• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2009.tde-19022010-154719
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Servilha Brocchi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Leme, Maria Isabel da Silva (Presidente)
Bussab, Vera Silvia Raad
Lima, Maria Cecília Marconi Pinheiro
Oliveira, Maria Helena Mourão Alves
Panhoca, Ivone
Título em português
A influência da interação mãe-criança no desenvolvimento da linguagem oral de prematuros
Palavras-chave em português
Desenvolvimento da linguagem
Recém-nascidos prematuros
Relações mãe-criança
Resumo em português
O diálogo entre mãe e filho é uma questão primordial no desenvolvimento da linguagem. A mãe é considerada coautora no desenvolvimento comunicativo-linguístico de seu filho. Este trabalho caracterizou o desenvolvimento da linguagem oral de crianças pré-termo em idade pré-escolar e verificou o impacto da interação mãe-criança neste processo. Participaram da pesquisa 20 díades de mães e filhos de 5-6 anos com diagnóstico de prematuridade ao nascimento que são acompanhadas pelo Ambulatório de Alto Risco de um Hospital no interior do Estado de São Paulo. Realizou-se uma anamnese com a mãe para verificar a interação mãe-criança desde o nascimento e uma avaliação da linguagem oral das crianças, verificando os aspectos de vocabulário, fonologia, pragmática, fluência e discurso. Observou-se que as crianças, em sua maioria, foram prematuras extremas e de muito baixo peso e, que durante o período de internação, houve uma expectativa pessimista da maioria das mães com relação à melhora da criança. Apesar da maioria das mães relatarem que as crianças não apresentaram comprometimento no desenvolvimento e a metade destas considerarem-se as principais cuidadoras, observou-se que as crianças apresentaram desempenho abaixo do esperado para os testes de fonologia, vocabulário, pragmática e fluência e desempenho esperado para o discurso oral. Este resultado deve-se, além dos fatores biológicos e socioeconômicos, que podem influenciar o desenvolvimento, à qualidade da interação materno-infantil, à estimulação materna, uma vez que a mãe é considerada o modelo e a provedora de conhecimento e desenvolvimento para seu filho. Porém, o estímulo à leitura e à brincadeira conjunta da mãe com a criança podem também ser realizados por profissionais de diversas áreas e serão uma forte referência para o desenvolvimento da linguagem, do discurso e, futuramente, para o aprendizado da linguagem escrita.
Título em inglês
The influence of mother-child interaction in development of oral language preterm child
Palavras-chave em inglês
Language development
Mother-child relation
Premature infants
Resumo em inglês
The dialogue between mother and child is a important aspect of language development and mother is considered a model of linguistical-communicative development for her sun. The aim of this research was to describe the oral language development of preschoolar children who were pretern and verify the impact of mother-child interaction in this process. The subjects of this research were 20 mother and child who were 5 and 6 years old and had preterm diagnosis when they were born. They´ve been followed by professionals of High Risk Ambulatory of a Hospital in countryside of São Paulo. First there was an interview with the mother to knew the mother-child interaction since the child was born until now and then it were made four tests-vocabulary, phonology, fluency, pragmacy and discourse to verify the development of oral language of the children. It was observed that a great number of children were extreme preterm and born with very low weight and, during the hospitalized period, mothers had a negative reaction of survival of their sons. The most part of the mothers related that children didn´t have problems in development and they considered themselves the main person who took care of their son. All children obtained low scores in four testes performed (vocabulary, fluency, phonoloy and pragmacy). Only in oral discourse, the children had an expected performance to chronological age. It was explained to biological, economical and social factors but the quality of mother-child interaction, the mother stimulation was a important fact to influence these results, because the mother is considered a provider of knowledge and behavior to the son. The mother stimulus for reading and play may be also performed by several professionals and will be a important indicator for a language development, discourse and, in the future, the learning of reading and writing.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Brocchi.pdf (545.24 Kbytes)
Data de Publicação
2010-02-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.