• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2007.tde-17012008-085523
Documento
Autor
Nome completo
Cynthia Nunes de Freitas Farias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Loffredo, Ana Maria (Presidente)
Cedaro, José Juliano
Grant, Walkiria Helena
Título em português
Leitura psicanalítica do sintoma em pacientes com doenças inflamatórias intestinais
Palavras-chave em português
corpo
proctocolite
psicanálise
sintomas
Resumo em português
O presente estudo aborda a função dos sintomas das doenças inflamatórias intestinais (DII) para o sujeito do ponto de vista do referencial psicanalítico. Partimos da solicitação de intervenção junto a portadores de DII, feita pela equipe médica, que havia observado uma dependência psíquica extremada entre paciente e cuidador (em sua maior parte, mães), que parecia colaborar na manutenção das manifestações clínicas da doença, dificultando a condução do tratamento médico. Consideramos o referencial teórico psicanalítico apropriado para darmos encaminhamento à nossa questão, tendo em vista que a matriz freudiana e as contribuições de Lacan nos levam além da constatação de um ganho secundário relacionado ao adoecimento, ao pensarmos o sintoma como modo de gozo, implicando o efeito da palavra no real do corpo. Analisamos três casos de pacientes com doenças inflamatórias intestinais (DII), sendo um caso com retocolite ulcerativa e os demais com doença de Crohn, com objetivo de discutir as formas pelas quais o sintoma orgânico pode fazer o enlaçamento do sujeito com seu corpo e com o Outro. No primeiro caso, pudemos ver que os sintomas da retocolite faziam suplência, servindo como o significante que faltou para interpretar o desejo materno, único recurso da paciente para enlaçar-se ao Outro. No segundo caso, a função dos sintomas da doença de Crohn foi revelar a relação sintomática do casal parental e encobrir o que estava em jogo para à sujeito na assunção da sexualidade. No terceiro caso, os sintomas físicos encobrem a ausência de um saber acerca do sexo e da feminilidade. A concepção de corpo libidinal permite considerarmos as manifestações somáticas como algo próprio do sujeito. O sintoma, como modo de gozo, é a própria junção do significante com o corpo do ser vivo que fala, podendo ser chamado de acontecimento de corpo. Entendemos que o sintoma decorre da forma como o sujeito interpretou seu lugar no desejo do Outro, e, reciprocamente, como o discurso do Outro afetou seu corpo, produzindo gozo. Concluímos que, o sintoma somático está intimamente ligado à posição que o sujeito assume em relação ao desejo do Outro, o que determinará as vicissitudes de seu adoecimento. O caráter crônico de certas doenças é um fator a dar fixidez a esse modo de existir e de se relacionar com o Outro. Pela perspectiva psicanalítica, as DII, bem como qualquer outra doença crônica, são tidas como acontecimentos de corpo, independentemente de presumíveis fatores emocionais aventados em sua patogenia. Entender o adoecimento crônico dessa forma permite abordá-lo pela palavra, mobilizando o gozo específico de cada um para produzir mudanças subjetivas. Tais deslocamentos possibilitam ao sujeito inscrever seu mal-estar fora da esfera do adoecimento físico.
Título em inglês
Psychoanalytical reading of the symptom in patients with inflammatory bowel disease
Palavras-chave em inglês
body
proctocolitis
psychoanalysis
symptoms
Resumo em inglês
The current study was aimed at assessing the function of the manifestations of inflammatory bowel diseases (IBD) to the subject, from a psychoanalytical perspective. The medical staff of our institution has observed a deep psychological dependency between the patient and the one who takes care of him, the mother in most of the times, which required the intervention of the Psychology Division. According to those observations, the dependency seemed to contribute to the maintenance of the symptoms and to hamper medical therapy. To our knowledge, the psychoanalytical theory was appropriate to this investigation, since the contributions of Freud and Lacan strengthen the notion of secondary gain derived from an illness, consider symptom as a way of jouissance and implicate the effect of the speech in the body. Three patients with IBD were analyzed in the current investigation (one patient had ulcerative proctocolitis and two had Crohn disease).Our aim was to assess the function of the disease in the life of each patient. In the first case, we could observe the suppletive function of symptoms of IBD, which played the role of the missing signifier for the interpretation of the mother desire, representing the last resource of the patient in order to articulate with the Other. In the second case, the function of Crohn disease symptoms was to disclose the symptomatic relationship of the parental couple and to cover interplaying factors of the sexuality of the subject. In the third case, physical symptoms had hidden the unawareness about sex and femininity. According to the concept of libidinal body, somatic manifestations of a disease are something related to one's own subject. The symptom, understood as a way of jouissance, is the association of the signifier with the body of the human being that talks, and may be denominated events in the body. We are aware that the symptom is a consequence of the way the subject has interpreted his own place in the desire of the Other and, reciprocally, as the speech of the Other has affected his body to produce jouissance. In summary, somatic symptoms are c1osely related to the position of the subject regarding the desire of the Other and this is an important determinant of the characteristics of the sickness process. In this regard, the chronic course of some diseases is a factor that may contribute to the strong attachment of one's subjective position to the Other. By the psychoanalytical point of view, the IBD and any other chronic disease are events in the body, regardless of presumed emotional factors involved in their pathogenesis. Such understanding of the chronic sickness process gives grounds for a therapeutic approach by the speech, mobilizing the specific jouissance to produce changes in the subjective position of the analysand. Those changes will displace the ill-being to outside the field of physical sickness.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Farias_tde.pdf (659.53 Kbytes)
Data de Publicação
2008-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.