• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2018.tde-09022018-152218
Documento
Autor
Nome completo
Renata Plaza Teixeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1999
Orientador
Banca examinadora
Otta, Emma (Presidente)
Ades, Cesar
Pellegrini Filho, Américo
Título em português
Musa Latrinalis: diferenças sexuais em grafitos de banheiro
Palavras-chave em português
Comportamento psicossexual
Comportamento social
Resumo em português
Grafitos foram coletados (N = 1349) em banheiros de "cursinhos" pré-vestibulares e de uma universidade, localizados em São Paulo (SP). Realizaram-se três estudos com esse material e um estudo exploratório envolvendo a aplicação de questionários em estudantes. O primeiro estudo compreendeu o levantamento de categorias de conteúdo dos grafitos. Não foram encontradas diferenças de gênero significativas na categoria sexo considerada amplamente. O segundo estudo abrangeu o exame dos termos sexuais empregados nos grafitos e o terceiro estudo promoveu a análise das diferentes categorias de conteúdo sexual dessas inscrições. No segundo e no terceiro estudos, predominaram conteúdos anais nos grafitos masculinos dos "cursinhos" e xingamentos sexuais nos grafitos masculinos da universidade, quando comparados com os grafitos produzidos pelas mulheres nesses ambientes. No segundo estudo, também foi observada um alta freqüência de conteúdos hostis nos grafitos masculinos dos "cursinhos". Esses dois estudos apontaram, ainda, maior produção de conteúdos classificados na categoria "elogio sexual" por parte das mulheres que por parte dos homens na universidade. Nos grafitos sexuais agressivos, os homens voltaram sua hostilidade contra homossexuais masculinos e as mulheres, contra prostitutas. Com o objetivo de melhor compreender os aspectos motivacionais da produção de grafitos de banheiro, realizou-se um quarto estudo que envolveu a aplicação de questionários em 83 estudantes. Os resultados foram, em geral, consistentes com os alcançados nos estudos anteriores. Uma grande porcentagem de homens, tanto no segundo grau, quanto na universidade, mencionou sexo e xingamento como tópicos preferidos pelos produtores de grafitos do sexo masculino. Mulheres, especialmente no segundo grau, afirmaram ser o amor um dos temas preferidos pelas próprias mulheres. Na universidade, no entanto, as mulheres mostraram-se menos românticas e... ) apontaram o sexo como sendo o assunto feminino de maior interesse
Título em inglês
not informed by the author
Palavras-chave em inglês
not informed by the author
Resumo em inglês
Graffiti were collected (N=1349) in restrooms from "cursinhos" (secondary school courses that prepare students to get into the university) and from a university, located in São Paulo, SP, Brazil. Three studies were carried out with the data, as well as an exploratory study involving the use of questionnaires. In the first study, graffiti were classified according to 18 content categories for verbal inscriptions and four content categories for the drawings. No significant gender differences were found in terms of frequency of sexual graffiti. The second study included an analysis of the sexual terms used in the graffiti, and the third study involved an investigation of the different categories of sexual content of such inscriptions. In the second and the third studies, there was a greater frequency of anal content among graffiti produced in the male restroom of the "cursinhos" and sexual insults among graffiti produced in the male restrooms of the university, when compared to the production of inscriptions in the female restrooms of those places. A high frequency of hostile graffiti was also found in the male graffiti produced in the "cursinhos". Furthermore, both studies revealed a greater frequency of contents classified as "sexual compliment" produced by women than by men in the university restrooms. Aggressive sexual graffiti revealed that men directed their hostility against male homosexuals and women, against prostitutes. Aiming at the comprehension of motivational aspects involved in the production of restroom graffiti, a fourth study was carried out with the use of questionnaires that were answered by 83 students. Generally, the results were consistent with the ones observed in the other studies. A great percentage of men, in the second grade and at the university, mentioned sex and insults as the male preferred topics. Women, especially in the second grade, stated that love was one of the womens favorite themes. At the university, women appeared to be less romantic and chose sex as the most interesting female subject
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
teixeira_me.pdf (8.25 Mbytes)
Data de Publicação
2018-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.