• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2014.tde-26112014-124343
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Bullara Martins da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Guirado, Marlene (Presidente)
Crochik, Jose Leon
Ortiz, Marta Cristina Meirelles
Título em português
A produção do conceito de narcisismo em Freud: uma análise institucional do discurso
Palavras-chave em português
Análise Institucional do Discurso
Narcisismo
Psicanálise
Sigmund Freud (1856-1939)
Resumo em português
O presente trabalho consiste na realização de uma análise institucional do discurso do texto Introdução ao Narcisismo (Freud, 1914/2010), configurando assim uma pesquisa sobre o conceito de narcisismo que, ao tomá-lo por sua contextualização na obra freudiana, visa a um estudo que considere a especificidade de sua emergência no âmbito institucional da psicanálise e seu impacto no corpo da teoria freudiana. Busca-se, nesse sentido, pensar o narcisismo não apenas em referência ao seu conteúdo como conceito, mas principalmente em referência à sua qualidade de acontecimento no âmbito do pensamento freudiano, de modo que seja possível, a partir do texto em análise: traçar os sentidos adquiridos pelo conceito em relação ao seu contexto de produção e suas condições de possibilidade; procurar os pontos de tensão e ruptura na teoria; problematizar as verdades produzidas em relação àquilo que pretendem responder. Todo o trabalho circunscreve-se no domínio da Análise Institucional do Discurso (Guirado, 2010), a estratégia metodológica que permitiu o levantamento da questãotítulo, que dispõe as hipóteses norteadoras da pesquisa, que delimita os procedimentos de análise. Pela atenção ao contexto que se mostra no texto, ao modo como Freud faz a introdução desse conceito, às interlocuções travadas nessa introdução, as análises puderam configurar o narcisismo: como um saber que parece demarcar fronteiras institucionais ao reiterar, no âmbito da legitimidade da produção de conhecimento psicanalítico, a sexualidade; como um saber que parece instaurar pontos de tensão na teoria freudiana (desde a teoria das pulsões até a concepção de psiquismo e neurose) precisamente pelos efeitos do conceito de narcisismo como modo de enunciação; como um saber que parece introduzir um novo modo de falar/tratar do conceito de pulsão que dá foco aos seus movimentos de direção e localização entre o Eu e o objeto, e não à sua qualidade ou conteúdo , desenhando-se, a partir disso, o narcisismo como ponto de partida e condição de possibilidade de relação, no início da vida, e de formação de uma censura ao Eu real, no decorrer do desenvolvimento; como um saber que, pelas aberturas do discurso de Freud, mostra-se na tensão entre método e verdade
Título em inglês
The production of the concept of narcissism in Freud: an institutional analysis of discourse
Palavras-chave em inglês
Institutional Analysis of Discourse
Narcissism
Psychoanalysis
Sigmund Freud (1856-1939)
Resumo em inglês
This work consists of making an institutional analysis of discourse of the text Introduction to Narcissism (Freud, 1914/2010), thus setting a research on the concept of narcissism that, taking it for its contextualization in Freud's work, aims at a study that considers the specificity of its emergence within the institutional framework of psychoanalysis and its impact on the body of Freudian theory. It seeks, in that sense, to think narcissism in reference not only to its content as a concept, but mostly in reference to its quality of event within the Freudian thought, so that it is possible, from the text analysis: to trace the senses acquired by the concept in relation to its context of production and its conditions of possibility; to look for the points of tension and rupture in the theory; to question the truths produced in relation to what they intended to respond. This work is limited in the field of Institutional Analysis of Discourse (Guirado, 2010), the methodological strategy that enabled the lifting of the question-title, that disposes the guiding hypotheses of the research, that delimits the analysis procedures. By paying attention to the context that is shown in the text, to how Freud introduces this concept, to the interlocutions made in this introduction, the analyses were able to configure the narcissism: as a knowledge that seems to demarcate institutional frontiers by reiterating, at the scope of legitimacy of production of psychoanalytic knowledge, the sexuality; as a knowledge that seems to place points of tension in Freudian theory (from the theory of the drives up to the conception of psyche and neurosis) precisely by the effects of the concept of narcissism as mode of enunciation; as a knowledge that seems to introduce a new way to talk/to deal with the concept of drive that gives focus to its movements of direction and location between the Self and the object, not to its quality or content , in a manner that the narcissism is placed as starting point and condition of possibility to relation, in the beginning of life, and to the formation of a censorship to the real Self, in the course of development; as a knowledge that, by the openings in Freuds discourse, presents itself in the tension between method and truth
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
silva_me.PDF (725.14 Kbytes)
Data de Publicação
2014-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.