• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2018.tde-19072018-122500
Documento
Autor
Nome completo
Alex Sandro Corrêa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Crochick, Jose Leon (Presidente)
Dias, Marian Ávila de Lima
Freller, Cintia Copit
Galuch, Maria Terezinha Bellanda
Kohatsu, Lineu Norió
Silva, Pedro Fernando da
Título em português
(In)disciplina e bullying nas práticas escolares de diretores, coordenadores, docentes e alunos: uma análise à luz da Teoria Crítica
Palavras-chave em português
Bullying
Ensino fundamental
Formação do indivíduo
Indisciplina
Teoria crítica da sociedade
Violência
Resumo em português
Tomando a indisciplina e o bullying como objetos desta tese, procuramos compreendê-los no interior das práticas escolares e educativas de duas escolas: uma pública e outra particular, ambas pertencentes ao município de Serra (ES). As questões exploradas e analisadas neste trabalho são as manifestações de indisciplina e de bullying nas relações escolares com ênfase nos seguintes aspectos: 1) o modo como os gestores e professores das duas escolas diferenciam, concebem e caracterizam os dois fenômenos, atribuindo razões a estes e intervindo nas ocorrências, e a maneira como caracterizam os perfis de alunos considerados indisciplinados e/ou agressivos, tendo por objetivo relacionar esses perfis com a questão da dupla hierarquia, conforme descrita por Adorno (1995a); 2) a maneira como os estudantes das turmas de 6º e de 9º anos das duas escolas distinguem, definem e apontam as frequências, as formas como ocorrem e o modo como são atingidos pelas ocorrências de indisciplina e bullying. Também exploramos a maneira como os alunos qualificam os perfis dos colegas considerados indisciplinados e/ou agressivos, objetivando relacioná-los com a questão da dupla hierarquia e da autonomia perante a autoridade. Para isso, o referencial teórico que norteou esta pesquisa foi a Teoria Crítica da Sociedade, em particular as reflexões de Adorno, Horkheimer e Benjamin sobre a formação do indivíduo e as críticas aos mecanismos que dificultam ou impedem esta formação. Foram realizadas entrevistas com gestores (direção e coordenação) e docentes de quatro disciplinas (Português, Matemática, Educação Física e Arte). Foi aplicado, além disso, um questionário aos alunos das turmas citadas, a fim de que estes expressassem suas opiniões e se manifestassem acerca das ocorrências de indisciplina e bullying e da forma como são atingidos. Os resultados da pesquisa apontam, em relação às duas escolas, os seguintes aspectos: ocorrências de bullying e de indisciplina como ações frequentes; imprecisões ao diferenciá-los, uma vez que em alguns momentos são mencionados casos de agressão para exemplificar ações de indisciplina; o bullying descrito como mera agressão, sem identificá-lo como uma ação contínua contra um mesmo alvo; atribuição desses fenômenos a fatores unicamente externos à instituição; inexistência de projetos ou de ações preventivas de combate à violência ou à indisciplina. Prevalecem nas duas instituições, nesse sentido, uma tendência a práticas autoritárias e, em alguns casos, à meritocracia, pois os alunos são punidos, chantageados ou seduzidos. Na visão destes também constatamos semelhanças e diferenças no modo como a indisciplina e a prática de agressões ocorrem: sob alguns aspectos, acontecem, de forma mais acentuada, nas turmas de 6º ano, e sob outros aspectos nas turmas de 9º ano, ocorrendo da mesma forma com relação ao gênero. Quanto aos perfis de alunos considerados indisciplinados, ficou claro nas indicações dos docentes, e sob alguns aspectos nas indicações dos estudantes, forte tendência em considerá-los bons esportistas, com fraco desempenho acadêmico, muitas vezes tidos como famosinhos e refratários à autoridade, fato que evidencia a persistência da dupla hierarquia; já com relação ao bullying os docentes apresentaram dificuldades em estabelecer as mesmas relações
Título em inglês
(In)discipline and bullying in school practice by managers, teachers and students: an analysis from the point of view of the Critical theory of society
Palavras-chave em inglês
Bullying
Critical theory of society
Education
Formation of the individual
Indiscipline
Primary
Violence
Resumo em inglês
Foregrounded on the themes of indiscipline and bullying, schooling and educational practices in a public and a private school in the municipality of Serra, Brazil, are analyzed. The issues involved and discussed comprise indiscipline and bullying in school relations, with special reference to the following: 1) the manner school managers and teachers of the two schools differ, cope with and characterize the two phenomena; the reasons they provide for occurrences and the way they intervene; the manner they characterize the profile of the so-called disobedient and aggressive students; the way profiles are related to the issue of dual hierarchy described by Adorno (1995a); 2) the manner Six to Nine 9 Year students of the two schools distinguish, define and describe the frequency of bully occurrences, their typology and the way they are affected by cases of indiscipline and bullying. Discussion will also include the manner students qualify the profile of colleagues considered aggressive and/or people lacking discipline, relating them to the issue of dual hierarchy and autonomy vis-à-vis authority. Research is based on the Critical Theory of Society, especially the principles described by Adorno, Horkheimer and Benjamin on the formation of the individual and their critiques on the mechanisms that make difficult or impair formation. Interviews were conducted with school managers (principals and school coordinators) and teachers of the subject matters Portuguese, Mathematics, Physical Education and Arts. A questionnaire was also provided to Six to Nine Year students so that they would give their opinion on the occurrence of indiscipline and bullying and the manner they themselves are affected by the issue. Results of current research reveal the following items: occurrences of indiscipline and bullying are frequent; lack of preciseness exists since in some case aggression cases are mentioned to give examples of indiscipline; bullying is described as mere aggression without being identified as a continuous activity against the same target; their attribution to factors exclusively external to the school institution; lack of any plans or preventive actions against violence or indiscipline. Authoritarian practices and, in some cases, meritocracy tend to be predominant in the two schools due to the fact that students are punished, coerced and seduced. There are similarities and differences in the manner indiscipline and aggression occur: in certain cases they are rather pronounced among Six Year students and, in other cases, among Nine Year students, with similar proportions to gender issues. Teachers´ opinion and, in certain cases, students´ point of view on the profile of alleged unruly students underscore that bullying students are good sportsmen, with weak school performance; they are frequently considered idols, but refractory to all authority, revealing the persistence of dual hierarchy. With regard to relationships between aggressors and teachers, the latter show several difficulties in establishing any relationship with bullying students
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
correa_corrigida.pdf (2.61 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.