• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2019.tde-26022019-122304
Documento
Autor
Nome completo
Miriam Grajew
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Loffredo, Ana Maria (Presidente)
Coelho Junior, Nelson Ernesto
Cromberg, Renata Udler
Delouya, Daniel
Título em português
Amor e ódio no caso clínico do Homem dos Lobos
Palavras-chave em português
Ambivalência
Contratransferência
Homem dos Lobos
Impasse
Transferência
Resumo em português
O estudo sobre o impasse que se dá nas análises pode contribuir para uma reflexão metapsicológica, que, por sua vez, alimenta a experiência clínica, principalmente nos casos em que estão em jogo importantes questões pertinentes à constituição psíquica, e nos permite um maior conhecimento das camadas mais profundas de nosso funcionamento. Nossa hipótese é a de que o impasse se dá somente pela influência concomitante da transferência do analisando e das reações contratransferenciais do analista. No estudo do caso do Homem dos Lobos, observa-se a forte presença de amor e ódio na relação entre a dupla analítica, sendo que esses afetos não teriam sido suficientemente elaborados e o que restou foi uma forte ligação do Homem dos Lobos a Freud, que perdurou no tempo, mesmo depois de tida como encerrada a análise. A posição feminina implícita no desejo homossexual de satisfação com um homem muito surpreendia Freud que via nessa atitude uma das maiores resistências à análise, sem que considerasse a possibilidade da existência de um desejo de castração que a posição feminina implica. De igual modo, o desejo incestuoso pela mãe, evidente na bissexualidade do analisando, não teria sido suficientemente elaborado em análise. Em troca, o que se estabeleceu foi uma relação de fascinação e idealização por parte do Homem dos Lobos, em que não existe lugar para a falta, e se recorre a defesas pela via do isolamento, da onipotência e da busca pelo duplo, diante das angústias arcaicas de aniquilamento. Havia uma alienação apaixonada em relação a Freud, que dificultou o processo de separação dos dois. Com a segunda analista, Brunswick, que se colocou como uma mediadora entre os dois homens, o impasse pôde em certa medida se dissolver e o Homem dos Lobos pôde elaborar minimamente os afetos e transferências de amor e ódio, que lhe deu uma certa independência e lhe possibilitou uma saída pela via da sublimação
Título em inglês
Love and hate in Wolfman's case
Palavras-chave em inglês
Ambivalence
Countertransference
Impasse
Transference
Wolfman
Resumo em inglês
The study concerning the impasse which appears in analysis may contribute to a metapsychological reflection which in turn offers elements for a clinical experience, especially in cases where important points pertinent to psychic constitutional issues are present. This allows for a greater knowledge of our basic functioning. Our hypothesis is that the impasse takes place only with the concomitant influence of the patient's transference and the countertransferential reactions of the analyst. In studying the case of the Wolfman, one can observe the strong presence of love and hate in the relationship between the analyst and the patient. The repetition of these sentiments were not sufficiently worked through and what remained was a strong tie between the Wolfman and Freud, which lasted for a long time, even after the analysis was considered ended. The implicit feminine position in the homosexual desire with a man astonished Freud who understood that this attitude was the main cause for the resistance in analysis, without considering the possibility that the Wolfman had a desire for castration implicit in the feminine position. Likewise, the incestuous desire for the mother, evident in the bisexuality of the patient, was not sufficiently worked through during the analysis. In exchange, what was established was a relationship based on fascination and idealization, with no space for lack, thus invoking defenses through isolation, omnipotence and the pursuit for the double, in face of archaic anguishes of extinction. There was a passionate alienation in relation to Freud which was the cause of their difficult separation. With the second analyst, Brunswick, who acted as a mediator between the two men, the impasse was broken to a certain degree, and the Wolfman could minimally worked through the attachment and transferences of love and hate, giving him certain independence and the possibility for a way out via sublimation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
grajew_corrigida.pdf (1.14 Mbytes)
Data de Publicação
2019-03-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.