• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Lislie Lopes Vidal
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Lomonaco, Jose Fernando Bitencourt (Presidente)
Correia, Paulo Rogério Miranda
Leme, Maria Isabel da Silva
Paula, Fraulein Vidigal de
Silva, Gildene de Ouro Lopes
Título em português
A elaboração de mapas conceituais como uma estratégia de ensino - aprendizagem: uma avaliação
Palavras-chave em português
Ensino superior
Estratégia de aprendizagem
Mapa conceitual
Taxonomia de Bloom
Resumo em português
O mapa conceitual é uma ferramenta gráfica de representação e organização do conhecimento. Seu objetivo é explicitar relações hierárquicas e significativas entre conceitos na forma de proposições. Este trabalho buscou investigar se o ensino de uma disciplina num curso de nível superior, no qual os alunos fossem solicitados a elaborar mapas conceituais, pode se mostrar capaz de levar estudantes universitários a níveis mais elevados de desempenho cognitivo. Os níveis cognitivos são compreendidos à luz da Taxionomia de Bloom, que visa classificar a ação mental esperada do estudante, a saber: lembrar, entender, aplicar, analisar, avaliar e criar. A pesquisa foi realizada durante um ano letivo em uma instituição de ensino superior, particular, do interior paulista com 48 estudantes do curso de Pedagogia. Os dados foram coletados por meio de avaliações escritas aplicadas ao final do primeiro semestre, quando não houve uso do mapa conceitual. E ao fim do segundo, após treinamento e uso do mapa conceitual. O resultado da análise estatística indica que, apenas na categoria lembrar, a diferença encontrada não foi estatisticamente significante entre as duas avaliações, indicando que a utilização do mapa conceitual como recurso de ensino não levou a um desempenho melhor por parte de quem o utilizou. Em todos os demais níveis as diferenças se mostraram altamente significantes, afirmando uma melhoria de desempenho por parte dos sujeitos quando utilizaram o recurso de elaborar individual e coletivamente o mapa conceitual, possibilitando inferir que o uso do mapa conceitual pode favorecer um melhor desempenho cognitivo em problemas que exijam níveis cognitivos mais complexos
Título em inglês
The development of conceptual maps as a teaching-learning strategy: an assessment
Palavras-chave em inglês
Bloom's taxonomy
Conceptual map
Higher education
Learning strategy
Resumo em inglês
The conceptual map is a graphical tool that shows the representation of ones knowledge and the organization of this knowledge. Its purpose is to make explicit hierarchical and meaningful connections among concepts in the form of propositions. This work sought to investigate if the teaching of a subject in a higher education major, in which students were asked to elaborate conceptual maps, is able to lead university students to higher levels of cognitive performance. The cognitive levels are understood in the light of Bloom's taxonomy, which aims to classify the expected mental action of the student, namely: to remember, to understand, to apply, to analyze, to evaluate and to create. The research was carried out during a school year in a private higher education institution, in the interior of São Paulo, with the participation of 48 students from the Pedagogy major. The data were collected through written assessments applied at the end of the first semester when there was no use of the conceptual map and also at the end of the second semester after practicing and using the conceptual map. The results of the statistical analysis indicate that the difference found in the remembering category alone was not statistically significant between the two assessments, indicating that the use of the conceptual map as a teaching resource did not lead to a better performance by those who used it. In all other levels, the differences were highly significant, affirming improvement in the performance of the subjects after having used the conceptual mapping feature, individually and collectively, enabling infer that the use of the conceptual map may favor a better cognitive performance in problems that require more complex cognitive levels
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
vidal_do.pdf (3.06 Mbytes)
Data de Publicação
2018-04-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.