• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2014.tde-26012015-084402
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda de Sousa e Castro Noya Pinto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Kupfer, Maria Cristina Machado (Presidente)
Bastos, Marise Bartolozzi
Faria, Michele Roman
Loffredo, Ana Maria
Voltolini, Rinaldo
Título em português
A transferência e seus efeitos de saber
Palavras-chave em português
Conhecimento
Grupo terapêutico
Psicanálise
Saber
Transferência
Transferência de trabalho
Resumo em português
Neste trabalho articulamos as noções psicanalíticas de transferência, transferência de trabalho, saber e conhecimento à nossa prática em um grupo terapêutico heterogêneo. O Grupo Mix é um campo de linguagem que permite e facilita a circulação de crianças em diversas posições subjetivas (psicóticas, autistas e neuróticas) e crianças em diversas posições discursivas (abrigadas, moradoras de comunidades de baixa renda etc.). Como um campo de linguagem, ele é um espaço fecundo para o estabelecimento de relações transferenciais. A transferência pode localizar-se nas relações analista-paciente, professor-aluno e terapeuta de grupo-criança. Estamos propondo, porém, que a transferência de trabalho no grupo terapêutico opere, sobre o adulto, como um modo de fazê-lo endereçar seu desejo para o Outro. Ao assistir a este endereçamento do olhar do adulto para o Outro, ainda que este movimento não seja explicitamente falado, a criança conhece certo tipo de relação com o saber que pode ser inspiradora para ela. Baseando-se na afirmação de Lacan (2003, p. 555) de que a transferência é amor que se dirige ao saber articulamos nossa prática com a teoria nos questionando se a transferência de trabalho, que é um desfecho possível do amor de transferência na análise e que resulta em uma maneira de o adulto se posicionar frente a seu fazer, pode produzir, em um contexto não analítico (um grupo terapêutico com crianças) a emergência da relação com o saber e com o conhecimento. A relação com o saber e com o conhecimento dizem respeito também ao campo educativo, com o qual dialogamos neste trabalho, inserindo-o na interface psicanálise-educação. A metodologia utilizada foi a do exercício de articulação teóricoprático, psicanaliticamente orientado, ou seja, é uma reflexão teórica da experiência clínica. Neste trabalho, buscamos demonstrar, por meio da leitura de fragmentos clínicos extraídos do trabalho do Grupo Mix, que a transferência de trabalho, que sustenta um fazer criativo, autoral e singular do adulto em sua prática, pode ser uma fonte inspiradora para a criança. Conclusão que não cessa de se reabrir, pois está viva e em constante processo de transformação
Título em inglês
Transference and its effects on knowledge
Palavras-chave em inglês
Expertise
Knowledge
Psychoanalysis
Therapeutic group
Transference
Transference of work
Resumo em inglês
In this paper, we articulate psychoanalytic concepts of transference, transference of work, knowledge and expertise to our practice in a heterogeneous group therapy. The «Grupo Mix» is a language field that enables and facilitates the movement of children in various subject positions (psychotic, neurotic and autistic) and children in different discursive positions (sheltered, living in low-income communities, among others). As a field of language, it is a fruitful area for the establishment of transference relationships. The transference may be located in the relationships of analyst-patient, teacher-student and group therapist-child. We propose, however, that the transference of work in the therapeutic group operates on the adult, as a way to make him address his desire to the Other. By watching this addressing of the adult sight to the Other, even if that movement is not explicitly stated, the child knows a type of relationship with knowledge that can be inspiring for him/her. Based on the statement of Lacan (2003, p. 555) that the transference is the love that is directed to learn", we articulate our practice with the theory and we question ourselves whether the transference of work, which is a possible outcome of love transference in the analysis and it results in a way that the adult positions himself facing his doing, it may produce, in a non-analytical context (a therapeutic group with children) the emergence of the relationship with the expertise and with the knowledge. The relationship between knowledge and expertise also concerns the educational field, with which we dialogue in this research, and in this sense, this paper fits in the psychoanalysis - education interface. The methodology used was the exercise of theoretical-practical articulation, psychoanalytically oriented, it means, it is a theoretical reflection on the clinical experience. In this research, we intended to demonstrate, through the reading of clinical fragments extracted from the work of «Grupo Mix», that the transference of work that sustains the creative process, authorial and unique of the adult in his practice, can be a source of inspiration for the child. Conclusion that never ceases to reopen once it is alive and in constant process of transformation
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
pinto_corrigida.pdf (19.11 Mbytes)
Data de Liberação
2017-01-25
Data de Publicação
2015-01-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.