• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2014.tde-30032015-091900
Documento
Autor
Nome completo
Thiago Leiros Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Ventura, Dora Selma Fix (Presidente)
Brunoni, André Russowsky
Costa, Marcelo Fernandes da
Gualtieri, Mirella
Souza, Givago da Silva
Título em português
Efeitos da estimulação transcraniana por corrente contínua sobre o processamento visual básico
Palavras-chave em português
Estimulação transcraniana por corrente contínua
ETCC
Mecanismos de ação
Vias visuais
Visão de cores
Resumo em português
A Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (ETCC) é um método para modulação não-invasiva da atividade cerebral que vem sendo amplamente utilizado na pesquisa clínica e na investigação da relação complexa entre comportamento e atividade cerebral. Por outro lado, os efeitos da ETCC sobre o desempenho visual ainda foram pouco estudados, e a especificidade de vias visuais e funções afetadas pela estimulação não foi investigada. É fundamental elucidar tais questões antes de propor aplicações clínicas adequadas da ETCC na reabilitação visual. Aqui, utilizamos testes psicofísicos e eletrofisiológicos sensíveis a alterações em diferentes vias e grupos de células do sistema visual para avaliar os efeitos da ETCC. Realizamos experimentos em voluntários saudáveis e um modelo animal. Nos experimentos em humanos, os participantes receberam ETCC anódica, catódica e placebo (Oz-Cz, 0,06mA/cm2) em sessões distintas. (1) Para testar a visão de cores, utilizamos Cambridge Colour Test (CCT) e uma tarefa de contraste de cores com grade senoidal verde-vermelho. No CCT a ETCC anódica aumentou a sensibilidade no eixo tritan (p<0,001) e não teve efeito sobre a sensibilidade nos eixos protan e deutan. ETCC catódica diminuiu a sensibilidade no eixo deutan e aumentou a sensibilidade no eixo tritan. Os efeitos retornaram à linha de base após 15 min. (2) Para testar visão de acromática utilizamos testes psicofísicos de sensibilidade ao contraste de grades e Pedestal--Pedestal. Utilizamos também Potencial Visual Evocado de Varredura (PVEv) para contraste e acuidade de Vernier. ETCC não afetou sensibilidade ao contraste psicofísica ou os limiares de Vernier ou contraste medidos com PVEv. ETCC anódica aumentou significativamente limiares para decremento do pedestal apenas nas respostas mediadas pela via magnocelular. Para o PVEv de contraste, ETCC catódica aumentou amplitude da resposta supralimiar para 0,5cpg e diminuiu para 4cpg sem afetar as respostas para 16cpg. ETCC catódica aumentou a fase para 4cpg e diminuiu para 16cpg. Houve efeito significativo da ETCC catódica e anódica sobre resposta supralimiar de Vernier. (3) Para avaliar os efeitos sobre o campo visual utilizamos os protocolos 10-2 e 60-4 do campímetro Humphrey. A ETCC só afetou significativamente o desempenho sobre os pontos mais excêntricos medidos com o campímetro, aumentando a sensibilidade. Ainda, resultados anteriores da literatura não foram replicados. O efeito diferencial da ETCC catódica sobre a sensibilidade tritan, deutan e o processamento de diferentes faixas de freqüência espacial sugere que diferentes vias e grupos de células no sistema visual são afetados de maneira distinta pela ETCC. Em geral, os resultados encontrados sugerem que ETCC pode ter um efeito distinto em diferentes grupos de células no córtex visual e assim, é uma ferramenta em potencial para estudar a organização do sistema visual. Além disso, as alterações de latência encontradas sugerem que a ETCC pode levar a alterações funcionais modulando a somação temporal das células 7 estimuladas. Futuros estudos devem levar em consideração possíveis efeitos diferenciais da ETCC em diferentes grupos de células nas áreas estimuladas. (4) No experimento realizado com modelo animal, coelhos albinos receberam ETCC sobre o córtex visual primário. PVE por flashes foram medidos antes e após ETCC. Apenas a ETCC catódica produziu efeitos significativos. Os resultados estão de acordo com a literatura em humanos e foram consistentes para todos os animais. O uso deste modelo possibilitará pesquisas no nível celular e molecular dos efeitos da ETCC sobre o córtex visual
Título em inglês
Not informed by the author
Palavras-chave em inglês
Not informed by the author
Resumo em inglês
Transcranial Direct Current Stimulation ( tDCS ) is a noninvasive brain stimulation method that has been widely used in clinical research and investigations of the complex relationship between behavior and brain activity. Nevertheless, the effects of tDCS on visual performance are still poorly understood and specificity of the visual pathways and functions affected by stimulation was not yet investigated. It is essential to elucidate such issues before proposing appropriate clinical applications of tDCS on visual rehabilitation . Here, we used psychophysical and electrophysiological methods sensitive to changes in different groups of cells and pathways of the visual system to evaluate the effects of tDCS . We conducted experiments in healthy volunteers and an animal model . In human experiments , participants received anodal , cathodal and sham tDCS ( Oz - Cz , 0.06 mA/cm2 ) in separate sessions. (1) To test color vision , we used Cambridge Colour Test ( CCT ) and a color contrast sensitivity task with red-green sinusoidal gratings. Anodal tDCS increased sensitivity in the tritan axis ( p < 0.001 ) and had no effect on the sensitivity in protan and deutan axes . Cathodal tDCS decreased sensitivity in deutan axis and increased sensitivity in the tritan axis. The effects returned to baseline after 15 min. ( 2 ) To test achromatic vision we used psychophysical tests of grating contrast sensitivity and Pedestal - - Pedestal . We also used Sweep Visual Evoked Potential ( PVEv ) for contrast sensitivity and vernier acuity. TDCS did not affect psychophysical of PVEv contrast thresholds. Anodal tDCS significantly increased thresholds for the pedestal decrement only in the magnocellular pathway mediated responses. For PVEv contrast , cathodal tDCS increased to suprathreshold response amplitude to 0.5 cpd and decreased it for 4cpd without affecting responses to 16cpd . Cathodal tDCS increased the phase for 4cpg and decreased it to 16cpg . There was a significant effect of anodal and cathodal tDCS on suprathreshold Vernier responses. (3) To evaluate the effects on the visual field we used the 10-2 and 60-4 protocols of the Humphrey perimeter. tDCS only significantly affected the performance of the most eccentric points measured with the perimeter, increasing sensitivity. Still , previous literature results were not replicated. The opposite effect of cathodal tDCS on the tritan and deutan sensitivity, and in the processing of different spatial frequency bands suggests that different pathways and groups of cells in the visual system are affected differently by tDCS. In general , the results suggest that tDCS may have a different effect on different groups of cells in the visual cortex and thus is a potential tool for studying the organization of the visual system . Furthermore, the change latency encountered suggest that tDCS can lead to functional alterations of the temporal summation in the stimulated cells. Future studies should take into account possible differential effects of tDCS on different groups of cells in the stimulated areas. (4) In the experiment with the animal model, albino rabbits received tDCS over the primary visual cortex . VEP flashes were measured before and after tDCS. Only cathodal tDCS produced significant effects. The results are consistent with the literature in humans and were consistent for all animals . The use of this model will enable research of cellular and molecular mechanisms of tDCS on visual cortex
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
costa_do.pdf (4.63 Mbytes)
Data de Publicação
2015-04-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.