• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2013.tde-21112013-163306
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Martins Cazeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Lomonaco, Jose Fernando Bitencourt (Presidente)
Alves, Irai Cristina Boccato
Leme, Maria Isabel da Silva
Pfeifer, Luzia Iara
Rocha, Eucenir Fredini
Título em português
Um estudo sobre o domínio de conceitos básicos por crianças com paralisia cerebral e por crianças pré-escolares em função da forma de avaliação
Palavras-chave em português
Aplicação do teste
Formação de conceito
Paralisia cerebral
Pré-escolar
Resumo em português
Conceitos básicos, tais como "perto" e "longe", são desenvolvidos pelas crianças em suas atividades diárias e constituem uma base para a aprendizagem de conceitos mais complexos. Assim sendo, um déficit na formação de conceitos básicos pode gerar dificuldades para futuras aprendizagens. Disso decorre a importância da identificação dos conceitos não dominados pelas crianças. Todavia, são escassas as pesquisas que comparam diferentes formas de avaliação conceitual, não sendo possível afirmar se os poucos instrumentos existentes são os mais adequados, principalmente para as crianças com deficiência, tais como aquelas com paralisia cerebral. Tendo em mente essa limitação, o objetivo deste estudo foi comparar os resultados de testes psicoeducacionais de conceitos básicos e de avaliações desenvolvidas em formato de histórias infantis. Participaram como sujeitos 102 crianças, 52 meninas e 50 meninos, divididas em dois grupos: Grupo A, constituído por 61 crianças com desenvolvimento típico, com quatro anos de idade; Grupo B, composto por 41 crianças com paralisia cerebral, com idades entre quatro anos e 13 anos e nove meses. O domínio de conceitos foi avaliado em dois momentos, com um intervalo de um mês entre eles. Os testes psicoeducacionais eram compostos por itens referentes a oito conceitos básicos, retirados de dois testes norte-americanos: Boehm Test of Basic Concepts - Third Edition - Preschool e Bracken Basic Concept Scale - Third Edition - Receptive. As histórias infantis foram elaboradas pela pesquisadora e incluíram os mesmos oito conceitos. A história Feliz Aniversário foi desenvolvida em conformidade com algumas características do teste de Boehm, enquanto que a história A Casa dos Bichos seguiu algumas características do teste de Bracken, sendo elas: tamanho do caderno de figuras, disposição das alternativas e domínio conceitual no qual cada conceito foi aplicado (quantidade, tempo ou espaço). Os resultados totais indicaram que os melhores desempenhos foram obtidos no teste de Bracken e na história A Casa dos Bichos, enquanto que os piores ocorreram na história Feliz Aniversário e no teste de Boehm. Para as crianças com paralisia cerebral, os resultados do teste de Boehm permaneceram inferiores, mas a história Feliz Aniversário apresentou um resultado compatível com o dos outros dois instrumentos, sugerindo que a história exerceu mais influência sobre esse grupo. De maneira geral, um mesmo padrão ocorreu em diferentes comparações: os resultados do teste de Bracken se aproximaram daqueles da história A Casa dos Bichos, enquanto que os resultados do teste de Boehm se aproximaram dos obtidos pela história Feliz Aniversário. Desse modo, discute-se quais outras características dos instrumentos, além do formato de histórias, podem ter influenciado o desempenho das crianças. Conclui-se que, embora a condição de avaliação fornecida pelas histórias não se tenha mostrado um fator relevante em todas as comparações, as histórias são instrumentos tão adequados para a avaliação de conceitos básicos quanto os testes psicoeducacionais. A pesquisa corrobora a hipótese geral de que o desempenho das crianças varia em função da forma de avaliação, havendo a necessidade de se considerar esse aspecto no desenvolvimento de instrumentos de avaliação conceitual
Título em inglês
A study on mastery of basic concepts by children with cerebral palsy and by preschool children according to the form of evaluation
Palavras-chave em inglês
Cerebral palsy
Child
Concept formation
Preschool
Testing
Resumo em inglês
Basic concepts, such as "near" and "far", are developed by children in daily activities and provide the foundations for learning more complex concepts. Therefore, a delay in the early concept formation process can lead to difficulties for future learning. For this reason, it's important to evaluate the conceptual knowledge of small children. However, there are few studies that compare different forms of conceptual evaluation, therefore it isn't possible to determine that the existing instruments are the most appropriate, especially for children with disabilities, such as cerebral palsy. Considering this, the aim of this research was to compare the results of psychoeducational assessments of basic concepts with assessments presented like storybooks. The participants were 102 children, 52 girls and 50 boys, organized into two groups: the group A was composed of 61 preschool children, aged 4 years; the group B included 41 children with cerebral palsy, ranging from 4 to 13 years of age. The conceptual knowledge was evaluated on two occasions, one month apart. The psychoeducational assessment was composed by eight basic concepts drawn from two american tests: Boehm Test of Basic Concepts - Third Edition - Preschool and Bracken Basic Concept Scale - Third Edition - Receptive. The stories were created by the researcher and included the same eight concepts. The "Happy Birthday" story was designed according with some features of Boehm test, while the "Animals' House" story was designed according with some features of Bracken test, which were: the size of the picture book, the arrangement of the options, and the conceptual domain in which concepts were applied (quantity, space or time). The total scores showed that the best performances were obtained in Bracken test and in "Animals' House", while the worst performances were obtained in "Happy Birthday" and in Boehm test. Although the Boehm test had remained with the lower results, for children with cerebral palsy the "Happy Birthday" story reached similar results to the other evaluation instruments, suggesting that the story influenced more this group than the other one. In general, different comparisons showed the same pattern: the results of Bracken test approached the results of "Animals' House", while the results of Boehm test were similar to those of "Happy Birthday" story. Therefore, it was discussed which other features of the instruments, beyond the story format, influenced the children's performance. Although the story format hadn't been an important factor in all comparisons, the study showed that the stories are adequate instruments for evaluation of basic concepts such as the psychoeducational tests. The research supports the general hypothesis that children's performance varies according to the form of evaluation, becoming important to consider this aspect in the development of conceptual assessment instruments
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
cazeiro_corrigida.pdf (3.93 Mbytes)
Data de Publicação
2014-01-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.