Apercepção Temática (TAT)
Transmissão psíquica
Resumo em português
Este Doutorado teve como objetivo o entendimento sobre a construção da conjugalidade homossexual feminina e masculina, a partir da eleição de casais longevos, com mais de vinte anos de relacionamento. A partir de coleta de dados por meio de entrevista semidirigida com o casal, acrescida da aplicação de pranchas previamente selecionadas do teste projetivo TAT (Teste de Apercepção Temática), individualmente, sob o método clínico-qualitativo, foram analisados quatro casais, dois masculinos e dois femininos, com e sem filhos vindos de relação heterossexual anterior, sob a perspectiva da psicanálise vincular. Os resultados apontaram para casamentos românticos, com vínculos protetivos e de afeto, porém com influências pós-modernas no que diz respeito ao fato de estarem juntos somente pelo desejo, com flexibilização das performances de gênero e democratização das relações. Os quatro casais demonstraram empenho na construção e manutenção do vínculo conjugal e harmonia no convívio, ressaltando a singularidade de cada um. Esses casais concretizaram suas relações amorosas em uma época não permissiva e patologizante da homossexualidade, fazendo uso do disfarce e da vida dupla como estratégia de sobrevivência, atitude presente ainda na vida de dois dos quatro pares. Essa característica em particular pode fazer com que casais gays necessitem de maiores espaços de fusionamento do que os heterossexuais, para que possam se fortalecer ante os desconfortos sociais pelos quais passam - principalmente os que têm filhos de uniões heterossexuais anteriores. Neste caso, além da própria separação, há também o confronto com a orientação sexual do ex-parceiro. Somente um casal de homens havia se casado legalmente, por temor aos bens conquistados frente aos filhos de um deles; o de mulheres com filho também havia legitimado a relação com União Estável e testamento. Os dois casais sem filhos não haviam providenciado nenhuma legitimação e nem estavam preocupados com isso. A herança heteronormativa que receberam foi adaptada aos seus estilos de vida, embora não tenha havido um espaço familiar e social a ser ocupado a homossexualidade e a homoconjugalidade, embora vistas, são ainda muitas vezes não-nomeadas ou reconhecidas. Não houve referências a traições, sendo que os filhos foram os deflagradores de crises em dois dos casais, ambas superadas. Os resultados alcançados confirmam a teoria psicanalítica vincular no sentido de enfatizar o conceito de alteridade, entre um e outro, como base para a compreensão desse tipo de conjugalidade
Título em inglês
The constitution of bonding and the heteronormative familys legacy among homosexual long-lived female and male couples
Palavras-chave em inglês
Gay marriage
Heteronormativity
Linkage psychoanalysis
Psychic transmission
Thematic Apperception Test (TAT)
Resumo em inglês
This Doctoral thesis aimed to understand the construction of female and male homosexual conjugality by selecting long-lived couples, with more than twenty years of relationship. Based on data collection through semi-structured interviews with the couples and the use of previously selected cards of the projective measure TAT (Thematic Apperception Test), under the clinical-qualitative method, four couples - two male and two female, with and without children from previous heterosexual relationships - were analyzed under the perspective of linkage psychoanalysis. Results point to romantic marriages, with protective and emotional bonds, but under post-modern influence based on the fact they are together only by their desire, with flexibility of the gender performances and democratization of the relations. The four couples demonstrated a commitment to building and sustaining the conjugal bond as well as coexisting in harmony, highlighting the individuality of each one. These couples materialized their love relationships at a nonpermissive and pathologizing time for homosexuality, using disguises and double lives as a strategy for survival, an attitude still present in the lives of two out of the four couples. This characteristic, in particular, may lead a gay couple to need bigger spaces of fusioning when compared to heterosexual couples, so that they can strengthen themselves in the face of the social discomfort which they go through particularly the ones who have kids from previous heterosexual relationships. In this case, in addition to the divorce itself, there is also the confrontation related to the sexual orientation of the ex-partner. Only one couple of men had legally married due to the fear of losing the assets acquired to the children of one of them; the couple of women with a child had also legitimated their relationship through common-law marriage and testament. Both couples without children hadnt sought any type of legal legitimacy nor were worried about it. The heteronormative heritage they received was adapted to their lifestyles, although there hadnt been a family and social place to be occupied homosexuality and homo-conjugality, while seen, are often not named nor recognized. There were no references to betrayals, although, among two of the couples, the children had been the triggers of already overcome crises. The findings confirm the linkage psychoanalysis theory, which emphasizes the concept of otherness, between one and another, as a basis to comprehend this type of conjugality
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.